sábado, 30 de abril de 2011

COELHO PÕE A MESA E GALO FAZ A FESTA

CONFORME ATÉ OS PARALELEPÍPEDOS da Rua das Flores, em Caratinga, tinham conhecimento prévio, o Galo é o primeiro finalista oficial do Campeonato Mineiro. No placar agregado das duas partidas nas semifinais derrotou o América por 5 a 2: 3 a 1 na primeira e hoje fez 2 a 1, de virada. Presente de grego para os americanos na comemoração de seus 99 anos. Lá no fundo, tinham esperanças de virar o jogo. Fez 1 a 0 com Luciano, aos 16m, numa bobeada do lateral esquerdo Guilherme Santos. O Galo tinha apenas 10 em campo, porque aos 4m Richarllyson foi expulso. Ela substitutiu Renan Oliveira, aos 27m do primeiro tempo, lesionado. Saiu de campo brabo que nem uma leoa. O time de Dorival Júnior não se abateu e virou em dois minutos: Magno Alves marcou aos 20m e Serginho, numa bela arrancada, aos 22m. Aliás, convém destacar que a atuação de Serginho superou. Foi o melhor em campo. Está de volta à forma que o consagrou titular.

CRUZEIRO QUE SE PREPARE: GALO DOIDO VEM AÍ




Galo mostrou raça e vontade de vencer.

apesar de estar com apenas 10 em campo, levou l a 0 e virou o jogo pra 2 a 1. Dorival Júnior garantiu que esta será a tônica e o perfil do time na decisão contra o Cruzeiro. O Galo tá mais doido do que nunca, gritou a torcida na Arena do Jacaré.( Fotos Superesportes)

RICHARLYSON NÃO ENFRENTA O CRUZEIRO



FOI A SEGUNDA EXPULSÃO DE RICHARLYSON COM A CAMISA DO ATLETICO. Ele conta que no jogo de hoje tentou tirar a bola de Sheslon, mas não conseguiu. Logo em seguida, foi expulso pelo árbitro Cléber Wellington Ababe, de São Paulo. Revoltado, Richarlyson deu sua versão. “O Sheslon fez a falta em mim, eu falei 'Abade, foi falta' e ele foi e me expulsou”. No final da partida, o árbitro não quis explicar o motivo da expulsão. Acredite quem quiser!
Com o cartão vermelho, Richarlyson não enfrentará o Cruzeiro, pelo primeiro jogo da final.

GOMES LEVA BOLA ENTRE AS PERNAS. QUE FASE!!




O Chelsea manteve a perseguição ao Manchester United neste sábado após vencer de virada o Tottenham, em Stamford Bridge, por 2 a 1, e diminuir a distância para o líder do Campeonato Inglês, Manchester United, para apenas três pontos. Gomes, ex-goleiro do Cruzeiro, voltou a ser destaque negativo dos Spurs. No gol de empate, de Lampard, a bola passou-lhe entre as pernas. Mas não entrou. O assistente enganou-se. No segundo gol, da virada, Kanou estava impedido e o mesmo assistente não deu nada. ( Foto Reuters/Russel Cheyne)

APESAR DAS VAIAS E DA DERROTA MOURINHO FICA NO REAL



APESAR DA DERROTA e das vaias, o técnico José Mourinho afirma que não deixa o Real Madrid enquanto durar seu milionário contrato.


Sem os seus principais jogadores poupados para o jogo de volta contra o arquirrival Barcelona, pela Copa dos Campeões, nesta terça-feira,O Real Madrid perdeu para o Zaragoza por 3 a2, no Santiago Bernarbeu. O técnico José Mourinho escalou um time cheio de reservas que foi vaiado o tempo todo pelos torcedores. Afinal, eles não se esqueceram ainda, da derrota por 2 a 0 para o Barça na Liga dos Campeões. Com o resultado, os merengues seguem na vice-liderança do torneio, com 80 pontos somados, sem conseguir diminuir a vantagem do rival Barcelona que tem 88 pontos, por enquanto. (AP/Photo -Dani Pozo)







































sexta-feira, 29 de abril de 2011

GALO X COELHO GUERRA POR UMA VAGA




O PASSO QUE O GALO DEU PRA SER FINALISTA DO CAMPEONATO MINEIRO é bem grande. Não do tamanho daquele dado pelo Cruzeiro que joga no domingo, às quatro da tarde, com transmissão pela tevê, na Arena do Jacaré. Os azuis botaram sete gols de vantagem no Dragão de TO na goleada de 8 a 1. Podem perder até por 8 a 0. Já o alvinegro de Dorival Junior venceu por 3 a 1 e cai fora se o Coelho fizer 3 a 0, por exemplo. Não creio numa virada na situação deste sábado, ainda que o América vença o jogo. Penso que o Galo é finalista junto do Cruzeiro.
Apesar da excelente vantagem, no Atlético só se falta em respeito. Claro que isso é importante sim por tratar-se de clássico. Falou Dorival Junior: "Temos exemplos claros de que, se você começar a pensar um degrau acima, acaba nem fazendo sua obrigação. Temos uma vantagem, mas que é momentânea e pode ser revertida em 90 minutos". O alvinegro dá como exemplo o Fluminense, que tinha poucas chances de avançar na Copa Libertadores, mas fez sua parte e hoje disputa as oitavas de final do torneio continental.

Para confirmar em campo a classificação, o Atlético terá duas mudanças em relação ao time que iniciou a partida de ida contra o América. O zagueiro Leonardo Silva, suspenso, dá lugar a Werley. No ataque, Magno Alves, que estava lesionado, reassume a vaga, saindo Ricardo Bueno. O volante Richarlyson, recuperado de contusão, vai ficar no banco de reserva. O jovem Fillipe Soutto tem agradado e segue como titular do meio-campo alvinegro.

Acreditar sempre. Se no Galo o discurso é respeitar no Coelho só se fala em entrega e confiança, nas comemorações neste sábado dos seus 99 anos de fundação. Seria um histórico presente de aniversário. O Coelho nunca conseguiu inverter uma desvantagem de três gols de diferença em mata-matas. Porém. o técnico Mauro Fernandes, a missão não é impossível e ele acredita na determinação de seus jogadores para bater o Galo. Disse: "Nós mesmos, aqui no América, já enfrentamos muitas situações difíceis. Nada é impossível no futebol e temos ainda mais 90 minutos pela frente. Sabemos da vantagem e do grande time que tem o Atlético, mas pode ter certeza que o América, neste jogo, vai ser um time completamente diferente do que foi na última partida" . (FOTOS DO SUPERESPORTES)



Gilberto, novo jogador do Galo











MISTÃO DO CRUZEIRO CUMPRE TABELA CONTRA O DRAGÃO

Só quem acredita em Papai Noel, em Mula-sem-Cabeça, em promessa de político e nas verdades de alguns cartolas, ou então a macróbia senhora do casarão da Boca do Mato, em Taubaté, Tia Zulmira, personagem do imortal Stanislaw Ponte Preta pra ridicularizar a redentora de 31 de março, pode imaginar que os deuses do futebol protegerão o América-TO nesta tarde. As bolas que seus atacantes chutarem no excelente Fábio irão parar no fundo das redes. Os chutes e os passes dos azuis serão desviados rumo ao nada. Final do confronto na Arena do Jacaré, Dragão 9, classificada, Raposa 0. Os torcedores celestes sentarão nos paralelepípedos da avenida do entorno da Arena, estonteados, e chorarão lágrimas de amendoim. Posto que tais histórias sejam meras ficções, a realidade nos convoca. Cruzeiro está na final e neste sábado apenas cumpre tabela, Ou seja, obriga o TO gastar o pouco de dinheiro que ganhou na partida que levou de 8 a 1, em casa. Houvesse bom-senso nos regulamentos, seria que nem na Copa do Brasil. Jogo de volta eliminado.
A diferença entre Atlético x América, no placar agregado, é que a história diz tratar-se de dois times grandes. Um clássico. Já foi o maior de Minas, quando o Palestra, ou Cruzeiro, se arrastava pelo Barro Preto afora. Mas a mesma história registra que há anos o Coelho não derrota o Galo por uma diferença de três gols. É o que precisa fazer. Verdade que ambos têm negado fogo no atual momento deles. Contudo, os alvinegros de Dorival Júnior mostraram na primeira partida que estão mais fortes.
Juninho Pernambucano foi recebido no Vasco com status de eterno ídolo aos 38 anos. Prometeu não fazer contrato longo e ganhar apenas um salário mínimo. Disse que veio por amor à torcida e por apreço a Roberto Dinamite. Me engana, que gosto!
Enquanto empurra o Santos rumo à decisão paulista e na Libertadores o craque Ganso discute sua saída da Vila Belmiro. O presidente do Peixe sonha em mantê-lo e Ganso sonha em jogar na Itália.
Seus agentes leiloam o meia na Europa. Primeiro se reuniram com o Milan e ouviram as propostas. Depois, atravessaram a rua de Roma e foram ouvir a Internazionale. Querem mais.
Esperam, ainda, uma proposta do Real Madrid e do Manchester United. Ganso descarta o futebol inglês, mas vê com bons olhos formar dupla com Cristiano Ronaldo ou jogar no Barcelona de Lionel Messi.
Até eu que sou mais bobo, gostaria!.
FALCÃO GARCIA, atacante do FC do Porto, artilheiro da Liga Europa com 15 gols, foi decisivo contra o Villareal, na goleada por 5 a 1. Marcou quatro gols em jogo das semifinais do segundo torneio em importância na Europa. Agora, o time português pode perder por três gols de diferença que estará na final a ser disputada em Dublin, na Irlanda.

