segunda-feira, 28 de março de 2011

IMPERADOR ENTRA NO TIMÃO PISANDO NOS AMIGOS

Gilmar Rinaldi desabafou nesta segunda-feira. Depois de dez anos cuidando da carreira de Adriano, o empresário anunciou oficialmente o que todos já sabiam desde o acerto com o Corinthians: ele não trabalha mais com o Imperador. Apesar do rompimento, o ex-goleiro pediu que o Timão cuide com carinho do goleador, mas não poupou críticas ao comportamento de Ronaldo, um dos responsáveis pelo acordo com o clube paulista.

Em uma entrevista de aproximadamente uma hora, em seu escritório, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, Gilmar Rinaldi revelou que a crise com Adriano começou no processo de rompimento de contrato com o Roma-ITA e mostrou claramente que carrega uma mágoa por ter sido colocado para escanteio pelo centroavante nas últimas semanas.

Rompimento
"Falar de ídolo é complicado. Eu sei que isso dá desgaste, mas não posso deixar para lá. Eu tenho que me posicionar. Se eu não conhecesse o Adriano, poderia relevar. Minha preocupação não é deixar de ser o agente. Não fui avisado por ele e por ninguém que não sou. Agora, estou comunicando. Falei para a mãe dele, tentei ligar para ele, mas não atendeu. Não vou trabalhar mais para ele. Quando ele me chamar, se precisar, eu vou".

Ronaldo na negociação
"Decepcionado não estou com ninguém. Se ele pensasse no bem do Adriano, eu seria a primeira pessoa a conversar. Eu acho que, de forma irresponsável, ele vem e convence o Adriano de que, talvez, não seja melhor fazer contrato via Gilmar. O Ronaldo não falou comigo, não perguntou como estava o Adriano. Ele sabe que sou o agente. Eu apresentei os dois. Parece fácil, uma grande jogada de marketing. Aqui não é o marketing que está importando. Estamos falando de um homem, pai de dois filhos, que vai continuar depois dessa aventura. A vida dele continua depois de Corinthians".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.