segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

TJD JULGA TARDELLI PELO PÓ DE ARROZ

Diego Tardelli será julgado nesta terça-feira, no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mineira de Futebol, por conta da expulsão no clássico com o Cruzeiro. Uma das denúncias (artigo 250) é por conta do segundo cartão amarelo, em que o atleta colocou a mão na bola de forma intencional. Ele pode pegar até três jogos de suspensão.

A outra denúncia (artigo 258-A) é pela comemoração no segundo gol. Ele será julgado por provocar o público durante a partida. Por conta desse ato, Tardelli pode pegar até seis jogos de suspensão no Campeonato Mineiro. Apesar disso, o atacante se mostrou bastante tranquilo com o julgamento e disse que, se tivesse outra oportunidade, comemoraria do mesmo jeito.

Nem tanto pela primeira denúncia, a da expulsão, mas torço pela punição de num mínimo três jogos pela gracinha de Diego Tardelli na comemoração do gol. Incentivou sim a violência e provocou a torcida do Cruzeiro

11 comentários:

  1. DISSE ELE QUE A COMEMORACAO ERA PARA A FILHA!! MAS SE A CARAPUCA SERVIU...SERA PQ NE??

    ResponderExcluir
  2. Flageraldo, árbitro competente é "manga de colete", como se dizia nos tempos que a gente era menino em Caratinga. Os incompetentes são presença certa em qualquer torneio pelo mundo afora.

    ResponderExcluir
  3. e o time do cuzeiro? não será punido pelo vandalismo de sua torcida?

    ResponderExcluir
  4. Faltou alguem do Cruzeiro agir como o Coelho em cima do Kerlon quando este lhe aplicou um humilhante drible da foca...... O jogador do Cruzeiro que lhe aplicasse golpe semelhante seria "idolatrado" como o Coelho foi após aquela entrada que dedveria estar nas páginas policiais.......
    Marcelo Sat

    ResponderExcluir
  5. Fodas pro tardelli, ele vai ter oque merece nas ruas...
    Nunca mais ele tera paz nas noitadas que ele tanto gosta de ter...

    ResponderExcluir
  6. Flávio, por favor: já que colocou sua opinião de forma tão contundente, gostaria de saber a respeito de outras também:
    1 - Que tipo de punição você crê que seria a mais correta para o jogador Juninho, do Guarani, que, assim que fez um gol no GALO, quando da derrota de seu time por 4 a 2,"bateu asinhas" imitando o Kléber (ex-cruzeiro) em 2009? Por sinal, como já disse aqui antes, não me recordo de NINGUÉM da imprensa pedir NENHUMA punição ao Kléber daquela vez... mas enfim, né, vida que segue...
    2 - E, PRINCIPALMENTE: Que tipo de punição você julgaria mais adequada ao Cruzeiro, pelo fato de descumprir VÁRIOS artigos do Estatuto do Torcedor, não permitindo a segurança da equipe adversária, deixando ocorrer fatos tais como:
    a)Ônibus da equipe adversária apedrejado
    b)Objetos vários lançados em campo, tais como: pedras, telefones celulares, tênis, outros
    c)Objetos vários lançados na direção do gol adversário o tempo todo, atrapalhando o exercício da função do goleiro adversário, podendo permitir inclusive que o mesmo tomasse um gol
    3 - Por fim, mas não menos importante, gostaria de saber sua opinião a respeito de qual punição considera ser a mais EXEMPLAR para realmente deixar alerta os jogadores do América, quando do clássico do último domingo, na hora da marcação do pênalti a favor do GALO; independente da discussão de ter sido ou não, pois não vem ao caso, entre 4 a 6 jogadores desta agremiação dita ESPORTIVA, "partiram para cima" do árbitro do jogo, que é a AUTORIDADE MÁXIMA em campo, peitando-o, gritando com o mesmo, xingando-o, empurrando-o, etc. (qualquer dúvida, basta recorrer às imagens do jogo). Até onde sei, isto é uma tentativa absurda de intimidação da autoridade, utilizando os jogadores do seu porte físico e da condição de estarem em maior número - o que denota também, covardia por parte de todos . REALMENTE, gostaria MUITO de saber qual punição você consideraria mais apropriada para tal ato tão vergonhoso, covarde e não recomendável a qualquer ser de bem.

    Ora, se uma comemoração de jogo, que acontece e é normal desde que o futebol existe, merece "pelo menos 3 partidas", estas supra citadas merecerão quantas? Apenas uma curiosidade...
    Observação: Eu, como atleticano, sempre aceitei as zoações e brinquei também, sabendo que isso definitivamente faz parte do futebol, e inclusive é uma parte da graça. Se TUDO virar provocação, penso que o futebol ficará muito chato. Mas já que você pensa que a comemoração do Tardelli merece os 3 jogos, lhe peço encarecidamente (e com todo o respeito, ao contrário do que possa pensar, de repente...)que por favor me diga QUE punições estas outras situações mereceriam, caso possa.
    Mais uma vez, um grande abraço, de um leitor assíduo do blog,
    Renato Mello ;)

    ResponderExcluir
  7. Alguem acha que o Tardelli tá importando com isso? Se tiver que ficar 10 jogos de fora, ele agradece, o cara tá doido pra vazar dessa birosca, quem duvida que aquele segundo cartão foi premeditado? O cara vai cair fora, pode ser até para a Ponte Preta da Rússia, assim como já foi um pro Vasco, e outro pra China?

    ResponderExcluir
  8. deixa o tardelli coitado.... tem muito tempo que ele naum disputa nem uma libertadores tadinho... hauhauhaushsuhsu
    cruzeiroooooo

    ResponderExcluir
  9. ACHO QUE A TORCIDA DO GALO DEVERIA TER VERGONHA DESSE TIMINHO QUE NAUM CHEGA NEM NUMA LIBERTADORES COITADOS..... VCS NAUM MOTIVO ALGUM PRA CORETAR O NOSSO TIME... QUANDO VCS PELO MENOS JOGAREM UM JOGO PELA LIBERTADORES AI SIM VCS PODERAM CORETAR UM POUQUINHO... DSCULPEMMMMM RSRSRSRSRSRR.....

    ResponderExcluir
  10. E o resultado foi absolvidos!!! Tardelli e Cruzeiro se livraram da punição!!

    ResponderExcluir
  11. JÁ DEI MINHA OPINIÃO A RESPEITO: TODOS QUE COMEMORAM GOL PROVOCANDO A TORCIDA DEVERIAM SER PUNIDOS. CRAQUES COMO PELÉ, TOSTão,RONALDO, GARRINCHA, REINALDO, DIRCEU LOPES, MONTILLO, GALOFANTE, CATURÉ, NUNCA COMEMORARAM GOLS PROVOCANDO TORCEDOR ADVERSÁRIO.
    PUNIÇÃO TB PARA OS ARRUACEIROS DO CRUZEIRO.
    PENA QUE O TJD DAQUI É IGUAL A ARBITRAGEM MINEIRA. NÃO APITA NADA!!!!!

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.