sábado, 27 de fevereiro de 2010

POSTADO ÀS 7 HORAS E 18 MINUTOS DA NOITE

APESAR DE mostrar total desentrosamento em razão das mudanças que o técnico Adilson Batista fez no time – novo esquema e a ausência de vários titulares – o Cruzeiro venceu o Ituiutaba no Curralzinho do Pontal com gol de Fabinho aos 44m do segundo tempo. Assumiu a liderança? Sim, com 16 pontos, mas o Ipatinga ainda vai jogar contra o América-TO e pode retomar o primeiro lugar. Além disso, o Cruzeiro ainda terá que pagar seis pontos por escalar Wellington Paulo em condições irregulares contra o Uberlândia.

A ARBITRAGEM no Pontal voltou a ser horrorosa como tem acontecido no Mineiro, em que pese as boas intenções do Chefe de Arbitragem Jurandir Gama. O desconhecido André Luis que apitou a partida errou tanto que conseguiu desagradar os dois lados. E o pior: mostrou que se intimidou com a choradeira de Vanderlei Luxemburgo e de Alexandre Kalil, resquícios do clássico. Prejudicou mais o Cruzeiro, não apitando um pênalti sobre Bernardo no primeiro tempo e anulando um gol absolutamente normal do beque Gil, escorando de cabeça a cobrança de uma falta. Sua Excelência Cabeça de Bagre deu falta do beque celeste.

DO JEITO QUE VAI, realmente,o melhor paralisar é o campeonato até o julgamento da lambança que o Jurídico e o Presidente do TJD fizeram no caso Wellington Paulista.
E dar tempo ao Jurandir de botar os sopradores de apito, candidatos a árbitros de futebol, concentrados no longíguo hotel do João do Poste até que aprendam alguma coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.