O FLUMINENSE superou os vexatórios apagões no Engenhão, o mais moderno estádio do Brasil, atualmente, para bater o Libertad, do Paraguai, por 3 a 1. O primeiro atrasou a partida em mais de uma hora. O segundo veio no começo do segundo tempo.
O Tricolor carioca pode perder por um gol de diferença no jogo da volta para ficar com a vaga. Os gols do Tricolor carioca foram de Rafael Moura, Marquinho e Conca. Gamarra marcou para a equipe paraguaia.
O INTERNACIONAL TAMBÉM fez o papel dele. Apesar de não ter rendido em alto nível nesta empatou em 1 a 1 com o Peñarol em Montevidéu. O treinador Falcão gostou e diz que a classificação sairá na Beira Rio no jogo de volta.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

DOIS LOBOS COM PELES DE CARNEIRO



A audiência pública no Senado Federal foi marcada, também, pela divergência entre Clube dos 13 e Rede Globo, e a posição neutra da CBF e do Cade sobre a questão dos contratos de venda de direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro.
O presidente do C13, Fábio Koff, voltou a afirmar que seguiu as determinações do Cade na montagem do processo de licitação, e agora se vê desamparado pelos órgãos reguladores. "Acreditei que estava no caminho certo, seguindo a lei, e o Clube dos 13 ficou no pincel sem escada. Agi como o Cade determinou”.Pressionado, o presidente do Cade, Fernando Furlan, afirmou que o órgão não deve regular o mercado, apenas fiscalizar para que as regras de concorrência sejam respeitadas: "O Cade não é agente regulador, não tem competência para criar normas reguladoras e fiscalizar os cumprimentos dessas normas. Temos que fiscalizar o mercado, para ver se ele está dentro das regras de concorrência”.
A CBF se isentou de qualquer participação no processo de venda dos direitos e na elaboração dos contratos e afirmou apenas organizar o Campeonato Brasileiro. Afirmou o cartola Ricardo Teixeira: "a gente mexe com a organização do campeonato, e sobre esse assunto não temos diretamente nenhuma responsabilidade". (Foto Correio Brasiliense)

CRUZEIRO, PRIMEIRO BRASILEIRO A VENCER EM MANIZALES



O CRUZEIRO ESTEVE LONGE DE SER o time que tem encantado na Copa Libertadores, mas ainda assim manteve-se invicto na competição. Os azuis venceram o Once Caldas por 2 a 1 no Estádio Palogrande, em Manizales, na Colômbia, e saiu em vantagem nas oitavas de final. O goleiro Fábio, autor de defesas salvadoras, foi o herói na defesa. Cuca demorou a tirar Brandão e quando o fez colocou outro herói em campo: Ortigoza entrou no segundo tempo, deu uma assistência para Wallyson marcar seu sétimo gol no torneio ao abrir o placar; depois o paraguaio marcou um golaço de cobertura. Os colombianos descontaram no fim, com Núñez. Na próxima quarta-feira, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o Cruzeiro poderá perder por 1 a 0, que ainda assim estará nas quartas de final do torneio continental.
O triunfo do Cruzeiro sobre o Once Caldas na Colômbia, por 2 a 1, representou a primeira derrota dos colombianos para um clube brasileiro dentro de casa, em Copas Libertadores. Até então, a equipe de Manizales havia enfrentado times do Brasil por quatro vezes pela maior competição do continente, com quatro vitórias.
NA QUARTA DA COPA DO BRASIL: Em São Januário enquanto o presidente Roberto Dinamite apresentava o novo reforço do Vasco, Juninho Pernambucano, no gramado o time se arrastava e empatava em 0 a 0 com o Náutico na Copa do Brasil. Os vascaínos passaram pra outra fase.
O São Paulo repetiu o placar de Goiânia e bateu no Goiás, que perdeu o goleiro Harley com uma contusão séria no joelho. Dagoberto repetiu o feito do Serra Dourada e classificou os sãopaulinos. O Flamengo não teve dificuldades pra vencer o Horizonte por 3 a 0 e classificou-se, também. Outro que segue em frente: o Ceará que fez 2 a 1 no Prudente.
NA NOITE DA LIBERTADORES, além da vitória do Cruzeiro, o Santos lutou bastante mas conseguiu dobrar o América do México, com gol de Ganso. Aliás, os agentes do craque santista tiveram uma reunião hoje na Itália, com representantes do Milan e, também, da Internazionale. Leilão à vista.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

MESSI, MESSI: BARÇA 2 X REAL 0, EM MADRID



APESAR DE JOGAR NA CASA DO ARQUIRRIVAL REAL MADRID, o belo Estádio Santiago Bernarbeu, o Barcelona não se intimidou. Venceu o esquema medroso de José Mourinho com o talento de Lionel Messi e fez 2 a 0. Dois gols do sempre decisivo PULGUINHA - o segundo deles um golaço-, já no segundo tempo. O Barça deu enorme passo para chegar à final da Copa dos Campeões. O brasileiro Pepe, dos merengues, foi expulso por uma entrada criminosa em Daniel Alves no primeiro tempo. José Mourinho, depois de provocar o Barcelona durante a semana, foi expulso também e teve de assistir à derrota das arquibancadas. MESSI e XAVI só tiveram liberdade para jogar e criar após a expulsão do brucutu Pepe.
Com os dois gols de diferença, o Barça vai para o jogo de volta no Camp Nou com uma grande vantagem, podendo perder por até um gol para chegar à final da competição europeia, que será em Wembley.PROVALMENTE CONTRA O MANCHESTER UNITED.

BRANDÃO E VICTORINO REFORÇAM RAPOSA NAS ALTURAS



No quesito entrosamento de conjunto, os azuis foram feridos de morte em Teófilo Otoni. Nas lesões de Pablo e Thiago Ribeiro. O primeiro assumiu bem as funções de lateral marcador e de bom apoiador pela direita. O atacante ARTILHEIRO tem os méritos da velocidade pelos flancos, da visão dos chutes fortes de fora da área e das assistências aos companheiros de frente. Cuca decidiu pela estreia precipitada do atacante Brandão nesta quarta-feira, em Manizales, Colômbia, contra o Once Caldas, na primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores, fase dos mata-matas.Na lateral-direita, no entanto, Cuca ignorou Vitor. Prefere improvisar com Marquinhos Paraná e o tira do lado de Henrique, onde tem jogado muito. Chiii!
INDIVIDUALMENTE, no entanto, os azuis ganham um reforço que vale pelos dois ausentes: o uruguaio Victorino, recuperado da contratura muscular.
Que se faça, no entanto, justiça ao seu substituto Léo, autor de dois gols de cabeça, em TO. Esteve quase na estatura do excelente beque uruguaio.
O árbitro deste confronto nos 2.100m de altitude de Manizales será o peruano Victor Hugo Carrillo.A Vênus Platinada está de furor uterino futebolístico. Transmite nesta quarta,também, o clássico espanhol Real Madrid x Barcelona, àstrês e cinquenta da tarde.Como convidado especial nos comentários, Ronaldo Fenômeno, ao lado de Caio Ribeiro. Boa dupla! O problema está na narração: nem te falo!
Nas águas das emoções do torneio continental, banham-se, também, nesta quarta-feira à noite, na Vila Belimiro, contra o América mexicano. Parada indigesta! Olha que o Grêmio perdeu ontem, em casa, para a Universidad do Chile por 2 a l.Complicou seu lado
Amanhã, não tem moleza para o Fluminense, no Engenhão: enfrenta o Libertad, depois do Cruzeiro,a melhor campanha na primeira fase.
Nos jogos de volta da Copa do Brasil, mamão com açúcar pra Coritiba – campeão paranaense – que goleou por4 a 0 na ida e enfrenta o Caxias, em Pelotas, credenciado a passar. Na mesma situação, o Vasco da Gama que meteu 3 a 0 no Náutico no Recife e agora joga em São Januário com time reserva de olho na decisão da Taça Rio contra o Fla.Os rubro-negros têm peso maior: o Horizonte lá nas Alagoas. Este time deu-lhe tremendo suadouro no Engenhão. Lembram-se?
Finalmente o São Paulo que tem o Santos sábado nas quartas de final do Paulistão, recebe o Goiás. Não creio que tenha problema pra seguir em frente.
Venceu a primeira partida, no Serra Dourada, por l a 0.

terça-feira, 26 de abril de 2011

RICHARLYSSON PRONTO PRA VOLTAR



AINDA CERCADO DE GRANDE MISTÉRIO o afastamento de Richarlysson do time principal, apesar das informações sobre uma contratura muscular, parece que desta vez ele vai para o jogo. Dorival Júnior anunciou que define até o final de semana no lugar de quem Rick entra. Pode até ser mantida a antiga formação que, segundo fortes comentários na Cidade do Galo, teria provocada uma reação de insatisfação no jogador. Ele teria se rebelado e levou a punição de Dorival; quase que passa pelos mesmos dissabores de Ricardinho e Zé Luiz. Agora tudo estaria serenado e Rick disposto a jogar onde o Professor mandar. (Foto Superesportes)

STJD PUNE APENAS JOGADORES DO GALO

O zagueiro Leonardo Silva e o volante Serginho não escaparam de punição no STJD
por suas expulsões.
diante o Grêmio Prudente, na Arena do Jacaré, naquelo fatídico jogo que valeu a eliminação do Galo na Copa do Brasil. Serginho tomou dois jogos e desfalca o time na estreia no Brasileiro, dia 21 de maio, contra o Atlético Paranaense, e na segunda rodada, contra o Avaí, no dia 28 de maio. Léo Silva levou uma partida de suspensão e não enfrenta o Furacão.
Já os incidentes ocorridos depois da partida,não resultaram em punições. Acusados de tentativa de agressão ao trio de arbitragem, que anulou um gol que classificaria o Galo, o presidente Alexandre Kalil, o técnico Dorival Júnior, o diretor de futebol Eduardo Maluf, o supervisor Carlos Alberto Isidoro e o massagista Belmiro de Oliveira foram absolvidos.
O clube também foi absolvido, pois estava denunciado por “deixar de prevenir e reprimir desordem” e “deixar de manter o local com infra-estrutura necessária plena garantia e segurança para sua realização”. Escapou de tomar multa que poderia chegar a R$ 200 mil.

