terça-feira, 19 de janeiro de 2010

CRUZEIRO SÓ TEM UMA NOVIDADE NA ESTRÉIA

POSSO ENTRAR COM TRÊS na frente no Mineiro? Posso. Posso entrar com dois meias? Posso. Então, muda um pouquinho, mas não vejo como inovação”. Esta declaração de Adilson Batista confirma que em 2010 nada será diferente na ótica dele; inclusive no tratamento dissimulado com a turma que faz a cobrança diária na Toca da Raposa.

VEREMOS até onde irá esta falta de inovação do técnico. No Flamengo, por exemplo, Andrade, recém guindado à prateleira superior dos treinadores, com o espetacular título que conquistou no Brasileiro, mostrou ousadia contra o Duque de Caxias.

CORRIGIU os erros cometidos na escalação da equipe com alterações certas e nos momentos decisivos. Sem medo. Já assumiu a responsabilidade de treinador de time grande, ainda que estivesse à frente da equipe reserva.

A FORMAÇÃO DO Cruzeiro nos jogos-treino mostrou que Adilson vai optar por dois meias; ambos canhotos: Pedro Ken e Gilberto. Não adianta ele contestar que o paranaense recém contratado seja segundo volante e substituirá Fabrício. Sempre o vi atuando como meia.

MAS, TAMBÉM, não me surpreenderia se em vez de Pedro Ken o Cruzeiro tivesse nesta quarta-feira, contra o Uberlândia, Kleber atrás e Guerrón na frente, ao lado de Thiago Ribeiro. É possível: Adilson tem, ainda, Anderson Lessa ou Eliandro, centroavantes puros, pra tentar esta nova fórmula.

PENSO QUE se eu estivesse no lugar de Adilson Batista agiria da mesma forma, sem mexer quase nada no time do ano passado, que deu certo, queiram ou não os chatos de plantão. Porém, botaria Caçapa na zaga e usaria a fórmula de Kleber no meio e Eliandro de centroavante.

PITACO: Teria dúvida quanto à titularidade de Thiago Ribeiro. Pequena, é verdade.

SERÁ QUE os meninos da Toca agüentarão a pressão que sofrerão de todos os lados no jogo desta quarta-feira contra o São Paulo pela Copinha paulista? Olho no apito amigo, gente!

VOU LEVANTAR o astral da Trincheira que tem recebido mensagens pessimistas demais e aquelas chatices de inconformados torcedores/leitores que acham que só eles têm direito de torcer por seu time querido.

UM ANTIGO leitor, Vinicius Silveira de Souza, volta à cena depois de um sumiço enorme. Diz ele:

“TUDO BEM! Espero que a Trincheira volte com tudo este ano de 2010. Bom, última semana de preparação de nossas equipes para mais um Campeonato Mineiro. Diferente de outros anos, não aconteceram contratações bombásticas e que empolgassem o torcedor.

“O ATLÉTICO investiu no comando técnico com Wanderlei Luxemburgo, terminando assim um namoro e sondagens que já vinham desde a época do ex-presidente Ricardo Guimarães”.

“CONFIANDO na equipe do ano passado e mexendo no grupo, Luxemburgo coloca seu método de trabalho e também inova no comando técnico, trazendo o ex-arbitro Wagner Tardelli e o ex-jogador colombiano Freddy Rincón como auxiliares.”
“ACREDITO que eles não acrescentarão nada no Atlético e que o Luxa irá acrescentar muito a eles”.

“COMO TODO início de temporada, a expectativa é a melhor possível, porém, de uns anos para cá, o Galo tenta apagar uma escrita de sempre montar equipes irregulares e brigar na metade da tabela para baixo”.

“ESTE É apenas o segundo de Alexandre Kalil como presidente do Atlético, mostrando ao torcedor tudo aquilo que os últimos presidentes não mostraram ao torcedor atleticano: muita seriedade, audácia e investimento buscando montar um Atlético vencedor.

“A IMPRESSÃO é a melhor possível, mas vamos aguardar os próximos capítulos, pois ainda tem muita água para passar por debaixo da ponte do Galo Mineiro”.

“DO OUTRO lado da Lagoa, o Cruzeiro inicia mais um ano com a cabeça voltada única e exclusivamente para um só objetivo. o tricampeonato da Taça Libertadores da America”

“PARA ISSO, a receita é a mesma do ano passado, investir na manutenção do grupo de jogadores do ano anterior e contratar jogadores para assumir a camisa cruzeirense e jogar”.

“SÓ QUE apenas uma parte desta receita foi mantida; a outra é que ainda não foi completa, o Cruzeiro ainda não trouxe nenhum grande jogador para assumir a titularidade da camisa azul celeste”.

“É BEM VERDADE que manteve o grande ídolo da torcida, Kleber, o gladiador azul, como diz o narrador Alberto Rodrigues, da Rádio Itatiaia”.

“CONTRATANDO jogadores que são conhecidos, mas ainda em busca de espaço no cenário nacional, como Anderson Lessa, ex-Náutico e Pedro Ken, ex-Coritiba, o Cruzeiro inicia a temporada como terminou o ano de 2009”

“PORÉM ACHO necessário um maior investimento da diretoria azul para esta temporada e também para empolgar mais o torcedor, que, mais uma vez, confia neste time para conquistar o tão sonhado tricampeonato da Libertadores”.

“VAMOS esperar muito sucesso das nossas equipes neste ano de 2010”. Parabéns, Vinícius, você foi tão discreto na sua análise que fiquei sem saber, exatamente, pra qual time torce. Parece que é atleticano.

Um comentário:

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.