quarta-feira, 2 de setembro de 2009

CONFIANÇA, GALO CANTA ALTO FORA DE CASA

Como vou explicar para aqueles que acompanham o futebol mineiro eventualmente, que o Galo tem tão-somente 11% de aproveitamento no seu próprio terreiro, apesar da excelente média de mais de 30 mil pessoas por partida? Uai, direis, e torcida ganha jogo? Sozinha não, mas ajuda bastante. Trata-se de uma situação meio bíblica:”faça tua parte que eu te ajudarei”. O time, no gramado, no momento não tem feito a parte dele.

No entanto, hoje à noite contra o Internacional, em Porto Alegre, periga aparecer uma zebrinha. O Inter tá em franca recuperação e voltou a ser grande candidato ao título. O Galo enche-nos de esperanças como visitante, pois seu aproveitamento é de 60,61% lá fora. Pode?

Vale dizer: de repente, todo esfacelado como está, sem vários titulares, o Galo vai lá no Gigante da Beira-Rio e mete o bico no Colorado gaúcho. Tal qual porco magro suja a água do empostado Tite e seus rapazes.

O Galo não vence há 5 jogos. Nesta partida de hoje não terá Aranha, Marcos Rocha, Jonilson, Serginho, Marcio Araújo e Welton Felipe, lesionados; Evandro suspenso pelo terceiro cartão. Serginho, Aranha e Marcio fazem falta; os demais são perfumaria.

Celso Roth lamenta tudo isso. Principalmente, a ausência de Serginho e Márcio Araújo que, segundo ele, “desaceleraram a equipe”. Pode ser, no entanto, que a estréia de Corrêa, 28 anos, acerte o meio-campo e aumente o ritmo do setor.

Sem Welton Felipe, trapalhão e desastrado, Roth deve resolver a questão com outra estréia: Jorge Luís tem treinado bem e só esperava a liberação da CBF. Coelho e

Benitez, apesar de fora de forma, bem que Roth poderia arriscar com eles.

Thiago Heleno não topou ir jogar no Ajax da Holanda por um ano, emprestado. Azar dele. A boa notícia é que o Benfica emprestou, de graça, o lateral Patric ao Cruzeiro, por 12 meses. Isso quer dizer que a torcida ficará livre de Jancarlos. Aleluia, aleluia...

PITACO: A tese que sempre defendi era de Gentil Cardoso, técnico boleirão dos anos 50 e 60. “ao ter um beque expulso, o treinador nunca deve substituir um atacante por outro beque pra compor a defesa. Com isso, só falta chamar o adversário pra cima de seu time”. Aprende aí, Adilson...

Dunga pode ir pra Rosário enfrentar os argentinos sem medo de ser feliz. Mesmo que perca e o Chile, 26 pontos, vice-líder ganhe da Venezuela, o máximo que acontecerá ao Brasil, 27 pontos, é trocar de posição com os andinos.

O Paraguai, 24 pontos, pode apanhar os brasileiros, mas duvido que consigam derrotar a Bolívia, em Assunção, por uma diferença de gols suficiente pra passar o Brasil, que tem saldo de 19 gols.

Estive duas vezes naquele curral de Rosário, onde enfrentaremos os argentinos, com a Seleção Brasileira. Na primeira, vencemos por 1 a 0, gol de Danival. A seleção tinha por base o futebol mineiro e era comandada por Osvaldo Brandão.

Os auxiliares de Brandão eram Telê e Ilton Chaves. A outra vez, foi na Copa de 78, naquele sangrento empate de 0 a 0, com o saudoso Chicão botando os hermanos pra jogarem lá atrás. Sábado veremos se esse time de Dunga é macho mesmo...


Escreva aí na sua agenda: a partir desta semana, vou encontrar-me, também, com você na TV Horizonte, canal 22, às terças e quintas-feiras. Por convite do companheiro Orlando Augusto eu vou juntar-me às feras do Jogada de Classe.

O programa começa às 12h30m e tem repeteco às 23 horas. À noite, conforme o combinamos há 5 anos eu estou na Alvorada FM, na abertura do programa Só Esporte, comandado por Flávio Carvalho.