LA U DO CHILE VENCE GRÊMIO NO OLÍMPICO



POR ESSA RENATO GAÚCHO não esperava: a Universidad Católica -La U, ex-time de Montillo e Victorino - estreou nas oitavas de final da Copa Libertadores derrotando o seu Grêmio em pleno Estádio Olímpico pra decepção dos 60 mil torcedores presentes. O centroavante Pratto, meio gordinho, mas esperto pacas e bom de cabeça fez os dois gols chilenos. Os gremistas chegaram a empatar no segundo tempo com um golaço de Douglas, chutando de longe no ângulo. No primeiro tempo, o atacante Borges foi expulso por agredir com cotovelada um beque chileno. Mesmo com 10 o Grêmio encarou os adversários. O jogo de volta será na próxima quarta, em Santiago e a situação dos gaúchos é complicada por causa da derrota e dos gols que levaram em casa. (Foto Site MSN)

segunda-feira, 25 de abril de 2011

CUCA JÁ TEM O ATACANTE FALTA O LATERAL



Cuca decidiu pela estreia precipitada do atacante Brandão na partida desta quarta-feira, em Manizares, Colômbia, contra o Once Caldas, na primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores, fase dos mata-matas.
Ele nem se entrosou com o grupo, quanto mais com o time, Além, claro, de preterir Farias, que está no elenco sem criar problema.
Na lateral-direita, no entanto, Cuca ignora Vitor. Prefere improvisar com Guerreiro e tira Marquinhos do lado de Henrique, onde tem jogado muito. Chiii!
INDIVIDUALMENTE, no entanto, os azuis ganham um reforço que vale pelos dois ausentes: o zagueiro uruguaio Victorino, recuperado da contratura muscular.
Que se faça, no entanto, justiça ao seu substituto Léo, autor de dois gols de cabeça, em TO. Esteve quase na estatura do excelente beque uruguaio.
Dentro do prazo estipulado pelo DM da Toca da Raposa, Thiago Ribeiro e Pablo param por umas três semanas. Ou seja, até o primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro. (Foto Soesportes)

SADA PERDEU, CRUZEIRO NÃO!




MISTURA DE CLUBE DE FUTEBOL com vôlei, seja masculino ou feminino, é fugaz. De repente, o patrocinador cisma que o conta corrente não tem batido no final e o amor pelo casamento acaba. Basta dizer que a esposa do italiano, dona de belo texto, proprietário da Sada é atleticana confessa. E confessa, também, seu amor pelo volei da Sada, empresa do maridão. Só não fala Sada/Cruzeiro com a mesma paixão. O marido é cruzeirense, mas nada daqueles apaixonados. É milionário e na falta de coisa melhor, afora o complexo jornalístico entregue a executivos capazes, brinca com volei. A torcida que lotou o Mineirinho tinha metade de simpatizantes do Cruzeiro, parte de amantes do insosso esporte e parte de gente que ficou sem opção aqui com a derrubada do Mineirão e foi ver vôlei. Nem sabe - como eu nao sei - quantos atletas jogam de cada lado.
Não minsturem por favor, pra não secar. O verdadeiro Cruzeiro caminha líder na Libertadores e no Campeonato Mineiro. Se o Mineirão estivesse em pé, uma média de 60 mil pessoas estaria ao seu lado, em cada jogo. (foto Uai)

FALTA DO QUE FALAR!!!!



PEGARAM NO PÉ DO BRANDÃO, NOVO ATACANTE DO CRUZEIRO,por causa do site oficial do rapaz. Na página principal,aparece a montagem da foto do jogador com a camisa do Cruzeiro. Ao lado, o escudo dos azuis tem a inscrição "Cruzeiro Futebol Clube", em vez do nome oficial, "Cruzeiro Esporte Clube". E daí, foi Brandão quem fez a arte final? Claro que não. No máximo pecou pela falta de cuidado ao revisar. Mesmo assim sabe-se que ele paga profissional pra isso. Então que critiquem o profissional que cometeu a gafe e talvez consigam a demissão dele. Bandão está inscrito na Libertadores e tem responsabilidade, isso sim, de fazer gols pelo Cruzeiro FUTEBOL CLUBE ou pelo Cruzeiro ESPORTE CLUBE. Tanto faz, desde que ajude a trazer de novo o caneco da Libertadores para a Toca da Raposa. Xô urubus!!!Foto Terra)

domingo, 24 de abril de 2011

ESTAVA ESCRITO NAS ESTRELAS



A PRIMEIRA RODADA DAS SEMIFINAIS DO Campeonato Mineiro definiu as finais. Nada que a gente não soubesse antes mesmo da definição dos jogos. Tateia-se o assunto pra não ferir susceptibilidades. Atlético x Cruzeiro farão a final, mais uma vez, do Mineiro. Nenhum dos outros times estava preparado - ou está - pra se meter no meio dessa decisão. América-TO e América/Coelho chegaram onde davam conta. A goleada (8 a 1) de sábado anulou o jogo de volta, ainda que moral e matemáticamente seja possivel a gente de TO virar o placar de 180m para 9 a 8 e ficar com o título. Aí o sol tremerá de frio!



A vitória do Galo neste domingo por 3 a 1 sobre o América Coelho, apesar de não catastrófica, estabeleceu a verdade do regulamento. Ainda que o Coelho repita o possível placar de 3 a 1 na segunda partida, o Galo segue em frente. Porém, não acredito nesse e nem outro qualquer placar que desmonte a vantagem aumentada pelos rapazes de Dorival Junior.



O jogo desta tarde na Arena do Jacaré só foi razoável no segundo tempo. No primeiro, o Coelho mandou e fez l a O, gol de Gabriel, de cabeça, mas não soube ser grande e manter o ritmo. O Galo jogava com 10, porque Ricardo Bueno não conta. Seria com 9, contudo Patric surpreendeu e marcou um belo gol, no finalzinho da primeira etapa, empatando. E foi fazer gracinhas pra torcida que não gosta dele e com razão.



No segundo tempo, Mauro Fernandes errou ao tirar Sheslon e colocar Nando que entregou o jogo. Dorival acertou ao tirar Ricardo Bueno, ainda no primeiro tempo, e colocar Berola. Ele fez 2 a 1. Levou a defesa do América à loucura que seu constante cai-cai. Por fim, Serginho marcou 3 a l e o América de Fábio Júnior, Leandro Ferreira, Irênio entregou-se. Caiu fora do campeonato ali .









A BOA DO DOMINGO veio do Paraná com o Coritiba de Marcelo Oliveira batendo no Atlético_PR e ganhando de forma invicta o título estadual. Dá-lhe Pacote! No Rio, o Flamengo empatou com o Flu (1 a 1) decidiu a vaga nos pênaltis e é finalista.

sábado, 23 de abril de 2011

RAPOSA APAGA O FOGO DO DRAGÃO E GARANTE VAGA NA FINAL



COM AQUELA ELEGÂNCIA E ÉTICA QUE DOMINAM O FUTEBOL nenhum jogador do Cruzeiro quis dizer para o repórter Cláudio Rezende - Rádio Globo e Jogada de Classe - após a goleada por 8 a 1 sobre o América, em Teófilo Otoni, que o time já tenha garantido vaga na final. Todos entendem que é preciso respeitar o adversário e esperar a partida de volta. Mas como reverter a situação? O Dragão de TO terá de fazer uma diferença de 11 gols na segunda partida.



O campo pequeno e o gramado ruim não impediram Walter Montillo de mostrar toda sua arte, com 3 gols - o último deles uma pintura de um mestre . O Cruzeiro demorou apenas 30m pra engrenar. Montillo fez a jogada e Henrique marcou. Dez minutos depois, a jogada saiu pela esquerda e terminou com Gilberto, na direita: 2 a 0.



No segundo tempo, o zagueiro Léo que atuou no lugar de Victorino, machucado, fez logo dois gols: aos 9 e 16m. 4 a 0.



Montillo começou sua série de gols aos 18m, quando fez 5 a 0, após triangular com Roger e Henrique. 5 a 0. O Dragão diminuiu com um chute de longe de Wellington Bruno, aos 21. 5 a 1. Aos 30m, Montillo sofreu pênalti que ele mesmo cobrou bem- 6 a 1.



O mais bonito gol dele e um dos mais sensacionais do Campeonato ocorreu aos 33m. Tabelou com Farias, recebeu a bola na cara do goleiro Fábio Noronha, meteu o pé por baixo e jogou nas redes. Por cobertura. O excelente narrador Osvaldo Reis, o Pequetito, da Rádio Globo e Jogada de Classe, perdeu a voz diante de tanto encantamento. 7 a 1.



Aos 40m, Wallyson sofreu pênalti e ele mesmo cobrou: 8 a 1, Fim da goleada.



O Cruzeiro chegou a 37 gols no campeonato, superando o Galo que joga neste domingo contra o América/Coelho, na Arena do Jacaré.

DRAGÃO X RAPOSA EM TO: QUE DUELO!



OS AZUIS NÃO GUARDAM BOAS RECORDAÇÕES deste árbitro alagoano Francisco Carlos Nascimento escolhido para apitar América Dragão e Cruzeiro, neste sábado, às seis e meia da noite,em Teófilo Otoni. Só guardam do último que apitou lá na fase de classificação e anulou gol legítimo de Jônatas Obina.
Tudo bem! O alagoano não é flor que se cheire realmente. É o segundo jogo dos celestes que apita em oito meses. No primeiro, contra o Vitória, em Ipatinga, ele expulsou Thiago Ribeiro. O Cruzeiro perde por l a 0. No final da contabilidade, esses três pontos contaram bastante.
Cuca disse que não guarda mágoa do juiz e de ninguém. Porém pensa que “Podia até ser árbitro daqui, valorizar nossas arbitragens que foram boas no geral, mas se escolheram gente de fora, o que fazer?”
As semifinais do Campeonato Mineiro, além de Dragão x Raposa, em Teófilo Otoni nesta noite de sábado, tem no domingo o clássico América x Atlético, na Arena do Jacaré.(Fotos Uai)

