terça-feira, 28 de setembro de 2010

LINGUA PRA FORA

WALTER MONTILLO e Ernesto Farias, conforme leio no Portal Uai, andam assustados com a correria dos tupiniquins. Ô loco! Nós é que estamos impressionados com o fôlego de Montillo. E olha que ele disse que só agora viu a realidade do Brasil. Esperava encontrar um esquema mais cadenciado, bem diferente da Argentina e do Chile.
DEPOIS DE DEZ JOGOS
Para o craque Walter Montillo, já considerado destaque no Brasileiro, sua ficha caiu apenas após 10 jogos como titular. No seu caso, a exigência é maior e tem trabalhado mais que os outros; a bola chega-lhe a todo o momento. Por isso, penso que a dupla Montillo e Roger não deve ser desfeita. São corda e caçamba. Um descansa o outro.
LEÃO FARIAS
Ernesto Farias veio precedido de alguma fama. De goleador experiente, principalmente. Justificou. É um leão dentro da área adversária. Este foi o que mais se surpreendeu com a correria do futebol brasileiro. Até agora fez sete jogos, cinco de titular e marcou três gols. No entanto, teve dois mal anulados.
TINHA PACHANGA
Segundo o Portal Uai, Montillo e Farías acreditavam, realmente, que o nosso futebol brasileiro era igual uma “pelada” ou com uma boa dose de “pachanga”. Na nossa língua, essa coisa aí é comparada com a nossa dominical “pelada”. Cuca aproveitou do seu bom humor e brincou: “eles esperavam que aqui tivesse mais pachanga. E não tem pachanga coisa nenhuma, o bicho pega”

ARENA ESVERDEADA

Tire o pijama ô seu americano de m. Seu time tá no G-4 da Segunda e precisa muito de seu apoio esta noite na Arena do Jacaré contra a indigesta Portuguesa. Não dá pra fazer uma forcinha e em vez de mentir pra mulher que vai ao jogo e toma outros rumos desta vez você vai,realmente, pra Arena gritar coelho, coelho nos ouvidos dos paulistas. Encontramos lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.