segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

CRUZEIRO X COLO COLO: A HISTÓRIA DE RETRANCA NÃO CONVENCE

A INTRANQÜILIDADE do jogo desta quarta-feira no Mineirão é o juiz colombiano Oscar Ruiz. Principalmente. Caso esteja numa das suas noites caseiras, tudo bem. Ao contrário, o time do Cruzeiro, rei dos cartões amarelos e vermelhos, que cuide mais desse detalhe que da retranca do Colo Colo.

ADILSON Batista, evidentemente, não se baseou na vitória chilena sobre o Deportivo Itália (1 a 0) em Santiago. Foi linha contra defesa e não se pode avaliar a força de defesa do Colo Colo, nem do ataque, parado pela retranca venezuelana.

0 ESQUEMA 4-4-2 que o técnico Hugo Tocalli baseia-se na velocidade de Paredes e Bogado, e na qualidade de Macnelly Torres, que quase veio pra Toca. Porém, tudo começa com Melendez e Millar, este o esteio desse esquema. A defesa é forte com Magalhães e Scotti. Não será nada fácil.

O CRUZEIRO mostrou defeitos no setor que vai precisar, porque tem de vencer. Seu lado esquerdo vai mal com Diego Renan e agora sem Gilberto. Depende das condições físicas de Roger pra aguentar 90 minutos. O setor de defesa tem acertado com apoio de Elicarlos – apesar de muita gente pensar o contrário – e Henrique.

A BOLA PARADA que funcionou no clássico terá problemas exatamente por causa da zaga alta que o Colo Colo também possui. Adilson precisa ter todo cuidado com o lado esquerdo da defesa, por onde, com certeza, o Colo vai contra-atacar.

O GALO LEVOU todos seus titulares possíveis pra estréia na Copa do Brasil contra o Juventus, do Pará. A meta é vencer com diferença de dois gols e evitar a partida de volta e não tenho nenhuma dúvida que será alcançada.

COM TRÊS goleiros na delegação, Luxemburgo deixa claro que não anda nada satisfeito com os homens da posição. Talvez Carini perca a titularidade por causa da besteira que se discute aqui: joga muito adiantado. Que bobagem, gente!

OS MAIORES goleiros do mundo jogam assim, adiantados. Os esquemas de hoje exigem que sejam líberos, atuando como último homem. O excelente Fábio, no clássico, esteve perto de levar dois gols porque estava adiantado. No primeiro foi salvo por Léo Silva; no segundo, recuou a tempo e fez grande defesa.

O TIGRE DO Vale do Aço confirmou que é, realmente, a sensação do campeonato mineiro; e só tem jogado fora de casa. Bateu no Cruzeiro misto de goleada; empatou com o Galo, venceu o Coelho e domingo à noite goleou (4 a 1) o Democrata Pantera, líder da competição. Por isso e por melhor saldo de gols assumiu a liderança.


NA ANTE-SALA do Hospital Luxemburgo onde aguardava a minha hora de fazer uma cintilografia coronária, soube do problema de Ricardo Gomes. O AVC que teve, segundo os médicos, foi leve; mas posso dizer que não existe nada leve nisso. Saiu da UTI, foi pro quarto e espero volte só quando estiver inteiro.

AO RECEBER as mensagens malcriadas vejo porque esses torcedores não têm AVC: desabafam, xingam, brigam, matam, são grossos com quem tem opinião diversa da sua.

4 comentários:

  1. Bom dia Flávio

    Procurei em todas as fontes oficiais e não verifiquei nenhuma notícia ou informação sobre punição ao trio do clássico. Como então o sr Kalil tem acesso a esta informação e a divulgou em seu twiter pessoal? agora este senhor é o porta voz da FMF?

    Só pra acrescentar, vários comentaristas dos canais nacionais consideraram o lance do gol do Tardelli mal anulado, porém também consideraram o gol do Atlético irregular visto o impedimento do próprio Tardelli.

    Além disso, vários comentaristas foram unanimes que, apesar do erro, o lance era difícil, visto a movimentação dos atletas, tanto que no momento ninguem reclamou com veemencia (nem o Sr. Bananinha).

    Estou preocupado. Acho que o Sr. Kalil está fazendo pressão na arbitragem, como tentou fazer no ultimo ano. Acho que o Perrela deveria solicitar à FMF que futuros clássicos sejam arbitrados por juizes de outra federação, visto esta pressãzinha pra tentar ganhar título no grito.

    Att.
    Fabrício Oliveira

    ResponderExcluir
  2. vejam no blog do mauro cezar pereira a prova da irregularidade no gol do atlético.

    http://espnbrasil.terra.com.br/maurocezarpereira/post/104528_AINDA+CRUZEIRO+3+X+1+ATLETICO+APITO+ERROU+CONTRA+E+A+FAVOR+DO+GALO+VEJA

    ResponderExcluir
  3. Flávio, hoje tem julgamento do Palestra sobre a escalação irregular do Wellington Paulista no jogo contra o Uberlândia e está tudo muito quietinho, ninguém falou nada.

    EDITAL DE CITAÇÃO N.º 05/2010 – TJD –
    De ordem do Ex.mo Sr. Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva, Dr. Silvio Augusto Tarabal Coutinho, ficam citadas e intimadas às partes abaixo denunciadas para comparecer à sessão ordinária de julgamentos designada para às 19h00min (dezenove horas) da próxima terça-feira dia 23/FEVEREIRO/2010, no local de costume (Av. Barbacena, n.º 473 – 1.º andar, Bairro Barro Preto, Belo Horizonte/MG), nos termos do art. 45 e seguintes do CBJD, onde, querendo, poderá apresentar defesa escrita ou oral, em causa própria ou representado por Advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB, da acusação que lhe(s) é(são) feita(s) como incurso no(s) artigo(s) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) na forma abaixo:
    01) PRIMEIRA COMISSÃO DISCIPLINAR :

    Processo n º 001/10 – Cruzeiro EC X Uberlândia EC , profissional de 20/01/10
    Relator Dra. Clênia Gosling – ( “ Em Mesa “ )
    Embargos de Declaração

    http://www.fmfnet.com.br

    ResponderExcluir
  4. Isento o Flávio Anselmo porque ele sempre noticiou aqui, mas o resto, o resto, bem o resto, o resto é podre, me envergonha.

    Palestra ganha no juiz do Galo, e o Galo ganha os pontos de volta no tribunal. E o que mais impressiona é que ninguém noticia nada. Nada. Nada. Absurdo. Fui catar essa notícia no site do justiça desportiva do STJD.

    Cruzeiro perde mais pontos


    TJD/MG acolhe embargos de declaração da Procuradoria e clube perde mais três pontos no Mineiro/2010

    http://justicadesportiva.uol.com.br/17337-CRUZEIRO-PERDE-MAIS-PONTOS.html

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.