sexta-feira, 22 de abril de 2011

KALIL ENCARA ESBULHO DA REDE GLOBO



O CADE deu tênue esperança aos clubes e dirigentes sérios de que o monopólio da Rede Globo acabaria. Ficou nisso. Na verdade, fez o jogo da Poderosa. Há tempos, a emissora desconfiava das tendências dos dirigentes do Clube dos 13. Igualmente, a CBF desconfiava que a associação dos clubes pretendesse tirar-lhe a força, como tentou certa ocasião, deixando com Ricardo Teixeira apenas a incumbência de cuidar da Seleção Brasileira. Quando o CADE anunciou o fim do monopólio já era tudo combinado. Haveria um vencedor fajuto na concorrência, os clubes negociariam direto com a Globo, e o Clube dos 13 seria implodido. Foi o que aconteceu. A maioria negociou com o parceiro de sempre e levou uma lambuja de cala-boca. Nada comparável se houvesse outro pretendente sério na jogada.
Ainda bem que Alexandre Kalil não teve medo. Encarou a discussão, numa briga em interesse do Atlético. Sua posição aberta e bem divulgada, porque encontrou algumas tribunas pra falar a verdade dos fatos, pode ser que evite uma perseguição maior da Globo e da CBF ao Galo. Contudo, Kalil tornou-se inimigo da Globo e será visado, como aconteceu com o presidente do Atlético Paranaense anos atrás. Sua trincheira será a presidência do Atlético e seus combatentes a grande Massa alvinegra.
A torcida tem que acreditar na posição de Kalil. Precisa descobrir que a Globo extrapola às suas funções de meio de comunicação. Não informa. Tenta formar a opinião pública e consegue agregados nos meios mais desavisados ou alienados. Já não se trata mais de uma briga por maior ganho. Kalil exige respeito ao Atlético.
Ao manifestar publicamente seu repúdio pelo contrato de negociação dos direitos de transmissão, Alexandre Kalil quis, também, mandar um recado à Nação atleticana. “Não posso ficar sozinho e desamparado nesta briga. Ela é de todos nós”.
Sua entrevista à ESPN Brasil foi um manifesto e uma convocação. Ele questionou o valor da negociação, o fato de não ter havido concorrência para as demais mídias e os critérios de escolha da companhia de viagem utilizada.
"Eu não tenho como assumir uma imposição que está sendo feita a nós de uma forma que nem a conta está fechando", disse.
A Globo apresentou uma conta de R$ 4,8 de passagens aéreas que, segundo Kalil, ele tira por R$400 mil. Frisou que há cerca R$ 1 milhão desaparecendo no meio do imbróglio e quer saber para onde vai tanto dinheiro. Não apenas ele, todos nós queremos. Gostei da posição do presidente ao afirmar que não houve conversa entre a emissora e o Atlético. O que é isso, gente? De que valeu aquele papo do Cade? Onde está o Ministério Público tão zeloso com as coisas do povo? Tá certo Kalil em não assinar o contrato e entregá-lo ao Conselho Deliberativo, na expectativa de que a maioria dos conselheiros tenha culhões pra apoiá-lo nessa empreitada.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

QUARTA MALUCA ESTEVE MESMO FOI DOIDONA

Nada melhor que este feriado prolongado, tão pleno das místicas de Tiradentes, Tancredo, - e, porque não do nascimento de Sodico e de minha netinha Luana – além dos ministérios religiosos da Semana Santa pra gente refletir mais sobre os acontecimentos últimos no futebol brasileiro.
Mais um grande exemplo de entrega dos tricolores fluminenses, arrancando leite da pedra, buscando forças de superação no fundo da alma na vitória por 4 a 2 sobre o Argentino Juniors em Buenos Aires.
Tão valente quanto os meninos da Vila que precisavam de vencer seus dois últimos jogos – Cerro, em Assunção; Deportivo Táchira, aqui – para conseguir a vaga do Peixe na Libertadores. E fizeram isso.
Mas é preciso, também, analisar detidamente o empate Nacional 0 x 0 América/Mex, porque os uruguaios focaram o jogo do Flu e se esqueceram de si. Tinham de vencer. Não foram capazes e ficaram de fora, Ou o erro grosseiro da arbitragem no pênalti contra o Botafogo, no empate que favoreceu o Avaí e eliminou os cariocas.
O desespero do atacante Loco Abreu ao agredir o volante Marquinhos, do Avaí, provocando uma briga generalizada que, ainda bem, não teve maiores consequências afora a irresponsabilidade do botafoguense. .
Em Buenos Aires, o lateral Escudero quis briga e achou. Levou um cruzado do seu patrício Conca e outro do beque Gum. A briga alastrou. Com certeza, a Conmenbol não tomará nenhum providência. Não lhe interessa que esse tipo de assunto se estenda. Bota logo uma pedra em cima, e pronto.
No Pacaembu reencontrei com o melhor do futebol. A arte de Neymar,, Ganso, Danilo, Arouca, Léo e Elano. Toques rápidos e belos gols do Peixe na vitória por 3 a 1 sobre o Tachira. Santos primeiro o grupo 5.
Espetacular a virada do Cerro. Perdia por 2 a 0, em Santiago, e fez 3 a 2 no Colo Colo, garantindo sua vaga nas oitavas de final. Os paraguaios, como o Fluminense, acreditaram que nada é impossível e os chilenos foram soberbos, arrogantes, após fazerem 2 a 0.
Na Copa do Brasil, o Flamengo esnobou o desconhecido Horizonte, no Engenhão, e deu-se mal no empate de l a l. Nada de maiores surpresas na quarta maluca: São Paulo l a 0 no Goiás; Atlético Paranaense 5 x 0 no Bahia.
AGORA VAMOS para as semifinais do Campeonato Mineiro a partir deste sábado com América x Cruzeiro, em Teófilo Otoni. Domingo, tem o clássico América x Atlético, na Arena do Jacaré. É torcer pra que prevaleça o espírito da Semana Santa e que se passe uma borracha, por enquanto, nos vexames da quarta feira maluca.

FLA EMPATA COM O DESCONHECIDO HORIZONTE



OUTRA SURPRESA DA QUARTA MALUCA foi o empate do Flamengo contra o inexpressivo Horizonte do Ceará. Foi no Engenho. E mais: os visitantes deram um suadoro nos rubronegros que precisam agradecer aos deuses do futebol pelo empate. Nos demais resultados, nada de supresas: o São Paulo derrotou (1 a 0) o Goiás no Serra Dourada e o Atletico Paranaense enfiou 5 a 0 no Bahia, na Arena da Baixada, em Curitiba.

QUARTA INFERNAL TEVE DE TUDO: FUTEBOL E PANCADARIA




FOI UMA DAS QUARTAS FEIRAS DE FUTEBOL MAIS AGITADA NOS ÚLTIMOS TEMPOS. A começar pelo jogo entre Avaí x Botafogo, em Floripa, empate de l a l que tirou os cariocas da Copa do Brasil, com o uruguaio Loco Abreu, numa recaída sensacional e fazendo jús ao apelido, tão logo terminou o jogo partiu pra cima do apoiador Marquinhos enchendo-o de socos. Foi difícil segurar o Doidão Abreu.




Com seu futebol de toque, rápido, o Santos de Neymar, Ganso e Arouca garantiu sua passagem pra outra fase derrotando o Deportivo Táchica (3 a 1) no Pacaembu. A surpresa no Grupo 5 ficou por conta do Colo Colo: vencia por 2 a 0 o Cerro Porteño em Santiago e permitiu a virada pra 3 a 2. Foi eliminado e entregou ao Santos o primeiro lugar do grupo. Os meninos da Vila vêm aí botando pra quebrar.(foto AP)

GUERREIROS DO FLU BATEM NOS HERMANOS




O beque Gum mostrou que é xerifão na área e bom de briga. Foi o mais agitado e o que mais bateu. Na foto, ele aparece acertando o lateral Escudero que começou toda confusão.(foto AP)




PELA SEGUNDA VEZ SOB O COMANDO DO "CAPITÃO" FRED o Fluminense consegue um "milagre". Em Buenos Aires, onde arrancou a classificação às oitavas de final da Libertadores, numa combinação com o empate (0 a 0) entre Nacional e América/Mex teve a mão dos deuses do futebol. Fred autor de 2 gols foi o herói. Depois, apazigou os ânimos na briga geral.

















quarta-feira, 20 de abril de 2011

Cristiano Ronaldo faz 1 a 0 para o Real Madrid



O Real Madrid venceu o "segundo round" dos quatro que terá contra o arquirrival Barcelona no momento decisivo da temporada de 2011 do futebol europeu. Com um gol do português Cristiano Ronaldo no primeiro tempo da prorrogação, a equipe comandada por José Mourinho bateu o clube catalão por 1 a 0 e conquistou no Estádio Mestalla, em Valência, o título da Copa do Rei da Espanha.

A conquista desta noite de quarta-feira representa a 18ª taça do Real Madrid no torneio e a quebra de um incômodo jejum de 18 anos sem títulos da Copa do Rei. Vice-campeão, o Barcelona soma 25 troféus da competição nacional.

terça-feira, 19 de abril de 2011

INTER GARANTE PRIMEIRO LUGAR NO GRUPO

MESMO SEM JOGAR BEM, o Internacional derrotou o Emelec do Equador por 2 a 0 no Beira Rio, gols de Rafael Sóbis e Leandro Damião. A segunda vitória de Paulo Roberto Falcão como treinador colorado. Na primeira, sábado, seu time venceu o Santa Cruz (1 a 0) no Gauchão. Pelo mesmo grupo, o Jaguares assegurou o segundo lugar, apesar de derrotado pelo Jorge Wilstermann, por 2 a 1, de virada, em La Paz. O Inter chegou aos 13 pontos e o Jaguares ficou com nove.
Nesta quarta-feira, o Santos joga sua classificação à outra fase da Libertadores contra o Deportivo Táchira. Em Buenos Aires, com a corda no pescoço, o Fluminense enfrenta o Argentino Juniors. Tem que vencer e torcer que o Nacional, em Montevidéu, perca ou empate com o América/México.
Na Copa do Brasil a quarta-feira estará agitada: Flamengo x Horizonte, no Rio de Janeiro; Atlético Paranaense x Bahia, na Arena de Curitiba - no primeiro jogo 1 x 1, em Salvador -; em Goiânia, outro jogao: Goiás x São Paulo. Amanhã tem Palmerias x Santo André. No primeiro jogo, o Palmeiras fez 2 a 1.
Outra decisão acontece em Floripa: o Avaí recebe o Botafogo. Houve empate por 2 a 2 no primeiro jogo, no Engenhão.

AZAR DO IMPERADOR. ROMPE TENDÃO



A estreia do atacante Adriano com a camisa do Corinthians não ocorrerá na estreia do Campeonato Brasileiro, marcada para 22 de maio, contra o Grêmio, em duelo válido pela primeira rodada da Série A. Durante o treinamento desta terça-feira, o jogador sentiu fortes dores na perna esquerda e deixou o trabalho às pressas. Após o exame, a péssima notícia: o rompimento do tendão, que obrigará o atleta a se afastar dos gramados por até cinco meses.

