quinta-feira, 19 de agosto de 2010

NOVO XERIFE REFORÇA A LINHA DE ZAGUEIROS DO GALO

DEPENDERÀ de Cáceres que tem atuado mal, fora de ritmo e de jogo, nas últimas partidas, para a defesa do Galo trazer a tranqüilidade que Vanderlei Luxemburgo tem buscado. É verdade que Jairo Campos e Zé Luis continuam de fora, no estaleiro, e isso conta bastante.

PORÉM, a estréia do gaúcho Rever tem o peso esperado pelo técnico alvinegro e será o último do sistema, como grande xerife da área.

RAFAEL JATAÌ treinou entre os reservas. Por fim, virou o homem de marcação na frente dos beques e Obina foi pra reserva.

CONTRA O Santos, na Vila Belmiro, neste sábado, não acredito que Luxemburgo seja ousado o suficiente pra escalar Obina ao lado de Tardelli.

OUTRA DECISÃO importante do técnico: Diego Macedo volta, mas Rafael Cruz permanece. Na falta de lateral-esquerdo, Macedo joga por aquele setor.

FERNANDINHO e Leandro ainda permanecem no DM, contudo, não farão falta. O Atlético necessita de alguém de gabarito pra assumir logo a lateral esquerda da equipe.

NETO BEROLA fará falta se não aparecer nem como opção no banco. Edison Mendes treinou a semana toda entre os reservas. Luxa danado como é, de repente, aparece com ele no lugar de Jataí ou Ricardinho.

TWITTER DO ANSELMO: o Galo já entra em campo na Vila Famosa com 2 pontos ganhos: um que o STJD tirou do Grêmio Prudente e o outro pelo empate inicial por 0 a 0.

DE QUALQUER forma, a punição do Grêmio Prudente não tira o Galo da zona de rebaixamento, por enquanto, com13 pontos, mas o coloca a apenas um ponto do seu xará paranaense, o primeiro fora.

ZEZÉ PERRELA endoidou de vez: anunciou mais duas contratações. O volante e lateral-esquerdo Pablo, mineiro de São João Nepomuceno, e que estava no futebol espanhol, onde atuou por vários times.

ESTE atleta é conhecido de Cuca e vem por empréstimo por um ano. Na sua ficha constam 21 anos de idade, com grande cheiro de mentira.

O OUTRO contratado é o argentino Sebastian Prediger, volante e que pertence ao Porto, mas jogava no Boca Juniores. Tem 23 anos. Parece mais coisa de empresário. Não vejo o Cruzeiro carente na posição.


OLHA O TIME que tá na cabeça de Cuca pra enfrentar o Vitória domingo: Fábio; Rômulo, Gil, Edcarlos e Diego Renan; Marquinhos Paraná, Henrique, Jones e Montillo; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista.

DUAS ALTERAÇÕES previstas: Jonathan na ala direita e Fabrício de volante. Novidade: Jones é titular mesmo e Roger fica no banco. Em compensação, Gil joga e Caçapa senta no banco de reservas. Affee!


BELO trabalho estatístico do repórter Gilmar Laignier, do Portal Uai sobre a participação da última Copa Libertadores das Américas vencida pelo Internacional. Se é que existe consolo...

APESAR DE sair nas quartas de final, os celestes tiveram o melhor ataque, o artilheiro e a maior goleada, mostra a reportagem de Gilmar.

O ATAQUE AZUL marcou 26 vezes em 2010. O Inter anotou 20 gols, mas foi campeão. Pela quarta vez, em 12 participações, o Cruzeiro tem o melhor ataque da competição. Contudo, só ganhou dois títulos.

BOM disputou duas finais sem ganhar: em 77 contra o Boca Juniores e em 2009, com o Estudiantes.

OS ATACANTES celestes foram notáveis em 1976 (campeão), 2001 (eliminado nas quartas de final para o Palmeiras, nos pênaltis) e 2009 (vice-campeão).

A MAIOR goleada da Libertadores em 2010 também foi do Cruzeiro. Pela terceira vez alcançou este feito na competição: a primeira em 1976, 7 a 1 sobre o Alianza de Lima.

A SEGUNDA em 1977, com os 4 a 0 na Portuguesa venezuelana.

PRA MELHORAR teve o artilheiro da competição: Thiago Ribeiro, com oito gols em 12 jogos (11 como titular). Foi o terceiro cruzeirense a alcançar a marca.

PALHINHA – Vanderlei Eustáquio de Oliveira, fez 13 gols em 76, e Marcelo Moreno, 8 – empatado com Cabañas - em 2008.

SEJAMOS justos: em 2009 e 2010, com Adilson Batista, o Cruzeiro marcou 22 gols em l4 jogos, quando foi vice-campeão, e 26 em 12 jogos, ao sair nas quartas de final. Uma equipe bem ousada.

PORÉM a mais forte de todas foi a de 1976, sob o comando de Zezé Moreira: 43 gols em 13 jogos. Campeão com uma derrota ( River Plate, em Buenos Aires) e Palhinha artilheiro imbatível até hoje.

CARA, o retorno do Coelho ao G-4 da Segundona exigirá esforço sobre-humano a partir deste sábado. Eta carne de pescoço enfrentar o Guaratinguetá, como visitante, no Vale do Paraíba.

O GUARÁ ocupa o nono lugar com 22 pontos. O América tá em sexto com 24. Ou seja, os locais farão tudo pela vitória, o que os fará subir na tabela. O Mequinha precisa vencer pra somar três pontos e buscar o G-4.

DEPOIS, o Coelho pega o indigesto Bahia, sétimo colocado com 23 pontos, no estádio Pituaçu. A cruel jornada continua diante do São Caetano (27), Sport (19) e Ponte Preta (23).

NESTA SEQUÊNCIA, apenas dois jogos serão na Arena do Jacaré: Ponte Preta e São Caetano. Cruzes!

PITACO DE TREINEIRO: Mauro Fernandes vê o Coelho na briga pelo título: “Buscamos o título sim, mas não tem como vencer o campeonato sem alcançar o G-4 primeiro. Então, nosso objetivo primeiro é ficar entre os quatro primeiros colocados”.

3 comentários:

  1. O Galo esta precisando urgente de um ou melhor dois volantes de pegada no meio campo, alem de atacantes velocistas, temos apenas o Berola. Acorda Kalil, enxergue o jogo Luxa.

    ResponderExcluir
  2. O falo precisa de algum violador em campo, assim os jogadores vao jogar serio se nao poderao ser violados.....

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.