sexta-feira, 6 de novembro de 2009

CRUZEIRO JOGA PRA DORMIR NO G-4

CASO VENÇA O SPORT neste sábado na Ilha do Retiro, no Recife, o Cruzeiro dormirá à noite embalado pelos sonhos da Libertadores. Pelo menos até domingo, quando o Flamengo pega o Galo no Mineirão e o Internacional joga contra o Grêmio de Barueri, fora de casa. Diria que as chances são boas se não houvesse o pequeno detalhe do confronto indigesto contra os pernambucanos naquele caldeirão dos diabos da Ilha do Retiro.

O LEÃO DO NORTE tem feito papel de cachorro pequinês no Brasileiro. Tanto que seu próprio presidente já jogou a toalha; mas o elenco e o treinador Péricles Chamusca querem provar que o Sport tá vivo e saberá aproveitar as mínimas chances que tem de ficar na elite.

PITACO DO DESESPERO: Como diria o saudoso Fernando de Campos Sasso: “navio que tá afundando atraca em qualquer porto”. Portanto, olho vivo no Sport, Adilson Batista!

TÃO LOGO TERMINOU o desfile de número 1.001 de lançamentos de uniformes, apenas este ano, Zezé Perrela chegou perto do modelo Kleber e disse que com aquela nova ele ficará mais tranquilo na Toca da Raposa, pois ela carrega o Palestra Itália (também antigo nome do Cruzeiro) do lado do peito. Sutil, mas desnecessário: depois das férias de final do ano, o Gladiador não volta mais.

A DIRETORIA DO FLAMENGO quer, realmente, incendiar o clássico do Mineirão. Misturou pólvora, gasolina e nitroglicerina e atirou em direção de Beagá ao escrever pro governador Aécinho pedindo garantias especiais de segurança pra delegação e torcedores. Faz parte do estilo circense do presidente rubro-negro Márcio Braga.

TAIS PROVOCAÇÕES, na metáfora do embrulho de pólvora, gasolina e nitroglicerina, representam maiores riscos para o Atlético e os atleticanos. Se os alvinegros entrarem nelas correm risco de provocar a interdição do Mineirão, nos dois jogos restantes que o Galo ainda terá em casa no Brasileiro. Portanto, amigos, deixem o Urubu espernear a vontade. Não percam a linha.

A PRIMEIRA PROVOCAÇÃO do Flamengo foi intimidar a arbitragem. Alexandre Kalil foi vivo e se mandou pra CBF onde obrigou com a sua presença a Comissão de Arbitragem fazer o misterioso sorteio de juízes. Jogo de alto risco, pra não correr maiores perigos ainda, a CBF botou na cumbuca apenas dois nomes experientes.: Paulo César de Oliveira e Leonardo Gaciba. Deu o gaúcho.

NÃO SE TRATA de nenhum professor de arbitragem, mas tem forte personalidade e erra com convicção. Como disse o Urso Pardo: “se o juiz é bom, só analiso depois do jogo”. Faz parte do estilo carrancudo dele.

0 FLAMENGO VOLTOU a jogar gasolina no clássico: o Atlético não lhe enviou os 10% da carga de ingressos conforme estabelece o Estatuto do Torcedor. Fez uma notificação à CBF, coisa sem maiores consequências, porém irritante. E pra completar, não sei ainda se é pra encerrar, veio com esta de pedir segurança especial ao Governador cruzeirense.

HOJE TEM São Caetano x Ipatinga, com transmissão ao vivo pelo Sportv. O Tigre corre sérios riscos, ainda, de enfrentar a zona do rebaixamento. Precisa de mais quatro pontos pra se manter na Segundona. Daí a importância deste jogo no ABC paulista.

2 comentários:

  1. O JOGO DISPUTADO no curralzinho da LDU chilena teve de ser parado várias vezes. Jogaram moedas no gramado, e os jogadores do FLU, com salários "meio" atrasados, pararam para pegar as moedinhas...

    ResponderExcluir
  2. ahahahahahahah. Boa Iraq. Espirituoso como o mano Enio. Abs

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.