segunda-feira, 14 de junho de 2010

ITÁLIA COMEÇA COMO SEMPRE

TORÇO PRA QUE os jogos de terça-feira,Nova Zelânai x Eslováquia, Portugal x Costa do Marfim e Brasil x Coréia do Norte tenham mais tempero que as partidas desta segunda-feira. O primeiro, das oito e meia, com certeza não será, por falta de um produto básico: qualidade.

NEM O CARROSSEL HOLANDÊS, nem Dinamáquina, mostraram algo interessante. Os holandeses, cientes de sua superioridade, invicto há 19 partidas, jogaram para o gasto. Os adversários fizeram uma força danada e ficaram rebatendo bola na atrás. O placar d 2 a 0 foi justo e a única coisa que me agradou foi a entrada do garoto Elia, na Holanda, e que melhorou bastante o nível da partida. Esse menino vai dar o que falar.

JAPÃO E CAMARÕES só mostraram a boa surpresa do meia atacanta Honda, autor do gol, que deu a vitória (1 a 0) aos filhos do Sol. Nem E'too compareceu no jogo. Sumido, sumido. Sai do quarto e fui mexer com outra coisa de tão ruim que estava o jogo.

ESPERAVA MUITO DE Itália e Paraguai. Os italianos começaram a Copa como das vezes anteriores: dando a impressão de que não irão além da primeira fase. Não se enganem. Não têm ataque, mas a defesa comandada pelo veterano Fábio Cannavaro continua excelente. O Paraguai decepciou. Não teve coragem. Trocou os dois atacantes de frente por dois das mesmas posições. Jogo tão ruim, que o a arbitragem da partida furou o esquema que agradava. Um árbitro velho e fraco. Soprador de apito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.