sexta-feira, 21 de maio de 2010

LAMENTÁVEL, CRUZEIRO VIRA CASO DE POLÍCIA

SÓ OPINO sobre as excrescências em redor do futebol com conhecimento de causa. Ou se domino o processo. As investigações da Polícia Federal no Cruzeiro não aconteceriam se houvesse transparência na administração do clube.

O REGIME presidencial foi transformado num feudo perrelista, onde o continuísmo já levanta dúvida. No entanto, dúvida não quer dizer, necessariamente, existência de dolo.

O PRESIDENTE Perrela em nota oficial desmente qualquer irregularidade nas vendas de Luizão e Ramirez, transações alvos de investigação da Polícia Federal. A presunção de inocência até prova ao contrário garante-lhe aquele sorriso no rosto de deputado.

SE A PF alega cabe-lhe o ônus da prova e qualquer julgamento precipitado da Imprensa ou da opinião público seria linchamento. Porém, que não se confunda a seriedade das investigações, sejam elas policiais ou jornalísticas, com o acobertamento dos fatos por exigência das censuras administrativas e financeiras.

OS FATOS foram levantados e precisam de apuração. Seja para a conclusão levantada
pelos dirigentes, o que exigiria o arquivamento das denúncias, seja por sua comprovação pra que a Justiça tenha seu andamento normal.

TWITTER DO ANSELMO: E que esse não seja mais um caso que termine em pizza nesse futebol tupiniquim.

A BARCAÇA do Galo contrabalançou a faixa etária dos despachados. Depois do veterano Marques, chegou a vez da prata-da-casa Renan Oliveira – mais alguns menos famosos – e do meia-bomba Evandro.

SEGUNDO KALIL Renan e Evandro vão passar um ano no Vitória da Bahia. Contudo, um atravessador por mudar o rumo de Renan Oliveira. Celso Roth, novo treinador do Vasco, o indicou pra jogar em São Januário.

PITACO: do twitter do Urso Pardo - “Achamos que é o momento do Renan respirar novos ares”

SERÁ QUE Alexandre Kalil conhece bem o Barradão, estádio do Vitória, construido sobre o lixão de Salvador? Ar indigno de ser respirado...

A VERDADE dói, mas o que há de se fazer? Adriano é capa e matéria principal da revista francesa So Foot sob o título: “o maior suicida profissional desde Mané Garrincha”.

A PUBLICAÇÃO não relata nada dito pela imprensa brasileira que tem destacado os dias tranqüilos vividos pelo Imperador após ser esquecido por Dunga na lista de convocação pro Mundial da África.

ARGENTINO ainda não aprendeu a perder pra brasileiro. O gol que Giuliano fez aos 46m do segundo tempo mandou o Internacional para as quartas de final da Libertadores. No fim, o pau comeu solto.

GARANTO QUE o Estudiantes não será punido pela bagunça que aprontou. Vários atletas do Inter, principalmente o goleiro Pato Abbondanzieri e o meia D’Alessandro, ambos argentinos, passaram grandes sustos.

MAURO FERNANDES, técnico do América, que me perdoe, mas essa coisa de anunciar três atacantes pra amenizar os problemas com os erros de finalizações está fora de moda. O Coelho tem obrigação de ser ofensivo, com três ou um atacante contra o Figueirense no Mineirão neste sábado.

ESTÁ MAIS QUE DEFINIDO: nenhum time precisa escalar três atacantes pra ser ofensivo. Precisa de conceitos definidos e bom esquema tático. Defende com cinco e ataca com cinco. Depende de quem o técnico escala no meio-campo.

FALTOU UM gol ao Flamengo pra seguir na Libertadores. O rubro-negro venceu a Universidad do Chile por 2 a 1, resultado insuficiente porque perdeu o primeiro jogo, no Rio, por 3 a 2. Ou seja, os chilenos marcaram três gols no campo inimigo.

O BENEFÍCIO que manteve o Internacional, que fez um gol no campo do adversário e classificou apesar da derrota (2 a 1) tirou o Flamengo. Agora, abre-se nova crise no clube e o treinador Rogério Lourenço deve ser dispensado.

5 comentários:

  1. Olá Flávio Anselmo,
    gostaria apenas de deixar claro que quem iniciou a confusão no jogo do Inter foi o goleiro Lauro do colorado que agrediu o Desabato...Por sua vez o Desabato devolveu a agressão no goleiro Pato Abbod. também colorado, que usava a mesma camisa do Lauro..
    O Desabato acho que foi o Pato que o agrediu e apenas devolveu a agressão...
    Desta forma, acho que desta vez foram os brasileiros que iniciaram a confusão...
    Abraço, Lucas Ziegler.

    ResponderExcluir
  2. OBRIGADO Lucas pelos esclarecimentos. Diante deles, retiro o que escrevi e peço desculpas aos hermanos do sul. Não me abandone, Lucas. Continue a pitacar. Flávio Anselmo

    ResponderExcluir
  3. Perrellas e Polícia? Ja estava demorando. hehehe...

    Alisson Fúrfuro

    ResponderExcluir
  4. Flavio, essas investigações podem não dar em nada, e acho que não ficaremos livres dos Perrelas no Cruzeiro, mas poderemos não eleger nenhum deles nunca mais na política, para isso espero que essas denuncias não esfriem, no blog do Paulinho tem mais denuncia.

    ResponderExcluir
  5. Flávio, como sempre, a sua lisura e isenção nos mostram com deve ser um jornalista. A verdade deve ser dita e você o faz como poucos.

    O Renan Oliveira precisa mesmo respirar outros ares. Mesmo que os poluídos do Barradão...mas acho que ele não volta. Aliás, penso que o lugar dele é na toca da raposa. A família é toda azul de não perder jogo no Mineirão. Lá, ele se sentiria mais em casa.

    Quanto ao Evandro, além daqule golaço contra o Santos (3 a 2) na Vila Belmiro, e além das raivas que ele já nos fez passar o que mais ele tem de crédito ? Tem mais é que se mandar.

    E dá-lhe Galo, carajo.

    Iraq

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.