quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

HISTÓRIA MOSTRA QUE O FREGUÊS MESMO É O LUXA

JÁ QUE querem trocar chumbo grosso, o companheiro Marcelo Bechler.competente produtor e repórter do programa Jogada de Classe, do Produtor/repórter do qual participo às terças e quintas-feiras, sob o comando de Orlando Augusto, na TV Horizonte, às 12h30m, ao lado Paulinho Azevedo, narrador Rádio Inconfidência; Willi Gonser e Ramon Salgado, deu-nos munição suficiente pra gente comprar a briga sobre quem é freguês de quem: O Cruzeiro de Luxemburgo, ou Luxemburgo do Cruzeiro?

VOU PERMITIR que a jovem revelação da crônica esportiva mineira destrinche os dados que levantou. Diz ele: antes de dirigir o Cruzeiro, Luxemburgo era o freguês. Depois que Vanderlei Luxemburgo deixou o Cruzeiro, o time mineiro perdeu sete jogos, empatou três e venceu um. Freguês de carteirinha do técnico que levou o clube à Tríplice Coroa”.

“MAS ANTES de 2002, o desempenho de Luxa é desfavorável”.

“APENAS QUATRO vitórias em 17 jogos. O primeiro jogo aconteceu no campeonato mineiro de 1985, vitória celeste por 2 a 0 em Valadares, quando o ex-treinador do Real Madrid comandava o Democrata. São 11 jogos pós-Cruzeiro com uma vitória mineira”.

“Nos 11 jogos pré-Raposa, o treinador carioca perdeu quatro vezes, aconteceram seis empates e Luxemburgo só venceu um jogo: a decisão do Brasileiro de 1998”.

“UM DOS EMPATES foi na última rodada do Brasileirão de 1997, quando Vanderlei comandava o Peixe: 2 a 2 na Vila Belmiro – mesmo se perdesse, o Cruzeiro se manteria na Série A. No total, foram seis vitórias do Cruzeiro, sete empates e quatro vitórias de equipes treinadas por Luxemburgo”.

MARCELO BECHLER mata a cobra e mostra o pau ( o que usou pra matar a víbora, claro!). Confira o histórico do treinador contra o Cruzeiro até de 2004.
1985 no Democrata-GV: Cruzeiro 2 x 0; 1990 no Bragantino: Cruzeiro 3 x 0: 1991 no Guarani de Campinas: Cruzeiro 3 x 0: 1995 no Flamengo: 1 x 1 e Cruzeiro 1 x 0:
1995: no Paraná Clube: Cruzeiro 2 x 1; 1996 no Palmeiras: empates 1 a 1 e 0 x 0 e Cruzeiro 2 x 1; 1997 no Santos: empate por 2 a 2; 1998 no Corinthians: empates por 1 x 1, 2 x 2 e 1 a 1; vitórias do Cruzeiro: 3 x 1, 2 x 1 e 2 x 0: 2001 no Corinthians: Cruzeiro 1 x 0.

VOCÊ, CARO LEITOR, encontra tudo isso e muito mais no blog do Marcelo Bechler, diariamente. É só acessar www.blogdemarcelomachado.blogspot.com Este menino vai longe, volto afirmar.

SE LEMBRA da Trincheira recomendar cautela com relação as ameaças de Luxemburgo de dar férias antecipadas aos principais jogadores santistas e colocar uma equipe mista domingo em campo?

POIS É, o papo de Luxa hoje mudou. O Peixe joga completo pra evitar comentários maldosos de que o técnico estaria vingando-se de Luiz Gonzaga Beluzzo, presidente palmeirense que o demitiu no meio da competição.

FALASTRÃO, Luxemburgo afirmou que se estivesse no comando do Palmeiras o time já seria campeão com duas rodadas de antecipação. Aí, lembrou-se de livrar a cara de Murici Ramalho: “Murici é um grande treinador; se não tivesse saído do São Paulo, a briga do título estaria entre nós, lá atrás”. É um artista este Wanderley Luxemburgo!

ATLETA profissional de futebol tem que aprender, mesmo à força, que existem severas leis vigiando a conduta dele dentro de campo. O goleiro Felipe, do Corinthians, será denunciado no STJD em dois artigos pesados: 252 (ofender moralmente o árbitro, cuja pena varia de dois a seis jogos de suspensão).