BOA BRIGA DE RIVALDO E CARPEGIANNI



No dia do aniversário de 39 anos, o meia-atacante Rivaldo voltou a alfinetar o treinador do São Paulo, Paulo César Carpegiani, e pedir uma oportunidade no time titular. Em entrevista à TV Bandeirantes, o veterano admitiu que a passagem pelo time não tem sido tão bem sucedida como ele esperava. "Para ser sincero, eu esperava jogar mais. Estou tendo poucas oportunidades, mas eu trabalho para ser titular. Quando se passa dos 30 (anos) é complicado, mas eu treino como todos, esperando oportunidade", disse o jogador, que foi contratado pelo São Paulo no início do Paulista.Rivaldo atribuiu a falta de ritmo de jogo à falta de confiança de Carpegiani em seu futebol e disse que só precisa de uma chance para provar que ainda pode brilhar em um campeonato competitivo. "Se fosse uma contratação do treinador, eu teria mais chances de jogar, mas como foi do Rogério... e eu vou continuar trabalhando", disse Rivaldo, argumentando que quando se tem a confiança do treinador é muito mais fácil sair de uma má fase. Rivaldo viaja nesta terça para Goiânia, onde o São Paulo enfrenta o Goiás, na quarta, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

FIQUE DE SOBREAVISO: PERRELA DIZ QUE NÃO VENDE MONTILLO



PODE SER UM AVISO PARA A TORCIDA, ou para os interessados do exterior visto que a janela do meio do ano se aproxima: o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, mandou dizer aos investidores e os clubes europeus que o argentino Montillo não está à venda. Continuará vestindo a camisa azul pelo menos até o final do ano.O cartola revelou - com ressalvas da Trincheira, pois nada foi informado antes - que recusou uma oferta de 10 milhões de euros (R$ 22 milhões) do Lokomotiv da Rússia.
Pode ser que essas cifras representem o ponto de partida da oferta. Ou seja, Perrela avisa à praça que se alguém chegar mais do que, supostamente, teria sido oferecido pelo Lokomotiv, ele passa o craque na grana. Caso contrário, nem vem que não tem: ele disputaria toda a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro, também.
E não tem aquela do sapo: não me joguem na água, eu não sei nadar, me joguem na pedra. E os tolos o jogaram na água...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

VITOR VESTE A AZUL E FALA EM FICAR


O lateral direito Vítor, emprestado pelo Palmeiras ao Cruzeiro até o fim desta temporada, vestiu pela primeira vez a camisa celeste na tarde desta segunda-feira. O jogador, 28 anos, que se destacou no Goiás principalmente no Campeonato Brasileiro de 2008, quer reeditar os "velhos tempos" para conquistar a posição de titular com o técnico Cuca. Sobre a passagem apagada no Palmeiras no ano passado, o atleta prefere esquecer. "Explicar o motivo pelo qual eu não rendi no Palmeiras é difícil. A verdade é que eu não consegui fazer o que eu fazia no Goiás. Mas eu não gosto de nem de falar no assunto, já faz parte do passado. Quero me lembrar dos meus melhores momentos, que foram no Goiás. E espero que eu possa fazer aqui o que eu fiz no Goiás, e possa ajudar o Cruzeiro nesse ano", afirmou. O lateral aproveitou para elogiar a boa temporada que o Cruzeiro faz até aqui na Libertadores e também no Campeonato Mineiro.

CSKA DIZ QUE REAL QUER LOVE


O presidente do CSKA, Eugeny Giner, comentou sobre uma possível transferência de Vagner Love para o Flamengo pela primeira vez, no último fim de semana. O mandatária do time russo não entende os valores divulgados por parte da imprensa e admite que pode baixar o valor exigido anteriormente para a saída do jogador, revelado pelo Palmeiras. "Não sei onde a imprensa brasileira consegue informação para falar sobre uma proposta de 15 milhões. Todas as conversas só podem acontecer no verão (europeu, entre junho e julho)", declarou o dirigente, em entrevista ao jornal Sport-Express. "O Vagner já fez muito pelo nosso clube, então, provavelmente, podemos fazer um preço menor", emendou. "Tem essa e de outros oito clubes: Manchester United, Real Madrid, Barcelona... todas estão na minha mesa. Vagner é um grande jogador, e mais cedo ou mais tarde ele se mudará", despistou Giner, que só aceita negociar Love na abertura da janela de transferências. "Não vamos conversar agora, a janela de transferências está fechada. O que ele faria até lá? Cozinhar tortas? Esse não é seu trabalho".

FABULOSO TEM DATA DE ESTRÉIA


O SÃO PAULO ANUNCIOU que Luiz Fabiano, o Fabuloso, tem reestréia marcada no São Paulo dia 27, na outra quarta-feira, na partida de volta contra o Goiás, pela Copa do Brasil. Sinal de casa cheia, visto que no dia de sua apresentação, no Morumbi, mais de 20 mil torcedores compareceram à festa organizada pelo Departamento de Marketing sãopaulino.

PATO FORA DO MILAN NOS PRÓXIMOS JOGOS


UMA LESÃO NA COXA DIREITA afastará o brasileiro Alexandre Pato dos próximos jogos do Milan por duas ou três semanas na fase decisiva do campeonato italiano. Pato foi substituído aos 40m do primeiro tempo do jogo contra o Sampdoria, que os milaneses venceram por 3 a 0. Ele é o quinto na artilharia da competição com 14 gols.

domingo, 17 de abril de 2011

COELHO TEM O GOLEADOR DA DISPUTA


O VETERANO FÁBIO JUNIOR não para de marcar gols no América. Sua meta é chega aos 35 gols na temporada para empatar com a sua idade. No empate com o Villa Nova( 2 a 2) Fábio marcou mais um gol e disparou na artilharia do campeonato com 12 gols. Atrás dele vem Jonatas Obina, do América-TO com 10. Também este fez gol na rodada; o de honra na goleada que seu time levou do Galo. Magno Alves, autor de três gols neste domingo na Arena do Jacáré, subiu para terceiro lugar, com nove. Atrás dele está Rogélio, do América-TO com oito. Junto de Thiago Ribeiro, do Cruzeiro.

PANTERA SE SALVA. FUNORTE E IPATINGA DESCEM

ALÉM DAS EMOÇÕES dos classificados no G-4 e que estabeleceram as semifinais do Campeonato Mineiro/2011 com os cruzamentos Atlético (segundo colocado) x América (terceiro); Cruzeiro ( primeiro) x América-TO (quarto), a rodada final da fase de classificação teve mais emoção. A briga contra o descenso esnoteve sensacional e durou até os apitos finais dos árbitros. O Ipatinga esteve por safar-se com 8 pontos no empate que mantinha sem gols com o Tupi. Ficou firme lá pelo saldo de gols quando o Funorte fez l a 0 no Democrata e até mesmo quando a Pantera virou pra 3 a 2. No final, contudo, o time de Governador Valadares marcou 4 a 2 e o Tupi fez l a 0 no Ipatinga e decretou o rebaixamento do Tigre. Safou-se o Democrata em cima da hora. Parabéns.

EXIBIÇÃO DE GALA COM SHOW DE MAGNATA


FOI A MELHOR APRESENTAÇÃO DO ATLETICO. Não aconteceu por acaso. O time jogou pra golear o América-TO e conseguiu: 7 a l. O campeão do interior, com seus dois goleadores - Obina e Rogério, total de 18 gols ambos - entendeu que poderia arrancar uma grande vitória na Arena do Jacaré. Deu-se mal. Pegou o Galo inspirado com Magno Alves e Renan Oliveira, além da segurança de Renan Ribeiro que fez algumas defesas difíceis. O Magnata estraçalhou: além de três gols fez várias assistências. Renan Oliveira acordou e marcou dois. Macini fez o primeiro nesta sua volta ao Galo e o garoto Geovani, excelente promessa, também anotou o seu. Agora o Galo se prepara para as semifinais onde enfrentará o América/Coelho, terceiro colocado. (Foto Pedro Vilela/AE)


o COELHO EMPATOU em Nova Lima e não saiu de onde estava: jogo com estilo de clássico realmente, Eliano e Fábio Júnior fizeram os gols americanos e o veterano Marinho e Alex Santos, com ajuda do montinho artilheiro que enganou o goleiro França, empatou no final. Fábio Júnior tá na rota de fazer 35 gols este ano quando completa, também, 35 anos. É o artilheiro do campeonato com 12 gols.

MOURINHO RETRANQUEIRO


O TÉCNICO DO REAL MADRID, Mourinho, tem seus momentos de Adilson Batista. Ambos são bons. O português excelente e vencedor. Mas apelou ao passar mais um clássico espanhol sem vencer o arquirrival Barcelona. O empate( 1 a 1) espelhou bem a qualidade do jogo. O Barça com a bola nos pés a maioria do tempo e os merengues na defesa, atrás de uma linha de um monte de beques botineiros. Mesmo assim foi empatar no final, através de pênalti duvidoso. O belo Estádio Santiago Bernabeu, com 80 mil torcedores, merecia mais. E Mourinho fez cena, reclamando de tudo, porque o Madrid teve um homem expulso de tanto dar pancadas.

