terça-feira, 17 de novembro de 2009

DEU DAYLTON DE NOVO...

Vou abusar o Daylton G. Guedes, amigo do mano Fábio, e residente em São Paulo. Cruzeirense, ele manda um estudo rápido sobre as possibilidades do seu time. Vamos ver se vocês concordam com ele:

Podemos fazer um breve exercício de imaginação e pensar que o Cruzeiro venha a ganhar as três partidas que lhe faltam.
Concluo que não depende somente destas 3 vitorias para a raposa ficar dentro do G4.
Assim sendo, coloco a imaginação para funcionar (isto é sintoma de que alguma coisa vai muito, muito, mas muito mal), e vejo que:

1 – O Cruzeiro chega ao G4 na 36ª rodada se, e somente se, o Atlético e Internacional terminarem seu jogo empatados. Todos ficam iguais, mas o Cruzeiro tem uma vitoria a mais que os dois;

2 – Não ocorrendo empate, caso ocorra a vitoria de um dos dois, o Cruzeiro só chega ao G4 na 37ª rodada, se Palmeiras ganhar do Atlético, mas neste caso, o Inter tem que ou perder ou empatar com o Sport;

3 – Por fim, na 38ª rodada, se nada disto aconteceu, e o Cruzeiro entra nesta ultima rodada em 5º na tabela. Caso o Inter seja derrotado pelo Santo André ou pelo menos empate, ou, se o BotaFogo ganha do Palmeiras. Com esta combinação o Cruzeiro finalmente pode respirar aliviado e entra no G4 para não mais sair, simplesmente porque daí para a frente o campeonato acaba.

Conclusão:
1 – O cruzeiro depende de um empate do Inter em qualquer rodada para ficar no G4;
Se isto acontecer já na próxima rodada, o Cruzeiro volta a depender só de si para classificar no G4.
Mas não sabemos o que se passa na cabeça do Professor e na cabeça dos seus comandados deslumbrados.
Um abraço a vcs... Atenção Fábio: para o Atlético o caminho é menos árduo.
Daylton G. Guedes

2 comentários:

  1. Boa noite amigo da bolaflavio anselmo e de peito aberto que gostaria de pedir que vc abordasse esse assunto em seus exelentes comentarios,veja flavio como os jogadores do atletico e seu treinador profetizam seus respectivos futuros jogos,VAI SER MUITO DIFICIL,COMPLICADO,assim flavio não dá eles ja sem entrar em campo ja se sentem derrotados na suas mentes,olha que isso e fato e so observar,ja agradeço a atenção ,meu muito obrigado,sandro do bairro santa ines.

    ResponderExcluir
  2. Oi Sandro, um abraço e obrigado por acompanhar-me. Realmente os atletas precisam ser mais otimistas. Aliás, falo sobre isso num dos meus comentários do blog. O pessoal entregou os pontos faltando nove pontos em disputa. A guerra não acabou ainda. Coisas irão acontecer com certeza. É preciso acreditar, ter fé e partir pra cima. Um abração do Flávio

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.