terça-feira, 22 de dezembro de 2009

MENSAGENS DOS AMIGOS DA TRINCHEIRA

Francisco Moreira = BH


NOS ULTIMOS dias tenho ouvido muita especulação sobre este meia colombiano. Todavia, pouco conhecemos sobre ele. Não é porque é colombiano que o jogador é a solução para a camisa 10 do Cruzeiro. As estatísticas pelo menos vão em direção oposta, já que o mesmo só marcou 3 gols na temporada 2009 e não é um exímio cobrador de faltas (uma necessidade do time celeste). Logo, se é para ser campeão, é preferível trazer um nome mais consagrado, e não uma aposta, pois o futebol mineiro está cansado de apostas como o Renteria, De La Cruz, entre outros q recentemente por aqui passaram.

Paulo Hamacek -BH

SE A BARRA TÁ PESADA PARA OS APOSENTADOS GOVERNISTAS , NÃO QUEIRA VER A AGONIA DOS CELETISTAS . HOJE , O NOSSO GRANDE CAMELÔ VIAJANTE , QUE PERDOA DÍVIDAS DO BRASIL E PROMETE APLICAÇÕES ASTRONOMICAS PARA O MEIO AMBIENTE, ANUNCIOU QUE NÃO PODE REAJUSTAR APOSENTADOS PARA NÃO QUEBRAR A PREVIDENCIA . INFELIZMENTE,SOMOS UM POVO SEM UNIDADE ,SEM AÇÃO,ETC ,DEFASADOS 60%, ,TANTO NO MÍNIMO QUANTO NO GERAL, E O PRESIDENTE ,COM SUA APOSENTADORIA, SÓ DE ANISTIADO COM 25 DIAS DE PRISÃO, COM 4.800,00. APROVEITANDO SUAS FERIAS, VOU LHE ENVIAR EMAIL SOBRE ESSA APOSENTADORIA E COMO CONFIRMA-LA.

ABRAÇOS , BOAS FERIAS , NATAL, ANO NOVO,ETC..


VINICIUS SILVEIRA DE SOUZA - BH


Grande Flávio, tudo bem?

Bom, primeiramente quero reiterar que sempre leio suas colunas e acesso seu blog. Estão sempre muito bons.
Quero desejar a você um natal cheio de paz, alegrias, felicidades, harmonia e todas as bênçãos divinas para você e toda sua família.
Que a Trincheira continue fazendo sucesso e que o ano de 2010 seja de muitas vitórias para nosso futebol mineiro.Voltarei a escrever, hoje trabalho pela Prosegur e por isso, não tenho tempo hábil para escrever.Grande Abraço .Feliz Natal e próspero 2010 a você e sua família.



TENENTE ALTAMIRO FERNANDES DA CRUZ - BH


TÁ NA FOLHA!

AS ESCOLHAS DE LUXEMBURGO.
O empresário Luiz Alberto de Oliveira, da L . A. Sports - empresa parceira do Avaí - , explicou um dos motivos para escolher o Atlético-MG como destino do meia Muriqui. "Trabalhar com o Vanderlei é, sim, uma das razões. Muitos jogadores viveram seus melhores dias com o técnico do Atlético", completou. A razão exata para Muriqui jogar no Atlético-MG é financeira.
O Palmeiras não pagaria nada por um ano de empréstimo, o Galo pagou mais caro. Mas a transferência evidencia que ainda há casos em que a fama do ex-melhor técnico do Brasil e, quem sabe, futuro interfere nos negócios.

Keirrison trocou o Coritiba pelo Palmeiras pela mesma razão. Seis meses depois, deixou o Parque Antarctica para jogar na Europa já sem a mesma boa impressão que o levou a se vestir de verde.
A decepção do centroavante, hoje no Benfica, tem a ver com inúmeros negócios mal-feitos por Luxemburgo.
Uma das funções mais importantes de um técnico é conhecer os atletas ao receber indicações ou para ele próprio indicá-los. Na saída do zagueiro Henrique para o Barcelona, em 2008, Luxemburgo tinha o nome certo para a substituição: Gladstone. No mesmo ano, recusou Rever. Para o Palmeiras, indicou Roque Júnior. Foi um fracasso. A lista pode prosseguir com Jumar, no Palmeiras, Pedrinho, Vitor Júnior, Émerson, Adoniran e André Belezinha, no Santos.
Roque Júnior é o grande exemplo de como Luxemburgo já teve indicações brilhantes, muito mais do que as atuais. Em 1996, quando ninguém conhecia o zagueiro contratado do São José por sua observação, Luxemburgo costumava dizer: "Este vai ser zagueiro de seleção brasileira". Tinha razão.
O mesmo vale para o volante Rogério, campeão da Libertadores de 99, para o atacante Everton, do Corinthians e de tanto sucesso na Europa na década que está acabando, para Ronaldinho Gaúcho, a quem, afinal, foi Luxemburgo quem primeiro convocou para a seleção brasileira.
No Galo, além de Muriqui, sua primeira indicação é o zagueiro Campos, da LDU. Bom zagueiro. O sucesso ou o fracasso de suas indicações pode ser o primeiro indício para saber se Luxemburgo, em 2010, voltará a ser que foi. (Paulo Vinicius Coelho / Folha de São Paulo. Cad. de Esportes pág. D3 21/12/09)

Caro Mestre, sei como é difícil a vida dos cronistas esportivos nestas épocas de "vacas magras" - falta de notícias - para cumprir o compromisso de colocar nos jornais, rádio e na televisão suas crônicas diárias. Daí eu gosto de enviar-lhe algumas coisas que me chegam às mãos. Espero que possa aproveitá-las no seu cotidiano!
Na oportunidade, quero desejar que você, caro Mestre, tenha o melhor de todos os Natais e que o Ano Novo possa chegar trazendo-lhe muita PAZ, SAÚDE, "DINDINS" E MIL FELICIDADES ! Atenciosamente!Um abraço fraternal do seu fã nº 1. Altamiro Fernandes da Cruz =2º Ten PM=

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.