PAPELÃO DO SENADOR


Péssimo exemplo do nosso jovem e intrépido Senador e ex-governador. Carteira de habilitação vencida e negou-se a fazer texto de embriaguês, ou seja, soprar o bafometro, na madrugada do Risubiuo de Janeiro. Munição pra situação, afinal, Aécio Neves ocupou a tribuna do Senado pra pregação sobre ética. Deu no site Terra: "Senador se negou a fazer o teste do bafômetro O senador Aécio Neves (PSDB-MG) teve a carteira de habilitação (CNH) apreendida na madrugada deste domingo durante uma blitz da Operação Lei Seca na avenida Bartolomeu Mitre, no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. Segundo a Secretaria de Estado de Governo do Rio, Aécio estava com o documento vencido e se negou a fazer o teste do bafômetro. Ainda de acordo com a secretaria, o senador foi multado. Entretanto, seu carro não foi apreendido, já que ele apresentou um condutor habilitado a dirigir. O Terra tentou entrar em contato com a assessoria do senador, mas não obteve sucesso". Péssimo exemplo do nosso jovem e intrépido Senador e ex-governador. Carteira de habilitação vencida e negou-se a fazer texto de embriaguês, ou seja, soprar o bafometro, na madrugada do Risubiuo de Janeiro. Munição pra situação, afinal, Aécio Neves ocupou a tribuna do Senado pra pregação sobre ética. Deu no site Terra: "Senador se negou a fazer o teste do bafômetro O senador Aécio Neves (PSDB-MG) teve a carteira de habilitação (CNH) apreendida na madrugada deste domingo durante uma blitz da Operação Lei Seca na avenida Bartolomeu Mitre, no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. Segundo a Secretaria de Estado de Governo do Rio, Aécio estava com o documento vencido e se negou a fazer o teste do bafômetro. Ainda de acordo com a secretaria, o senador foi multado. Entretanto, seu carro não foi apreendido, já que ele apresentou um condutor habilitado a dirigir. O Terra tentou entrar em contato com a assessoria do senador, mas não obteve sucesso".

sábado, 16 de abril de 2011

FABIO SUPERA DIDA E RAUL MAS FALTA TÍTULO



Fábio alcançou outra marca importante para os azuis, na Libertadores. Com apenas um gol sofrido nesta edição, o goleiro superou a média histórica de Dida que sofreu, no Cruzeiro. Fábio levou 39 gols em 42 partidas nas competições de 2008, 2009, 2010 e 2011. Média de 0,93. Dida, campeão de 1997 sofreu 23 gols em 24 jogos, em 1994, 1997 e 1998, média de 0,96. Mas tem o título que falta a Fábio. O goleiro da camisa amarela Raul, campeão de 1976, sofreu 43 gols em 40 partidas, em 1967, 1975, 1976 e 1977, média de 1,07.


CALEB, o jovem meia do Coelho, pode fazer parte de uma geração de craques revelados no clube. Pra citar apenas alguns famosos como Tostão, o falecido Cássio, que morreu jovem num acidente de carro, em pleno auge, o artilheiro Fred, hoje no Fluminense. Outros nomes os americanos têm na lembrança, mas vamos ficar por aqui mesmo. E torcer pelo sucesso de Caleb.




FELIPÃO ENTENDEU que estava numa boa na Copa do Brasil após a vitória sobre o Santo André(2 a 1) no jogo de ida. Marcou dois gols no campo do adversário e ainda teve a vitória. Nãoé o que registra a história entre eles na competição. Felipe Scolaria decidiu buscar nos alfarrábios e viu que o Santo André é um osso atravessado na garganta palmeirense. Terá que se cuidar melhor no jogo de volta, quarta-feira que vem.


SE CONSEGUIR classificar o Santos para outra fase da Libertadores e chegar ao título, Murici Ramalho poderá passar na tesouraria do clube e pegar um cheque de R$ 3 mi promessa dos cartolas do Peixe. Antes terá a difícil tarefa de convencer Ganso a permanecer no clube até o final do ano.

FABIO SUPERA DIDA E RAUL MAS FALTA TÍTULO

sexta-feira, 15 de abril de 2011

CRUZEIRO VENCE VOLEI FUTURO E TÁ NA FINAL

O Sada Cruzeiro não tomou conhecimento do Vôlei Futuro e venceu o duelo disputado do no Ginásio Poliesportivo do Riacho, em Contagem, na noite desta sexta-feira com um sonoro 3 sets a 0. Apoiado pela força de sua torcida, o time mandante não deu chance para qualquer tipo de reação do adversário e garantiu presença na grande final com parciais de 25/22, 25/23 e 25/20. A equipe celeste decidirá o título da Superliga Masculina dia 24 de abril, contra o Sesi, no Mineirinho. Após ser acusada de homofobia contra Michael no jogo que abriu a semifinal entre as duas equipes, a torcida cruzeirense mostrou solidariedade ao atleta e levou faixas de apoio ao central antes do jogo. Entretanto, quando começou a disputa, os presentes nas arquibancadas esqueceram o politicamente correto e vaiaram os jogadores da equipe de Araçatuba com intensidade, principalmente o pivô da polêmica Michael.

DORIVAL BUSCA TIME E CUCA SABE O DELE ATÉ SALTEADO

Alguém mais exigente, assistindo o treino do Galo, diria que Dorival Júnior perdeu o rumo.
Outro, mais observador, entenderia os problemas do técnico.
Reconheceria que na falta de material humano, Dorival matuta, repensa, devaneia, copidesca durante os treinos pra chegar à triste conclusão: o time é este mesmo.
Não há como fugir do que escalou no último coletivo de Renan Ribeiro; Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Serginho, Fillipe Soutto, Renan Oliveira e Daniel Carvalho; Mancini e Magno Alves.
Dessa forma mesmo; cheio de nomes duplos, com o cintura dura Patric na lateral direita; as torres gêmeas na zaga.
No meio, como se vê, estão o estabanado Serginho; o exótico Fellipe Soutto, com dois “lls” e dois “tts”; o desligado Renan Oliveira e o gordo Daniel Carvalho.
No ataque o bundudo Mancini, ao lado do veterano, mas eficiente, Magno Magnata Alves.
Aí Dorival surpreendeu na segunda parte do treino. Tirou Serginho, Renan Oliveira, Daniel Carvalho e Mancini, e entrou com Wendel, Leleu, Giovanni Augusto e Neto Berola.
Melhorou? Pergunte para o torcedor mais observador. O exigente, desanimado, foi embora mais cedo.
Dorival e todos na Cidade do Galo têm remotas esperanças do time terminar em primeiro lugar, na frente do arquirrival, porque no futebol tudo é possível. Até urubu voar de costas.
Entrementes (trem bonito, sô!), sabem que vencer o América-TO, quarto colocado do G-4 e com chances de chegar até a vice-liderança, na Arena do Jacaré, neste domingo.
Não é tarefa das mais fáceis.
Que seja obrigação do Galo. Porém, não será fácil.
Já os azuis, vencer o Uberaba, franco atirador, no Triângulo, está nos cálculos de todos. Ainda, que o discurso de Cuca seja aquele ultrapassado discurso de respeito ao adversário.

Ninguém desrespeitou o Zebu, apenas constata uma realidade: a fase dos azuis, com moral elevado depois da vitória em La Plata, o credencia a vencer bem.
Mesmo porque precisa de vencer – ou empatar – a fim de não correr risco de ser ultrapassado pelo Galo e perder a primeira posição.
Com ela as vantagens: dois empates ou uma vitória e uma derrota com igual saldo de gols.
Pelo nome do empresário do atacante Jonatas Obina, um dos goleadores do campeonato mineiro, e principal arma do América-TO eu saco que esta história do interesse do Galo na sua contratação é papo pra lá de furado. Notícia plantada.
Os dois dizem que não sabem de nada, a não ser pela imprensa que dá Jonatas Obina como atleta do Galo.
O empresário do atleta, tremendo falastrão, garante que estará na Arena do Jacaré um representante do time norueguês Rosenborg pra observar Obina.
Mas a preferência do atacante é ficar no Brasil. Vocês já ouviram isso: trocar a Europa pelo Brasil!! Conversa fiada.
Cuca terá Montillo de volta em Uberaba, mas tem enorme receio: o craque e o beque Gil estão dependurados no segundo cartão amarelo.
O Cruzeiro vai de força máxima, mas sem Thiago Ribeiro. Junto com Leandro Guerreiro está de terceiro cartão, recebido em Divinópolis. Bem que Montillo tentou, também. Não foi premiado.
Se forçar o terceiro cartão em Uberaba, Montillo ficará fora da primeira partida das oitavas de final. Risco enorme. Convém, então, tentar ir até às finais dependurados? É a pergunta que se faz na Toca da Raposa.
Camilo está vetado e não joga domingo. Flávio levou o terceiro cartão amarelo. Netinho quebrou a perna. Leandro Ferreira pegou uma gripe braba. Como o Coelho vai se virar pra pegar o Leão lá no Bonfim?
Mauro Fernandes, atrás da vice-liderança, coloca França no gol; Luciano volta no lugar de Camilo e Leandro Ferreira, se ficar de fora, a vaga será de Moisés.
Na lateral esquerda, sem Netinho que fraturou a base do dedo do pé esquerdo, volta Rodrigo, recuperado das dores na parte posterior da coxa esquerda. No ataque, moram os problemas maiores do técnico.
Ele experimentou Daniel Lovinho, que é ruim pacas. Botou Euller e não deu certo. Agora optou por Eliandro como companheiro de Fábio Júnior.
O treinador acha que o melhor mesmo é jogar com Fábio Júnior e Luciano. Mas será obrigado a colocar dois centroavantes.
E espera que a coisa funcione diante do Villa Nova de Wilson Gotardo, domingo as quatro da tarde no Penidão.
Existe a chance de na última hora, Mauro colocar o menino Caleb no meio-de-campo e empurrar Luciano para o ataque.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

DORIVA PRECISA RECONQUISTAR A MASSA


Na enquete que a Trincheira realiza semana sim, semana não, perguntou, nesta crise que o Galo passou, perguntou:


"'VOCÊ JULGA DORIVAL JÚNIOR CULPADO E SERIA FAVORÁVEL À SUA DISPENSA?"


Confessou que o resultado decepcionou porque sou defensor ferrenho do trabalho de Dorival Júnior, apesar de algumas fraquezas que me contaram sobre seu comando.


A) SIM: 44%

B) NÃO: 55%


Eu esperava mais apoio da Massa, porque em certos momentos Dorival era quase unanimidade.

COXA É O MELHOR DO BRASIL

O Coritiba, invicto nesta temporada, conseguiu uma proeza: 19 vitórias seguidas. Na última, goleou o Caxias, do Rio Grande do sul, por 4 a 0, no Couto Pereira, e, praticamente, garantiu sua passagem às oitavas de final da Copa do Brasil. Lembro aos eternos coveiros que o tecnico do Coxa é o ex-atleticano Marcelo de Oliveira

MONTILLO NA BOA

Montillo está dependurado no segundo cartão amarelo, mas não vai forçar o terceiro em Uberaba domingo sob pena de ficar de fora a primeira partida as oitavas de final, provavelmente contra o América-TO. Deveria ter provocado o terceiro em Divinópolis como fizeram Gil e Thiago Ribeiro. Porém, o argentino que ontem fez 27 anos passa a impressão de ser um dos puros do futebol. Podes crer, ainda existe gente boa e de bom coração no meio. Walter Gontijo é um deles. Pelo menos é o que dizem os repórteres que convivem com ele.

