segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

CUIDADO COM OS HOSPITAIS DA UNIMED

Os poderosos, até aqueles que se mantêm com o nosso dinheiro, como é o caso da Unimed, abusam cada vez mais da gente. Sem castigo.Já nem falo dos preços absurdos cobrados nas mensalidads e na contra-partida horrível da Unimed, pior que o serviço do SUS. Vamos à historinha: Flavinho foi no hospital da Unimed, no Grajaú, rua Viamão, domingo com a esposa grávida em busca de ultrassom pedido por um médico. A esposa dele tinha um sangramento. A atendente da Unimed disse que apesar dela estar vindo de uma consulta anterior teria de fazer outra.Flavinho concordou; atendente avisou que seria feita a consulta, mas o ultrassom se encerrava às 20h. Ele estava dentro do Horário. Nem na presença da Polícia Militar e da abertura do BO o exame foi feito. E a Unimed toma da Família Anselmo em BH e fora daqui algo em torno de 4 mil reais mensais. Pra receber em troca essa porcaria de tratamento e atenção de pessoas mal preparadas. Como aconteceu no meu caso contra o Bradesco, sugeri ao Flavinho: Pequenas Causas neles! Danos morais e tudo que for possivel contra a Unimed.

Um comentário:

  1. Infelizmente, acontecem estes problemas cronicos e que entra ano, sai ano, vem acontecimentos ridiculos, não ocorre uma melhora nos atendimentos e quem perde é aquele que paga um dinheiro absurdo, por tão pouco.
    Flavinho deve ir até as ultimas consequencias para serem ressarcidos deste constrangimento.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.