domingo, 20 de junho de 2010

BRASIL VENCE BEM COM A MÃO E O CORAÇÃO

ESPANTEI O FANTASMA que me atemorizava já no primeiro tempo: o Brasil começou com Robinho assustando o goleiro da Costa do Marfim. Depois, os Elefantes ameaçaram uma reação neutralizada pelos canarinhos que tocaram a bola e os colocaram na rodada. Bem no estilo de todos os inícios das partidas da Seleção pra desespero de Falcão e Casagrande.

A SELEÇÃO JOGOU 50% mais que no confronto contra a Coréia do Norte, portanto é um time em crescimento. A defesa repetiu o erro da primeira partida. Desconcentrou-se com o placar favorável em 3 a 0 e permitiu o gol do Didier Drogba.

NUM MISTO de negativo/positivo marca de suas narrações comentadas, Galvão Bueno, entusiasmou-se no início e criticou depois dos 15m. Mas os Elefantes rondavam, rondavam e não chegavam ao gol de Júlio César. O Brasil preparava o bote fatal.

ACONTECEU NA TRIANGULAÇÃO fantástica entre Elano, Kaká e Luiz Fabiano, terminou com a bola nas redes marfinenses. Primeiro gol do Fabuloso na Copa. Sem ângulo e com raiva.

NO SEGUNDO TEMPO, os guarda-roupas marfinenses resolveram trocar futebol por violência, entradas maldosas sob as vistas piedosas do francês Stefhane Lannoy, 40 anos, vendedor nas horas vagas.

BEM FEITO PRA ELE: aí o Brasil resolveu trocar por instantes o futebol por uma chapeleira e jogo de vôlei.. Luiz Fabiano retomou a bola no meio-campo e foi na direção do gol. Fez uma manchete no lance, chapéu no primeiro; manchete, chapéu no segundo, drible em outro e bomba de pé esquerdo.

BRASIL 2 X 0 e que os marfinenses, crentes numa goleada sobre o Canarinho, que chorem na cama, lugar bem mais quente.

VEIO O INTERVALO e o francês foi consultar Luiz Fabiano sobre o lance, a TV mostrou:

“Senhor Luiz Fabiano, o senhor botou a mão na bola”?
“Claro que não professor, lance limpo” respondeu preocupado o Fabuloso.

SE KAKÁ JOGAR mal como aconteceu neste domingo tá danado de bom. Nos lances capitais da partida, esteve presente. Inclusive na sua expulsão. Expôs a incompetência da arbitragem. O francês voltará mais cedo pra Paris.

PERDEMOS KAKÁ para o jogo contra Portugal; é a chance de Dunga mostrar porque levou Júlio Baptista. Melhor: a violência que tirou Elano do jogo não o tirou da partida contra os portugueses. É um dos nossos goleadores.

MICHEL BASTOS, também agredido, lembrou-me do Zé Porto,
treinador/roupeiro/zelador do gramado no EC Caratinga. Seu lateral levou dura entrada e ficou no gramado. Jogo apertado.

AÍ ELE GRITOU com o rapaz: “Levanta, moleza, o jogo ta comendo fogo”.
“Não dá seu Zé, tá doendo demais”. “Bate o pé no chão três vezes. Se o osso furar a meia é fratura exposta e então não dá mesmo. Senão, vai pro jogo”.

MICHEL BASTOS rolou, rolou no chão e aí lembrou que o Gilberto tava lá fora só na espera. Levantou, bateu o pé e foi pra luta.
QUASE NO FINAL, os elefantes perseguiram Kaká na base da porrada, principalmente depois que ele levou cartão amarelo por revidar. Dormindo no banco, a Comissão Técnica não se lembrou de preservar Kaká pro jogo contra os portugueses.

POUCO DEPOIS, um marfinense esfomeado e vampiro simulou uma agressão de Kaká e o craque brasileiro foi expulso. O VT do jogo mostrará que o africano simulou. Kaká nem tocou nele.

ITÁLIA DECEPCIOU outra vez ao empatar com Nova Zelândia (1 a 1) no Grupo F. O Paraguai venceu (2 a 1) a Eslováquia e chegou à liderança. Sua vaga tá bem mais perto.

NÃO DUVIDO, contudo, que os italianos vencerão a Eslováquia, na última rodada, chegará a cinco pontos e se classificará. Já vi isso da Azurra em outras Copas

O GALO REVELOU mais um mistério que ronda o mundo atual: genro gosta de sogro? No rachão de sexta-feira, Vanderlei Luxemburgo jogava por um dos times e seu genro Fabiano, atualmente na reserva, no outro.

EIS QUE ROMPE o selo do mistério: Fabiano pega Luxemburgo de jeito e o técnico deixa o campo com suspeita de fratura na tíbia direita. Feroz ataque ao homem errado: Fabiano continuará treinando entre os reservas.

TROCA DE LADOS: dois defensores mudam de clube em BH nesta intertemporada. O paraguaio Benitez, dispensado no Galo, pula pra Toca da Raposa. O lateral Fernandinho, dispensado no Cruzeiro, muda-se pra Cidade do Galo.

OS TORCEDORES , sem entusiasmo, querem saber: estes serão os reforços prometidos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.