terça-feira, 31 de agosto de 2010

COELHO NO RECIFE BUSCA O SEGUNDO LUGAR

SEM O LATERAL direito Marcos Rocha, o volante Dudu Araxá e o meia Irênio, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o Coelho Doido parte pra cima do Sport, lá na Ilha do Retiro, hoje à noite, atrás de uma posição melhor na Segundona. E que posição! O segundo lugar no G-4 do Bem.

DOS TIMES MINEIROS o América faz a melhor campanha no Brasileiro. Já o Ipatinga, na sua luta pra sair do buraco negro, enfrenta logo à noite, no Ipatingão, a Portuguesa que despenca na classificação feito mamão maduro. Contudo, ainda que vença a Lusa, o Tigre do Vale não sairá do atoleiro. Só ficará mais perto de cair fora.

AGORA QUERO cumprimentar meu colega e gente pra lá de boa Alcindo Ribeiro: botou o seu “O comedor de palavras” na praça. Vitória dele e deleite nosso. ESPERO, com isso, a orientação do meu caro Alcindo – como sempre fez em sua vida profissional – pra como engolir palavras e transformá-las, como ele faz, em alegria.

ALEXANDRE Kalil tem agido com formidável jogo de cintura pra fazer o óbvio: manter Vanderlei Luxemburgo. O TIME tem jogado pedrinhas; tá no buraco negro; não mostra nada diferente, mas a pergunto: tirar Luxemburgo e contratar quem?

LÓGICO QUE este não é problema meu, nem da torcida. É da diretoria. O compromisso dos torcedores é torcer; do Luxemburgo é dirigir e do Kalil é comandar. NOVA pergunta deste irrequieto filho do Sodico: e qual deles tem feito direitinho o dever de casa?

A TORCIDA tá longe dos estádios (afinal estádios não existem). Não sabe pra qual time torcer (afinal times não há).O TÉCNICO isenta a diretoria de culpa e assume a confusão. Em nome, também, da comissão técnica e dos jogadores. O QUE É de uma obviedade canibal!

DO MEU posto de observador implacável não salvo nenhuma das partes. POR impaciência – da torcida; por negócios malfeitos- da diretoria; e por excesso de pedantismo – da Comissão Técnica, todos têm culpa.

ALGUNS em parcelas maiores, outros pela vontade de acertar, e certos por se julgarem bons demais, incapazes de cometer erros tão infantis no trato com o futebol. VANDERLEI, na derrota para o Palmeiras, não viu responsabilidade de ninguém, apesar de entender que houve falhas nos dois gols da virada.


Caso o Galo perca nesta quarta-feira no Serra Dourada para o Goiás, lanterna da competição, Kalil conseguirá driblar a crise?

A VAGA da Libertadores que, por enquanto, o Cruzeiro ganha como integrante do G-6 não minimiza a descrença da torcida quanto ao time montado por Zezé Perrela.NESSE CASO, contudo, nado contra a maré. Zezé contratou bem e botou ótimo elenco nas mãos de Cuca. Acontece que o técnico tem apanhado na escalação da equipe.

O ESQUEMA de 3 zagueiros só seria bom no Cruzeiro caso esta linha de defesa fosse insuperável, a melhor do continente. Com Gil não dá pra nem sonhar tal coisa.
O CRUZEIRO tem laterais que apóiam bem – Jonathas ou Rômulo e Diego Renan ou Pablo. O lógico, então, seria usar 3 beques; mas não agora.

NA VOLTA de Leonardo Silva, ou com o aproveitamento de Léo, isso será possível. Sem eles, o melhor é usar os volantes Henrique, Fabrício e Marquinhos Paraná. A LIGAÇÃO seria entregue a Walter Montillo, Diego Renan e Rômulo, mais as descidas de Fabrício.

O ATAQUE é outro problema sério. Wellington Paulista – menos ainda Thiago Ribeiro – vai muito mal. ALIÁS, CONTRA o Vasco Fabrício teve atuação abaixo do normal. Ele e seus companheiros têm-se preocupado mais em chutar os adversários que a bola.

O FATO DE Montillo cansar e ter que sair é sintomático. O bom argentino tem corrido tem demais e sozinho. O esquema não o ajuda e exige dele. A LINHA DE beques é uma linha no sentido lato da palavra. Linha reta. A linha do meio-campo, exceto pela correria de Montillo e de Rômulo, também.

NÃO EXISTE ninguém na sobra. Bem que Cuca devia ver o atual Botafogo, ou o Fluminense, jogarem. Nada lembra aqueles times que Cuca comandou no passado.DEVO TER visto outro jogo em São Januário. Cuca gostou e disse que a velocidade do time impressionou. A perda de tantos gols foi falta de inspiração da moçada. TÁ EXPLICADO!

CONTRA o Flamengo, nesta quarta-feira, o cartão amarelo tirou Gil – graças a Deus – e Wellington Paulista. Quero ver como Cuca descascará tal abacaxi, em Uberlândia.

2 comentários:

  1. A atuação do Cruzeiro foi muito elogiada aqui no Rio pela crônica esportiva . Há anos não vejo isso.
    Na minha opinião, tudo que Cuca fizer será com ampla experiência e competência. Não se retira um time com 99,9% de chance de cair no abismo ,por acaso , nem se transforma um treinador em ídolo eterno de uma galera como a a do FLU de graça.
    Há vícios encrustados pelo tempo ,no modo de jogar e nos estados de ânimo
    nesse time do Cruzeiro. E não atribuam a Cuca ,por favor , as origens dessas mazelas.
    Cuca, a meu ver , é trabalhador, educado com a galera , tolerante com a imprensa mineira ,e capacitado para encontrar o caminho das vitórias. A verdadeira angústia foi com AB que não aproveitou seus anos de Cruzeiro para se consagrar no cenário nacional,mesmo com apoio da torcida e da diretoria . Quanto a sua vice-liderança, viva Mano Menezes de quem herdou tudo azeitado.Poderá até ser campeão se não inventar como fez em Minas.

    ResponderExcluir
  2. E´situação do galo na minha opinião é irrevesivel pelo oq eu conheço d atletico mas é aqule nergosio o atletico nesses ultimos 20anos
    só vem tomando porrada e nunca aprender com o seus erros pois o kalil só trouxe jogador lesionado para recupera aqui no atletico caso simples de ser ver é caso do jogador reinaldo q veio para atletico com o aval do treinador e presidente porem lesionado ficou 6meses aki se recuperando quando recuperou foi dispensado e pra minha supresa ele foi admitido pelo guarani
    estreou com gol da vitoria em cima do flamengo de virada sendo q jogador estava aki a 2semanas atras em ponto de bala , e foi dispensado pelo luxa e kalil o ATLETICO NUNCA APRENDE MESMOOO!!!!!!passa presidente e outro e clube sempre fica nas maõs de gente q não entende d futebol E LAMENTAVEL.......

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.