Por fim, posso ser encontrado, também, no meu blog. www.flavioanselmodepeitoaberto.blogspot.com Aqui você participa da enquete e dá seus pitacos à vontade. Te aguardo por aí afora.

Festival de bons pitacos que recebi e seria injusto guardá-lo só pra mim. Leiam que beleza:

Eujácio Souza Prates – BH:: “Uma boa fórmula para se ganhar o Brasileirão: contratar o Roth para o 1º turno e substituí-lo pelo Murici no 2º”.

Resposta: Excelente Eujácio. Das melhores.

Wanderley Pantera, jornalista, BH: “Como a nossa atual imprensa esportiva não sabe de nada que acontece no Cruzeiro. Não sabiam que o Wellington Paulista tinha sofrido um acidente doméstico na semana do jogo contra o Botafogo, pois o entrevistaram até mesmo no dia do jogo; e não sabiam do caso do Fábio. Tinham certeza que ele veio a BH para uns exames e voltaria para a Bahia prá jogar. Parece que as coisas no Cruzeiro são maquiadas e ninguém percebe nada. E até hoje não perceberam o que este Tiago Heleno tem dentro do Cruzeiro. Não é possível que ninguém lá olha o futebol deste moço. No meu tempo de repórter de setor, a gente ia lá prá conferir. Não tinha celular não. A fonte era conhecida pelo olhar, não pela voz. Um furo, como os citados, valia o cargo...”

Resposta: No meu, também, Pantera. Sem saudosismo. Penso que o problema hoje é que o pessoal veste antes a camisa do clube, depois do presidente do clube e, por fim, de repórter. Esquece que seu compromisso só deve ser com a informação. Nada mais.

Marco Antônio Anatólio – Nova Lima “A estranha queda do Galo, é realmente assustadora. Há como comentar o que estou levantando abaixo ? 1) Estouro muscular de vários jogadores; 2.) Salário do Renteria, causa desacordo e boicote de alguns jogadores, entre eles Éder Luiz?;3) Quem, realmente, faz falta dos contundidos: Márcio Araújo (quem diria) ?;4) O grupo perdeu a confiança que o Roth lhes passava, por que viu que após vários fracassos, ele é realmente fraco?; 5) Tardelli (não pelo jogo de domingo, mas pelo conjunto da obra), faz a maioria dos gols, somente quando são imperdíveis e com jogos já definidos?; 6) que falta fariam, caso, realmente, fossem vendidos para a Europa Eder Luis e Tardelli, quando a vaca está indo para o brejo, pois eu joguei a toalha? 7) Renan Oliveira, eterna promessa, menino mimado, Marcos Rocha, Tchô (que para mim é “Cho, fora!!!) Welton Felipe (alguém disse a ele que é craque e ele acreditou), não chegou a hora do presidente dar rumo neles, dentre outros? Flávio, estou "p... da vida" por isto estou pedindo sua opinião.

Resposta: amigo Marco Antônio, são perguntas demais para espaço de menos. Se os jogadores estão amolados com os salários altos do Renteria, o problema é deles, e não do colombiano. Márcio Araújo faz falta, creio que Tardelli e Eder Luis fariam, também. Mas não são indispensáveis. Welton Felipe, nem me fale.

2 comentários:

  1. O torcedor Atleticano deve entender que o a diretoria está formando um time para próxima temporada, títulos e conquistas só no ano que vem. Difícil é pedir paciência para massa atleticana. Já os jogadores devem dignidade e respeito à camisa do Galo. O Cruzeiro tem uma parada duríssima contra o São Paulo, acho que os mineiros levam a melhor, pois jogam melhor diante de adversário de um nível técnico superior. O tricolor paulista não joga na retranca, isso nos leva a pensar em um jogo com promessa de muitos gols. Será ?
    Um Abraço.

    ResponderExcluir
  2. caro flavio anselmo, boa tarde.
    sou neto do ex vice presidente do cruzeiro,ja falecido, Adil de Oliveira, que trabalhou nos tempos do Felicio Brandi, e gostaria que você falasse um pouco dele, caso esteja se lembrando que é.Gostaria de homenagea-lo de alguma forma.Você tem como me ajudar?
    abraços,
    Flavio de Oliveira

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.