WALLYSON É UM DOS ARTILHEIROS DA LIBERTADORES


Wallyson fez o segundo gol na raça e na persistência. E deu assistência no primeiro, marcado por Thiago Ribeiro. Roger, enquanto teve fôlego, foi bem marcado e não apanhou do gramado ruim, nem da chuva forte. Jogou seu futebol refinado aplaudido até por Veron que acompanhou o jogo do camarote especial.

SERÁ QUE OS GOLS DO GALO VÃO APARECER AGORA?

Marquinhos chegou a Belo Horizonte trazendo esperanças ao torcedor do Galo que anda preocupado com a falta de gols ou de um centroavante matador. Quem sabe a solução será esta que veio do Japão?

NEM PASTO DE LA PLATA PARA MAQUINA AZUL

O ESTÁDIO Ciudad de La Plata é bonito. Uma arena onde se misturam futebol e grandes espetáculos musicais. A banda U2 fez três shows lá e arregaçou o gramado.
Deixou-o em petição de miséria para o jogo Estudiantes x Cruzeiro. Perdeu o futebol? A plástica dele sim, porque os times não conseguiram fazer a bola rolar. Ela ficava viva, quicando em excesso.
Quicou mas não atrapalhou os contra-ataques azuis bem aplicados no jogo inteiro.
Mas aquele gramado, mostrado pelo Cruzeiro, em fotos exclusivas do pessoal da delegação, e espalhadas no sites do mundo esportivo inteiro denigrem a imagem do futebol argentino.
Coisa da pior qualidade. Pior ainda é que o pessoal do Estudiantes trancaram o estádio antes do jogo, não deixou a imprensa brasileira mostrar tudo. Só foi possível através dos celulares da diretoria celeste.
Na hora do jogo, o gramado apareceu cheio de placas de gramas soltas e pintado de verde pra tentar enganar os telespectadores. A buraqueira continuava lá pra tristeza do futebol.
Nem o Fluminense da Rua do Sal em Caratinga tem um campo cujo gramado seja igual ao do Estudiantes de La Plata.
No primeiro tempo, o volume de jogo do Estudiantes foi maior. Porém, o Cruzeiro esteve mais efetivo. Marcou o primeiro gol antes dos 15m iniciais quando os argentinos gostam de pressionar.
Contra-ataque bem feito e o cruzamento de Wallyson e o complemento de Thiago Ribeiro.
No segundo, outro contra-ataque, jogada individual de Wallyson que driblou dois zagueiros, mais o goleiro e fez um sensacional gol.
Gilberto, o melhor em campo, marcou 3 a 0 noutro belo gol. Também de contra-ataque com direito a drible no beque e no goleiro.
Com 16 pontos, o Cruzeiro torna-se o melhor time da competição. Se chegar à final, ela será em Minas Gerais. Com ou sem estádio.
A melhor notícia do dia: a cirurgia no coração do pequeno Salvino cercou-se de um êxito total. Pra alegria do papai Walter Montillo.
Gente, as correntes que atuam nessa hora têm força de trombetas e são ouvidas por todos no Céu.
Que fase atravessa o goleiro Gomes, ex-Cruzeiro, atualmente no Tottenham da Inglaterra. No jogo de ida contra o Real Madrid (4 a 0) no Santiago Bernarbeu, tomou dois frangos.
Na partida de volta, em Londres, o Real fez l a 0, num chute do meio da rua de Cristiano Ronaldo.
Sabem o que aconteceu?
A bola veio em cima do Gomes, pelo alto. Ele esticou os braços, enrolou-se com a bola e caiu com ela dentro do gol. ngriPeruzaço histórico.
De goleiro pra ex-goleiro. Bruno não conseguiu mais uma vez habeas corpus. Os desembargadores da 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais negaram-lhe este instituto nesta quarta-feira.
Na verdade, ainda que tivesse êxito Bruno não sairia da Penitenciária Nelson Hungria de Contagem.
Ele responde por outros crimes, como de sequestro e lesão corporal no Rio de Janeiro.
Mesmo sem o corpo da vítima, Bruno continua sendo fritado. Até quando, só Deus – e os desembargadores daqui e do Rio – sabe.
Kalil tá na muda, calado demais. Isso pra torcida do Galo é boa coisa. De repente o twitter dele revela alguma nova contratação.
Liguei pra ele a fim de saber as novidades e brinquei: “aqui é o empresário de Lionel Messi. Quer contratá-lo?” Sorridente respondeu: “Preciso de dois”.
O Sada/Cruzeiro terá de pagar R$ 50 mil de multa por causa dos gritos dos xingamentos de “bicha” de sua torcida ao Michael, do SESI. Não dá nem pra coçar o bolso do italiano dono da equipe.
Só espanta os escorpiões.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

CINCO ESPERAM VEZ NO GALO

Dorival Júnior garante que o Galo terá cara nova no Campeonato Brasileiro. Afinal Alexandre Kalil e Eduardo Maluf correm atrás de mais duas contratações para repor as perdas. Afora isso, o clube já conta com cinco jogadores que o torcedor ainda não viu usar a camisa preto-e-branca.
Três só poderão estrear no Brasileirão, uma vez que não foram inscritos no Campeonato Mineiro. Um deles, o atacante Guilherme, ex-Cruzeiro e que estava no Dínamo de Kiev. Outros atletas anunciados pela diretoria para o Brasileirão são o volante Dudu Cearense, que estava no Olympiacos-GRE, e o atacante Marquinhos Cambalhota, que, nos últimos 10 anos, atuou no Japão.
Dudu Cearense foi apresentado esta semana, e liberado para ir à Grécia providenciar mudança. Marquinhos Cambalhota passará por exames médicos esta semana antes de assinar contrato com o Galo.
À espera de chance, outros dois jogadores poderiam ter estreado, mas dependem de Dorival Júnior. O beque Luiz Eduardo, contratado ao Mogi Mirim-SP, veio em fevereiro e busca espaço até entre os reservas nos coletivos. As opções de Dorival Júnior são Rever e Leonardo Silva, titulares, e Werley e Lima, reservas.
O outro que espera chance é o goleiro Lee. Chegou em janeiro, do Vitória da Bahia. É o segundo suplente. O titular é Renan Ribeiro, e o reserva imediato Giovanni, ex- Grêmio Prudente. Ele jogou até hoje apenas 45 minutos no amistoso contra o River Plate do Uruguai.

terça-feira, 12 de abril de 2011

CUCA SURPREENDE EM BUENOS AIRES

DEPOIS DE TREINAR A ANUNCIAR EVERTON no lugar de Montillo, Cuca deu um pulo atrás e vai de três volantes. Leandro Guerreiro entra ao lado de Henrique e Marquinhos Paraná. Pior assim. Com Everton, tinha um canhoto pra cair nas costas de Gilberto que será, este sim, o armador das jogadas com Roger. Agora, Leandro Guerreiro ficará pelo meio e com certeza Paraná jogará nas costas de Gilberto. Enrolou-se mestre Cuca!!!

MONTILLO E VERON, DOIS GRANDES AUSENTES

Se os pesos das ausências de Montillo, no Cruzeiro, e Veron, no Estudiantes, no clássico continental desta quarta-feira no Estádio Ciudad de Plata, pudessem ser colocados em dois pratos de uma balança, sem dúvida ela tenderia do lado dos azuis.
Montillo é mais jovem e atravessa uma fase espetacular.
Entretanto, se pesarmos a responsabilidade de cada um nas suas equipes o equilíbrio da balança seria total. A balança não se mexeria.
Apesar dos anos, perto dos 40, Veron representa o espírito dos hermanos de La Plata.
Capitão do time, fala pelo treinador no gramado; todas as jogadas têm início em seus pés e seus passes certeiros organizam os ataques e contra-ataques dos argentinos.
Montillo é explosão, é mais incisivo e decisivo. Tem um rebote de grande aproveitamento, arrancadas fatais rumo ao gol adversário. Além de notáveis assistências.
Só se lamenta que estejam fora do clássico tão importante na Taça Libertadores, em um confronto de imensa rivalidade e que decidirá o primeiro lugar geral da competição.
Castigo injusto para o futebol.
Veron será poupado pelo técnico Eduardo Berizzo. Talvez até de mentirinha, pra jornal noticiar e Cuca cair na armadilha.
Montillo fica de fora, realmente, para acompanhar a cirurgia delicada de seu filho Santino, de um ano, aqui em Beagá.
Ao surgir fato de tal importância, os pesquisadores pulam pro gramado. Já informaram que os azuis, sem Montillo, jogaram cinco vezes e venceram todas.
Muito bem! Venceram quem?
Tirante o Internacional ( l a 0, no Parque do Sabiá) e o Avaí (2 a 1, em Floripa) os demais adversários valem mais como treinamento: Ipatinga (2 a 0), Democrata Pantera ( 7 a 0) e Funorte ( 3 a 0) todos na Arena do Jacaré.
Nesta quarta-feira à noite, no horário da televisão, meu amigo, o adversário é forte, bem forte. Joga em casa, com o apoio de sua inflamada torcida.
O Estudiantes não terá Veron, e outros 4 titulares: o beque Desábato, os apoiadores Braña e Sanchez e o atacante Rodrigo Lopez.
Em compensação contará com as voltas de Fernandes, atacante e os zagueiros Roncaglia e German Ré.
Os jogadores azuis sabem, mas a torcida ignora: o Estádio Ciudad de La Plata, atualmente, é o melhor do continente.
Cuca confirmou Everton na vaga de Montillo. Dá grilo na gente!
Outro dia mesmo este moço foi liberado, de graça para o Fluminense. Não ficou por não passar no exame médico.
Não tem nada a ver com Montillo. Não cria, não chuta e apenas marca melhor.
Será um secretário de Gilberto, este sim com a obrigação de substituir Montillo e atuar ao lado de Roger.
É o tipo do jogo que eu daria preferência a mais um zagueiro, porém canhoto. Tipo Patrício Carioca que atua por dentro e na lateral.
Por falar nisso, que fim levou este rapaz?
Me alegra o espírito que o Cruzeiro leva para o jogo. De vencedor. Quer a vitória como estratégia do título da Libertadores.
Se ficar como primeiro geral fará até a decisão em casa, em que pese não termos mais estádio por estas bandas.
O Cruzeiro tem 85,48% de aproveitamento em casa. Ótimos números. Vale lembrar que nos seus títulos, ganhou o primeiro no Chile, contra o River Plate.
Foi vice-campeão, em Montevidéu, diante do Boca Juniors, na decisão por pênaltis, em 77. Seria o bi.
Depois ganhou o segundo título da Libertadores, no Mineirão e perdeu, também no Mineirão, a última chance contra o mesmo Estudiantes desta quarta-feira.
Aos 34 anos, Marquinhos Cambalhota, revelado pelo Coritiba em 2001, começa a treinar no Galo pra resolver o crucial problema da camisa 9 que tira o sono de Dorival Júnior.
Nos 10 anos de Japão, Marquinhos aprendeu bastante. Inclusive a correr de terremotos.
Tanto que ao enfrentar o mais forte de todos, juntou as trouxas e voltou ao Brasil.
Teve bastante sucesso. Ganhou títulos em 2003, 2007, 2008 e 2009. Jogou pelo Yokohama Marinos, e Kashima Antles, times poderosos na terra do Sol Nascente.
Em 2008 foi o goleador do campeonato e eleito o melhor jogador da temporada,
Ao lado de Magno Alves, 37 anos, fará o ataque goleador e mais experiente do futebol brasileiro. Afirma que corre 90 minutos no mesmo pique. Aguardemos pois, o homem das cambalhotas.
A estreia de Netinho no titular do América não terminou bem. Fora da posição não esteve bem.
Tornou-se a avenida por onde passeou o Democrata Pantera até fazer 2 a 0.
Netinho se lesionou aos 16 m de jogo, em um lance isolado, com fratura no pé esquerdo. Para por dois meses.
A fatalidade arrumou a equipe americana. Otávio foi jogar na lateral esquerda e fechou o buraco. Coelho virou o jogo: 4 a 3.

