sexta-feira, 25 de setembro de 2009

COLOCANDO ALGUNS PITACOS EM DIA

Flávio de Oliveira disse...

Caro Flávio.. Meu avô, Adil de Oliveira, já falecido, foi vice presidente do Cruzeiro por muitos anos na época do Felício Brandi.Gostaria que escrevesse um pouco a seu respeito, caso você se lembre dele.Queria também fazer uma homenagem póstuma para ele.Você sabe como posso fazer isso?”

Resposta: Claro que me lembro do Adil. Gente finíssima. Fizemos algumas viagens juntos. Era bem competente, como toda equipe de trabalho do Felício Brandi. Quanto a homenagem póstuma ao Adil, eu a considero mais que justa. Admira-me que o Cruzeiro ainda não a tenha feito. Procure o Claret no marketing do Cruzeiro. Não tenho qualquer tipo de relação com a atual diretoria pra ajudar mais. Lamento.

Iraq disse...
Qual será a surpresa que o CR vai nos oferecer domingo no jogo contra o Santos ? Qual é o mistério que envolve a relação entre CR e Evandro, que nunca é substituído ? Éder Luiz no lugar de Tardelli ? Os dois tinham de ter ficado em campo e nem precisava ter saído o Renteria. Quando o Renan Oliveira entrou, deveria ser no lugar do intocável (não sei por que) Evandro.

Resposta: Verás logo mais, Iraq Rodrigues do Menino Jesus...

Ricardo disse...
Flávio Anselmo, eu enviei este texto p/ o programa jogada de classe e gostaria do seu comentário. o que mais se fala e escreve em toda parte é o MEDO, COVARDIA e a OMISSÃO de grande parte da imprensa quando se trata de cruzeiro. Isso se deve o monitoramento a imprensa,feito pelos Perrelas que segundo o povo, eles ditam as regras na imprensa e no futebol mineiro.Existem fatos curiosos como as demissões de vários jornalistas que após divulgarem matérias sobre problemas do clube e da diretoria, perderam seus empregos.O mais recente foi o operador do telão do telão do Mineirão que na noite do jogo Galo x S. Paulo, ele mostrou os gols do...”

Resposta: Meu caro Ricardo,seu texto desabafo saiu no meu blog no setor de pitacos. Não gostaria de misturar as coisas. Na tevê, o responsável é o Orlando Augusto; não recebi e confesso que não teria como registrá-lo lá. É grande demais. Além disso, eu responsabilizo por mim e por meus comentários. Os comentários dos meus colegas e dos torcedores eu os respeito. Como aconselho você a respeitá-los sem a raiva e agressão que o motivaram a escrever. O futebol é lazer. Cada qual torce pro time que quiser e faz o comentário que quiser. Esse negócio de Código de Ética da AMCE aplica-se em outras circunstâncias. Você quer que comentarista esportivo só diga o que seus ouvidos aceitam? Infelizmente, amigo, a coisa não funciona assim. Meu abraço e não me abandone.

Fernando Cambraia disse...

Flavio, quando me referi ao baixo nível, não estava me referindo especificamente ao Minas Esporte (a Dimara é competentíssima) e sim ao geral do jornalismo esportivo.
Quanto a Tv Horizonte pegar em São Paulo, vc poderia me dar umas dicas, pois aqui eu assino a NET e nada de TV Horizonte. Seria uma satisfação enorme poder assistir vocês daqui. Um abraço.

Resposta: Com certeza, Fernando. Você em breve terá nossa audiência em São Paulo.

Edmundo Cruz disse...

Oi Flávio! Como vai? Tudo bem? Espero que sim.Sou aluno de jornalismo, e quero beber a água da fonte dos grandes jornalistas de Minas, você é um deles. Tenho acompanhado atentamente o programa só Esporte da Alvorada, lembra do episodio do gol de bico do atacante Guilherme do Cruzeiro fez em sua homenagem. Acho que o jornalismo é isso ai, deve falar ao atleta aquilo que o torcedor gastaria de dizer, e como bom seria se atletas de Cruzeiro e Atlético ouvissem pessoas da impressa com uma folha corrida de serviços prestados a população como a sua. Seria ótimo não é?

Resposta: ô Edmundo, estou devendo-lhe este registro há tempos. Me desculpe. Grato pelo carinho e sucesso na carreira após formado. Aliás, não espere a formatura. Não falam que diploma não vale mais nada? Mande seu email e mais pitacos...

Ricardo Pinto disse... Acho o sr. um grande jornalista. Um modelo a ser seguido. Ético, independente, correto e honesto! Parabéns, pois essas qualidades são raras no atual mundo em que vivemos!

Resposta: Dona Geralda me ensinou a ouvir e andar só com gente boa. Você é demais! Qualidades que as pessoas vêem em outras pessoas são reflexos delas próprias. O poeta Cartola disse: “as rosas não falam; as rosas exalam o perfume que roubam de ti...”

Um comentário:

  1. Será hoje um dia de Kleber ? O camisa 30 da cabeça quente está ansioso por esta partida de hoje contra o Barueri. Após todas as confusões com a diretoria e com toredores, o jogador quer fazer uma boa apresentação e fazer as pazes com a torcida. Acho que a torcida está sendo meio injusta com o cara. Por tudo o que ele já fez pelo time, e pelo que ainda pode fazer. Achei válido o argumento dele ao dizer "achei que não fui para quem estava parada há 30 dias". E ele tem razão. A torcida tem que entender que a vida privada pertence a cada um. Pode ser exigido dele que ele jogue o futebol que o consagrou perante essa mesma torcida. E isso ele tem feito. É bom lembrar que ele veio até que para compor e não para ser uma solução, o que acabou sendo. O cara é profissional, comprou briga em nome da torcida contra a torcida do Galo e foi abandonado. Ora, ele pode ir a festas onde quiser, desde que continue agindo como um profissional...

    Se acontecer o pior, vitória do Barueri, não culpem o rapaz. A própria torcida está jogando contra o time ao hostilizar seu artilheiro. Deixem-no trabalhar em paz.

    Amanhã o Mineirão deve pegar fogo. A estréia do Carini junto à torcida e a provável estréia do Ricardinho, que deve ficar no banco e entrar no decorrer da partida, são destaques suficientes para levar a mais fanática torcida do Brasil à loucura. Isso, sem falar no reencontro dos sois artilheiros, Éder Luiz e Tardelli. Estaremos lá para conferir.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.