quarta-feira, 11 de agosto de 2010

ERA MANO COMEÇA COM SHOW PRA AMERICANO APLAUDIR

IMAGINO QUE Dunga tenha visto a Seleção Brasileira renovada, comandada por Paulo Henrique Ganso, Neymar, Lucas e Davi Luiz, que não levou à África do Sul.

BOM, também, não compensa a retaliação. O melhor é curtir os acontecimentos atuais.

OS MENINOS COMEÇARAM nervosos e os Estados Unidos atacaram mais. Não passou de 10 minutos, mas o suficiente pra Daniel Alves errar todos os passes possíveis.

DEPOIS A passarela ficou por conta da elegância de Ganso. Paradoxal, certo: ganso elegante.

RAMIRES E LUCAS, ao lado de Ganso, tomaram conta do meio-campo. Na defesa, Thiago Silva e Davi Luiz, perfeitos, principalmente o último, estreante na Seleção.

O GOLEIRO Victor só fez uma defesa, no finalzinho do segundo tempo, e evitou o gol americano. André Santos foi melhor que Daniel Alves.

NASCEU DELE o primeiro gol: cruzamento medido na cabeça de Neymar.

MANO MENESES conforme prometido botou o Brasil no ataque com perfeito 4-3-3: Robinho, Alexandro Pato e Neymar atacavam.

OS DOIS SANTISTAS voltavam e ajudavam no meio, além de trocarem sempre de lado.

NO TOQUE DE BOLA, os brasileiros estiveram longe daquela coisa grossa e pesada da Copa da África. Pato chegou a marcar e o juiz deu gol.

PORÉM O assistente anulou, apontando falta do atacante no goleiro.

LOGO DEPOIS, Ramires fez excelente passe pra Alexandre Pato que driblou o goleiro e marcou 2 a 0 que seria o placar final.

A SELEÇÃO DE MANO manteve o excelente toque de bola no segundo tempo e desperdiçou chances à vontade.

GANSO, em bela jogada, acertou a trave. Saiu aplaudido logo depois.

DOS QUE ENTRARAM, destaco Carlos Eduardo. Na saída de Ganso, assumiu com total competência o trabalho de armação, com uma perna esquerda também perfeita.

MANO MENESES teve apenas uma frustração: colocou Ederson no lugar de Neymar, mas ele jogou só 30 segundos e sofreu uma contratura muscular.

TWITTER DO ANSELMO: ver o amistoso da Seleção valeu à pena. A meninada encheu-nos os olhos de novas cores e o coração de mais esperança pra 2014.

PITACO: “Eu quero me divertir” palavras de Paulo Roberto Falcão antes do amistoso. E todos, realmente, se divertiram.

PRESSÃO QUE ATRAPALHA: se os técnicos não tiverem as cabeças no lugar esta pressão da torcida na busca da vitória a qualquer preço não será nada salutar.

NÃO PENSE o pessoal do Cruzeiro que apenas a turma do Galo passa por uma pressão violenta, com a torcida pedindo a cabeça do treinador.

ENTÃO a gente pergunta? Os jogadores contratados não passaram pela indicação e crivo de Vanderlei Luxemburgo na sua maioria?

NÃO É COM eles que Luxemburgo trabalha desde o princípio do ano na desesperada busca de fazer um time coeso, rápido e ganhador?

NINGUÉM PODE duvidar que Vanderlei possa conseguir isso com o currículo vencedor que tem.

AINDA QUE muitos o considerem arrogante, prepotente, mal educado. Aí na qualificação final vem: “O VANDERLEI JÁ ERA”.

LUXEMBURGO foi recebido em festa no Aeroporto, na sede de Lourdes, agitou o Atlético. Mas como qualquer treinador não trouxe vara mágica.

OUTRA COISA: não se pode levar ao pé da letra tudo que ele diz, como por exemplo, a gozação que se faz sobre ele afirmar que o time dele não tem fome.

QUE BOBAGEM, gente. Levando a sério: nem preciso explicar pra tanta gente adulta, mas vá lá.

ELE QUIS afirmar que o time não tem apetite de gol, fome de vitória, ou espírito pra vencer. Vale dizer, precisa ser trabalhado mentalmente.

SE VANDERLEI correr no seu trabalho pra atender os milhões de desagradados, será pior para o Galo.

ELE NÃO PROMETEU títulos este ano e já ganhou um, o mineiro, que o Galo não ganhava fazia anos.

DO OUTRO LADO da Lagoa a situação se inverte, porém sem agradar ao torcedor. O Cruzeiro em quinto lugar, mas com resultados mesquinhos.

COMO O DE DOMINGO em Ipatinga que não motiva em nada a torcida.

E QUE SÓ FICA a perguntar como o treinador Cuca fará pra colocar tanta gente pra jogar. Isso não criará um clima ruim no plantel?

QUEM FICARÁ na reserva na volta de Leonardo Silva? Gil merece o lugar de Caçapa?
NO MEIO-CAMPO, continuam os três volantes.

E O CUCA colocará um time no ataque? Walter Montillo jogará ou Roger, ou Gilberto?

QUAIS SERÃO OS serão os atacantes com Wellington Paulo: Thiago Ribeiro, Jones, Farias ou Wallyson?

UMA COISA É certa: o time do empate contra o Grêmio Prudente mostrou-se fraco, pesado, desinteressado e desinteressante.

TALVEZ SEJA o momento de Zezé Perrela botar as cartas na mesa e afirmar: “não tenho nenhuma proposta oficial por ninguém”

“OU AS PROPOSTAS que tenho são pequenas e por elas o clube não vai liberar nenhum jogador”.

“SE ALGUM fizer corpo mole, como alguns fazem, vai treinar com os juvenis e sair da mídia”. Fim de conversa.

HÁ TEMPOS QUE a gente repete que o Cruzeiro perdeu o élan, a aura de time ganhador, que faz medo nos adversários em casa

E COMO VISITANTE não teme os adversários. Atualmente, é a própria raposa: faz barulho no terreiro dos outros, mas não pega nenhuma galinha.

Um comentário:

  1. Caro Flávio,

    Faço votos que esteja se recuperando bem, e se
    Deus quizer logo voce estará em plena forma.
    Flávio, em relação ao seu problema com o Banco
    Bradesco, quando da quitação antecipada, voce
    teria direito ao desconto dos juros, das
    parcelas, de trás para frente, e não aumento
    no valor das mesmas. Voce como advogado,
    creio que deveria acionar o banco na justiça
    ou será que não existe este tipo ce coisa no
    Brasil da "Democracia" para meia duzia de
    de vagabundos, a começar do Sr. Ex. Fernando
    Henrique Cardoso, que conseguiu ser Doutor
    no exterior por culpa de Ditadura, e hoje em
    dia é aposentado por causa dela. Um absurdo.
    Vou parar por aqui, pois em 1995 fiz uma
    Angioplastia, uso stent, e dá tanta raiva
    falar destas coisas, que é perigoso que eu
    tenha um infarto por causa destes ratos.

    Melhoras para voce, e um abraço.


    Luiz

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.