domingo, 21 de março de 2010

OBINA É O LEÃO DE NOVA LIMA

TIREM O GOL DE PÊNALTI que existiu em cima de Muriqui e Obina bateu bem marcando l a 0, no princípio do primeiro tempo. Basta o segundo gol de Obina, de bela feltura, desde a saída do passe da intermediária via Renan Oliveira, a matada do atacante com o pé direito. Aqui tratou a bola de você, com intimidade. O corte no beque Vinícius, e a preparação pro chute colocado de pé esquerdo, no ângulo do goleiro Córdoba. Com 14 quilos a menos e uma vontade incrível de jogar, Obina passa ser a grande contratação de Kalil. A melhor aposta de Vanderlei Luxemburgo, desde seus tempos de Palmeiras.

O GALO USOU 3-5-2 bem azeitado contra o Leão. O time do falastrão Flávio Lopes não fiu a bola, a não ser em uma saida errada de Aranha. A linha de três beques, Benitez, Julio Campos e Werlei só não conseguiu evitar a grande liberdade de Tucho no meio-campo do Villa. Não era coisa pra Zé Luis que fez a sua parte. Era do Evandro ou Leandro. O Galo atacou com muita gente: Carlos Alberto pela direita, Leandro ou Muriqui pela esquerda; e o garoto REnan Oliveira líbero, pela direita, pela esquerda, encostando em Obina, enfim onde estivesse.

MAS O NOME DO JOGO NESTE primeiro tempo foi Obina. Que fase! Vamos esperar o segundo tempo.

O VISUAL de Luxemburgo e da Comissão Técnica com a camisa rosa, enquanto em campo os atletas usavam o uniforme UM, foi outra atração à parte. O Galo no primeiro tempo soube jogar no campinho do Leão, principalmente nas bolas voadoras, e Benitez foi ponto de referência na área adversária. Subiu bem e cabeceou mal.

Um comentário:

  1. Pôxa Flávio, sem querer tirar os méritos do "Grande Obina", (ele até consegue ser melhor do que o WP),aquele time do Vila foi uma água com açucar. Até hoje, nao vi nenhum atleticano de camisa rosa nas ruas nem em lugar algum...será que veremos? Ou ficará somente na pele vaidosa de um técnico e de um dirigente!

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.