E MAIS o 258 (assumir atitude contrária à disciplina ou à moral desportiva, com suspensão de uma a 10 partidas, porque não fez nenhum gesto para defender o pênalti cobrado pelo Flamengo).

PITACO: Felipe corre risco de tomar um gancho de 16 jogos, a serem cumpridos no ano que vem. Sua sorte é ser profissional do Corinthians.

E PENSAR QUE Kleber falou em sair do Cruzeiro porque a torcida o vaiou! A torcida do seu amado Palmeiras teve outra atitude com o repatriado Wagner Love: deu-lhe uns bofetões por causa da situação do time que esteve perto do título e despencou.

OS MARGINAIS foram presos e identificados como membros da torcida organizada Mancha Alviverde. O goleiro Marcos, ídolo da torcida, estacionava o carro no momento em que Love apanhava. Quando correu pra socorrer o companheiro, a Polícia já havia chegado aplicando o “teje preso” nos covardes.

ESTE TIPO de procedimento tem origem, sem dúvida, nos arroubos do próprio presidente palmeirense, Belluzzo, que outro dia, num inflamado discurso no aniversário da Mancha Verde, aos berros, disse: “Vamô matá os bambi”, referindo-se ao time são-paulino. E pensar que o homem é consagrado professor de Economia.

VISTO ESTARMOS no perigoso campo da galhofa, prevejo algum desconforto diplomático entre o governo brasileiro e aqueles imbecis norte-americanos, por causa da piada chula que o ator Robin Williams destemperou no Late Show de David Letterman.

NÃO SABE o que aconteceu? Referindo-se à disputa entre Chicago e o Rio de Janeiro pela sede das Olimpíadas de 2016, Robin disse que os americanos mandaram ao Comitê Olímpico, no dia da escolha, uma comissão com Oprah Winfrey e Michelle Obama. “Já o Brasil mandou 50 strippers e meio quilo de pó. Não foi uma competição justa”.

AS AUTORIDADES tupiniquins prometem levar a questão à Justiça americana e deve, realmente, agir com rapidez pra piada de mau-gosto não cair no esquecimento. Aliás, é próprio do cinema e dos artistas americanos se referirem ao Brasil como um paraíso fiscal de ladrões, sonegadores e corruptos. Também, damos motivos de sobra...

A FIFA DESCARTOU a possibilidade da Copa da África do Sul, em 2010, ser disputada com 33 seleções pra atender a reivindicação da Irlanda roubada pela arbitragem sueca na briga de uma vaga contra a França. A história todos já sabem.

O SECRETÁRIO GERAL da entidade, Jerome Valcke, que recebe cotidianamente esta impávida Trincheira e a lê na hora do café da manhã antes de ir para seu luxuoso gabinete na sede da Fifa, repetiu o que este filho do Sodico disse: se a Irlanda entra, dezenas de outras Seleções se julgariam e teriam este direito. Só alegarem erros de arbitragem.

6 comentários:

  1. Flávio Carvalho,
    já cansamos de ouvir o senhor falando de tabu, quando é favorável ao seu cruzeiro. Mas quando se trata de tabu contra o seu palestra /MG o senhor ignora. Ora, pare com isso! O senhor já está com a idade avançada para fazer média com os azuis! Não faça como os 99, 99% da imprensa/Mg que vive enaltecendo em todos os aspectos os simpatizantes, jogadores e irmãos.Mas nunca que comentam a realidade desse clube que tem um aenorme dívida! Mais de 90 ações trabalhistas, inclusive uma ação movida pelo Fred que tomou calote e ainda tem repórteres cara de pau fazendo campanha p/ o cruzeiro contratar esse jogador.Além é claro as denuncias da revista placar contra os irmãos perrellas, fato que vcs da imprensa -MG nunca tiveram a coragem de comentar1 Flávio, menos...menos...flávio. Aproveite e reflita bem. quando o sr. começar a cantar pra subir,que não está longe disso, o Papai do céu vai está lhe esperando para puxar suas orelhas!

    ResponderExcluir
  2. Notícias que a amordaçada imprensa
    mineira não divulga, por se tratar de Cruzeiro.

    Um casal ganhou o direito de receber indenização de R$ 5 mil por danos morais do Cruzeiro Esporte Clube, do qual são sócios, após terem sofrido agressões durante jantar promovido pela agremiação. A ação foi julgada pelo TJMG, que acatou o pedido dos sócios.

