quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

ENQUETE DIZ QUE GALO CONTRATOU MELHOR

Não creio que exista verdade absoluta no dito “a voz do povo é a voz de Deus”. Há controvérsias. Contudo, qualquer enquete ou pesquisa serve como base pra estudo sobre a reação popular às atitudes dos mandões, principalmente no futebol. Que a diretoria tome conhecimento: apenas 10% dos interessados manifestaram favoráveis às contratações do Cruzeiro, ao responderem à pergunta do meu blog, “Qual time contratou melhor?”. Dos manifestantes, 63% responderam que foi o Atlético.

Querem uma realidade? As contratações sem impacto no América geraram interesse em apenas 1% dos participantes; e o pior: 21% - percentual alto – responderam que nenhum dos três contratou bem. Aqui se toma por base o pensamento de torcedores celestes, alvinegros e alviverdes.

Sem querer provocar discussão – mas já provocando – eu poderia repetir o que tenho escrito na Trincheira: o Cruzeiro não precisava de tantos reforços quanto o Atlético; e o América não tem poder de fogo semelhante aos seus rivais da Capital. Buscou contratações que irão compor o grupo nas duras competições do ano: Mineiro, Brasileiro e Libertadores. Precisa de mais alguém? Craque sim, mas buscar onde?

Talvez se trouxer o beque uruguaio Victorino – que, segundo Valdir Barbosa tá cada vez mais longe da Toca por causa da repercussão e do leilão feito após o anúncio do interesse cruzeirense – o grupo do Cruzeiro poderia subir de cotação. Talvez outro lateral direito e um centroavante que passe mais fé ao torcedor. Por mim, nesta posição o time vai bem com Wellington Paulista.

FESTA POR RICHARLYSON

O entusiasmo da torcida atleticana se justifica pela contratação de Richarlyson e por tudo que ela gerou e vai gerar. Trata-se de um jogador polêmico, de atitudes que dentro e fora de campo criam expectativas. Não se pode negar, porém, que valha seu salário em campo; e a qualidade do futebol que joga. Léo Silva é uma incógnita e tem seu peso na questão porque foi tirado do arquirrival.

Mais quem: o goleiro Lee, o volante Toró, o atacante Magno Alves ou Jóbson? Em outras circunstâncias eu diria que Toró e Jóbson somaram bastante. Então imagino que o Galo já tinha Serginho, Zé Luiz, Ricardinho e um monte de garotos ali para o meio, enquanto Jóbson, nas garras do Tribunal da Fifa, virou interrogação. Pelo visto, aqueles 21% do quesito “nenhum deles” acertaram mais que os outros participantes.

Faça você aí a sua análise e me deixe fora da briga.

ELEIÇÃO DE ARAQUE

Quem votou no Troféu Telê Santana ou ajudou a escolher os agraciados pecou por falta de conhecimento. Tão importante troféu não poderia nunca ser entregue, por mérito, ao Cláudio Caçapa, ao Renan Oliveira, ou Diego Renan. Por razões simples: não jogaram nada o ano passado.

Caçapa foi reserva o tempo todo e quando virou titular, fez umas cinco partidas boas e machucou-se. Renan Oliveira veio quase na fase final do Brasileiro e Diego Renan teve o pior ano dele no Cruzeiro.

Se foram escolhidos por falta de opção nota zero pra quem escolheu.

Mais triste foi a falta de reconhecimento do trabalho de Mauro Fernandes, no América. Chegou no princípio do ano e alcançou o objetivo sonhado. Qual foi o mérito de Dorival Júnior? Limpar a sujeira do Vanderlei Luxemburgo ou salvar o time do descenso?

Trabalho quase nenhum comparado ao do Cuca, por exemplo, e muito menos com o de Mauro Fernandes.

Tão logo se anunciou o troféu pra Dorival Júnior, a delegação do América presente ao evento retirou-se do recinto como justo repúdio à indicação.

BEROLA NA LATERAL


Quem se assustou ao ver Neto Berola na lateral direita do time titular do Galo devia antes perceber que neste período de pré-temporada os técnicos fazem experiências de todos os gêneros atrás das chamadas alternativas de jogo. Quando se iniciarem as competições oficiais eles terão pouco tempo pra essas experiências.

Imagino que na cabeça de Dorival Júnior passasse o seguinte: escalo Berola de lateral apenas pra usar a camisa e iludir o adversário. Em campo, a função será de Zé Luiz ou Serginho. Não existem cabeças de área, ou brucutus, ou volantões que entram com a camisa 7? Pois é: Berola pode numa emergência entrar com a dois e ser atacante.

Ou então, numa hipótese menos aceitável, diante das chances que Dorival imagina ter Neto Berola desperdiçado ano passado de convencê-lo a ficar no elenco, o técnico esteja no processo de fritura do jogador. Quando aparecer alguém interessado, leva. Enquanto isso prestará serviço ao time preenchendo vagas nos coletivos.

CUCA VERSUS ROGER

Não vou entrar nesta briga porque já tem gente em demasia colocando lenha na fogueira. Digo apenas que Cuca tá errado 100%. Roger não disse nada pior do que Gilberto falou outro dia do Cruzeiro e até queria deixar o clube. Roger nem sequer cometeu indisciplina ao comentar sua decepção com a reserva terminou o ano bem e devia ser mantido na equipe.

Técnica, tática e fisicamente Roger é melhor que Gilberto, este em campo fecha a área de atuação de Montillo. Na prática tem-se confirmado que Montillo cresce de produção com Roger.

Gilberto podia mirar-se no exemplo de Roberto Carlos e voltar à lateral esquerda; lançando bem e marcando mal. Porém útil ao time.

Se Cuca pretende punir Roger pra mostrar força começará mal o ano. Terá o grupo contra ele: sei de boas fontes que a relação de Roger com os companheiros é mais sadia que a de Gilberto. Tem mais liderança.

Cuidado Cuca pra não repetir Adilson Batista que, de repente, ficou sem apoio no elenco.

2 comentários:

  1. Amigo Flávio, tudo bem?
    Em certo ponto, concordo com o que voce disse em relação ao Cruzeiro não precisar contratar muito, diferente do Atlético, que necessitava reforçar seu elenco. Porém, o Cruzeiro tem mais uma Libertadores e, na minha modesta opinião, tem sérios desfalques no ataque e na defesa, com falta de atacante para assumir a camisa 9 e um zagueiro para suprir a falta de Leonardo Silva e Caçapa. Diria que o time celeste tem um bom time, mas para ser finalmente campeão da Libertadores, precisa de mais.

    O Trofeu Telê Santana é uma eleição popular e, por isso, nem sempre aqueles que deveriam são premiados. Fazer o que?

    No caso do Cuca x Roger, quem não conhece o Roger, que não o compre, pois não é nenhuma flor que se cheire, porém, não deve em nada ao Gilberto e pode ganhar a vaga dele na bola, basta jogar o que ele sabe.

    Abração Flávio!

    ResponderExcluir
  2. FLAVIO ANSELMO,me explica pra mim e os ouvintes, pq o programa Só ESPORTE DA ALVORADA saiu do ar???????????

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.