    No processo o casal relatou que durante o evento promovido pelo Cruzeiro um grupo de outra mesa começou a arremessar bebidas alcoólicas em sua direção. Quando reclamou o homem foi agredido por um dos ocupantes da outra mesa, que se declarou integrante de uma torcida organizada. Após o fato o homem procurou o serviço de segurança evento.

    Quando retornou a sua mesa soube que sua esposa também tinha sido agredia, tendo sido arremessado um copo de cerveja em seu rosto. O ato foi realizado pela mesma pessoa que o atacara anteriormente e que assim que percebeu sua presença, voltou a agredi-lo.

    Na ação o casal reclamou que, tanto eles quanto suas filhas menores, sofreram fortes abalos emocionais. Consideraram que houve negligência por parte do clube ao promover tamanho evento sem cuidar satisfatoriamente da segurança dos seus sócios e usuários. De acordo com a reclamação cada um deles pagou o valor de R$ 85,00 pelo ingresso o que para o casal seria valor suficiente para proporcionar aos presentes uma segurança adequada.

    A defesa do Cruzeiro argumentou que, conforme o boletim de ocorrência registrado pela polícia, a briga teria ocorrido fora das dependências do clube, razão pela qual a ausência de segurança não lhe poderia ser imputada.

    Porém ao examinar o conjunto de provas reunido no processo, a juíza da 9ª Vara Cível de Belo Horizonte, Neide da Silva Martins, concluiu que a confusão ocorreu dentro do clube.

    A magistrada ressaltou que, embora o evento danoso não possa ser diretamente atribuído ao clube, ele tem a sua responsabilidade pelo fato. Para a magistrada o clube escolheu mal a prestadora dos serviços de segurança, observou.

    Para a apreciação do pedido de danos morais, a magistrada considerou que o evento concorreu potencialmente para o desencadeamento de um abalo psíquico do casal. Ela finalizou declarando: Busca-se um momento de diversão e prazer para toda a família, e alcançaram, ao revés, o desprazer e a fúria de uma agressão, além da situação vexatória pela exposição diante de amigos e todos os presentes no evento. (Proc. 0024.08.167704-9)
    Acesse:
    http://www.jusbrasil.com.br/noticias/1613039/clube-de-futebol-e-condenado-a-indenizar-socios-por-mau-comportamento-de-integrante-de-torcida-organizada

    Fonte: TJMG

    ResponderExcluir
  3. Ô Breno, caso vc tivesse a boa vontade de ler, eu destaquei o tabu de Luxemburgo e disse que tabu tá pra ser quebrado. Se vai ser quebrado é outra história. Seu discurso é tão velho quanto eu e como não sei a sua idade, creio que com o rancor e a falta de discernimento que o acompanham vc não chegará na minha idade. Outra coisa, diga-me apenas em que cemitério será enterrado porque talvez eu vá mijar na sua cova.

    ResponderExcluir
  4. Você fez bem em buscar o seu direito na Justiça. Melhor ainda que tenha sido aceito. Pena que seja uma quantia tão pequena. Apesar das informações do leitor Breno sobre a quebradeira do Cruzeiro e as 90 açoes trabalhistas, deve, ainda, ter dinheiro sobrando lá pra pagar indenização tão justa quanto essa. parabnés Flávio
    ET: Não é o Cruzeiro que amordaça a Imprensa, mas o deputado Perrela que gosta de elogios e tira o emprego em qualquer veículo de quem o crfítica. Como não sou empregado de ninguém,não vivo sob ameaça alguma.

    ResponderExcluir
  5. Tonhão, me desculpe porque me esqueci de citar seu nome na resposta sobre a indenização do Cruzeiro. Como disse o Breno lá em cima; tô velho, caducando....

    ResponderExcluir
  6. Não é o Cruzeiro que amordaça a Imprensa, mas o deputado Perrela que gosta de elogios e tira o emprego em qualquer veículo de quem o crfítica????
    Bela resposta!! Quer dizer que o Sr. Também Conhece os fatos!Isso é muito triste, já que o sr. pertence a imprensa e não faz por onde acabar com esse mau chamado perrellas! E olha que o sr. é Advogado, não é mesmo?

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.