domingo, 10 de abril de 2011

PENÚLTIMA RODADA DO MINEIRO DEFINE TIMES DO G-4

A virada do América sobre o Democrata Pantera (4 a 3), na Arena do Jacaré, a vitória tranquila do Galo (2 a 0) sobre a Caldense e a manutenção da invencibilidade do América Dragão como mandante, em Teófilo Otoni, derrotando o Villa Nova (2 a 1) definiram de vez quem jogará a outra fase do Campeonato Mineiro.
Na realidade, esperava-se apenas a decisão de quarta vaga.
As colocações serão definidas na última rodada. Isso porque o Galo pode ficar com o primeiro lugar caso vença o América-TO, na Arena do Jacaré e o Cruzeiro deixe de vencer o Uberaba, no Triângulo.
Com 23 pontos, atualmente, os alvinegros ultrapassariam os azuis que têm 25 pontos.
Se empatar, entretant o, o time de Cuca fica com o primeiro lugar por causa do excelente saldo de gols.
O Coelho pode ser o segundo colocado caso o Galo tropece no América-TO – empate ou derrota – e ele vença o Villa Nova, em Nova Lima.
Chegaria a 25 pontos, e deixaria o Atlético pra trás. Dragão de TO não deixará o quarto lugar, o que já tá danado de bom. É o campeão do interior.
A briga permanece braba no descenso. O Guarani livrou a cara ao vencer o Funorte, em Divinópolis (2 a 1) e atingiu 10 pontos.
Com 5, o Funorte terá de comer grama diante do Democrata Pantera já quase atolada com 4 pontos. Este jogo será domingo em MOC. Os dois devem morrer abraçados.
O Ipatinga, conforme previu a Trincheira, pulou fora da zona de rebaixamento, mas não fugiu do fantasma. Goleou (4 a 0) o Uberaba no Ipatingão e chegou a 7 pontos.
O Tigre enfrenta o Tupi domingo que vem, novamente no Vale do Aço, e se salva com a vitória.
Registro apenas porque recebi um email de Poços reclamando. Mas lá reclamam de tudo no futebol.
Torcedor alega que a arbitragem ajudou o Galo ao expulsar um jogador da Caldense aos 26m do primeiro tempo. O placar estava em zero a zero.
Só não fala o que o distinto fez. Rezando, com certeza, não estava.
De qualquer forma, fico com uma pulga atrás da orelha. A Caldense era franco atirador. Não corria risco algum nem disputava nada. E o Galo ainda briga pra ser o primeiro. Como nossa arbitragem anda pela hora da morte!!
Acompanhei América 4 x Pantera 3. Ótimo jogo. A fatalidade ajudou o Coelho na contusão de Netinho. Mauro Fernandes teve de colocar Preto na zaga e deslocar Otávio pra lateral esquerda.
Arrumou a defesa que já tinha levado dois gols e podia levar mais. O Democrata, com Eli Tadeu, Vander e Fernandão, dando uma canseira no Coelho imaginou o jogo ganho.
O bom goleiro Vilar aceitou o primeiro gol num chute de longe de Leandro Ferreira. Tentou segurar pelas penas e não conseguiu. A primeira fase virou em 2 a 1.
Na segunda, o Coelho infernizou-se fez a virada em 4 minutos com Leandro Ferreira, Fábio Júnior e Irênio. Aí relaxou de novo e tomou o terceiro gol , o segundo de Fernandão.
Gostei de novo do Leandro Ferreira que define bem de fora da área com fortes arremessos de perna esquerda. Dudu impressionou-me: não fez uma falta sequer. Fábio Júnior marcou seu 12º gol.
Porém gostaria de destacar que Marcos Rocha continua sendo o melhor lateral que o Atlético tem. E está fora da Cidade do Galo. Absurdo, né?
OPERAÇÃO DO FILHO TIRA MONTILLO DA REVANCHE contra o Estudiantes, nesta quarta-feira, em La Plata, última partida da fase de grupos da Libertadores.
O atacante ficará em Belo Horizonte para acompanhar a cirurgia de coração do filho Santino, no mesmo dia da partida.
O plano B anunciado por Cuca prevê Everton no lugar de Montillo pra Gilberto ter liberdade de atuar na armação.
Senhor Bom Jesus! Que falta fará o argentino, mas sua causa é maior!
Havia a possibilidade de a operação ser adiada pelos médicos, por causa da pneumonia sofrida pelo garotinho na última semana.
Montillo foi liberado pelo clube e ficou à espera da confirmação, sem interferir na decisão dos médicos.
Sem Montillo e tendo de usar Everton, é provável que os cotovelos de Cuca e de alguns dirigentes do Cruzeiro doem com a informação de que Bernardo marcou seu sexto gol em dez partidas pelo Vasco.
E que seu pai e empresário voltou a afirmar que o ciclo de Bernardo encerrou-se na Toca da Raposa, enquanto faz carreira de ídolo em São Januário.
Só a cartolagem do Cruzeiro não sabe que o que é bom vem do novo, como diz meu amigo Fernando Vanucci.

sábado, 9 de abril de 2011

O QUE PRETENDE ZÉ LUIS AGORA: DERRUBAR DORIVAL?

Escorado no apoio de uma parte da mídia que gosta de ver o pegar fogo, sem abrir espaço aos dois lados, Zé Luís não tirou o Atlético de si, ainda. Já saiu do clube, mas insiste em cobrar uma posição que já foi mais do que explicada, até desnecessariamente, por Dorival Júnior e Alexandre Kalil.
É a tal dispensa sem justa causa: se o empregado não concorda com ela entra na Justiça.
Zé Luís entrou no circuito da imprensa alarmista, assessorado por profissional que sobrevive às custas de cacos alheios, na maioria das vezes que ele mesmo produziu com as suas fantasiosas e maldosas ilações.
As entrevistas de Zé Luís não acrescentam mais nada ao fato jornalístico. São notícias requentadas que animam apenas o currículo do repórter.
Em meus 51 anos de crônica esportiva eu vi este tipo de coisa acontecer milhares de vezes. Pude constatar, também, que quem vive de promover na imprensa fatos em proveito próprio, pode parecer que duram muito.
Não chegam, no entanto, aos 50, como este filho do Sodico.
Pela primeira vez Zurykson Braga – BH participa do meu blog. Joga pesado. Porque é democrata, a Trincheira abre este espaço para outros leitores saberem a opinião dele.
“Muito engraçado esse Flávio Anselmo e a maioria da imprensa chapa branca de minas. O Galo é eliminado por um timeco, que nem cidade sede tem, lanterna e saco de pancadas do campeonato paulista, e não se observa nenhuma cobrança em relação ao vexame”.
“Presidente que brinca de montar time e desmontar time a cada 4 meses. De contratar jogadores que há muito tempo não jogam nada, como Mancini, Magno Alves, Daniel Carvalho (chinelinho), Toró(brucutú), Neto Berola, Ricardo Bueno (horroroso) Richarlyson (reserva do São Paulo), Patric (que nunca jogou nada, nem banco era no Cruzeiro), Leandro (desde 2004 num joga), Fernandinho, Fábio Costa, Carini, Cáceres, Edson Mendes...enfim a lista é grande”.
“E ainda por cima ainda vende os melhores jogadores Tardelli e Obina e dispensa o melhor jogador do meio campo do time que era Ricardinho. Enfim uma sucessão de erros do presidente falastrão Kalil”.
“Enquanto isso, a raposa velha do Zezé Perrela dá um show nas contratações, contratando Victorino, Montillo, Roger, Brandão”.
“E eu como cruzeirense espero que Kalil continue por muito tempo no time do lado de lá da lagoa e que a torcida deles (cada vez menor) não proteste com essa situação e continue acreditando nas tuitadas e bravatas do seu presidente falastrão”.
Dorival Júnior, graças à consciência profissional e a seriedade de Roberto Abras, foi ouvido, também, sobre as acusações de Zé Luís. Falou o necessário. Entendo até que além da conta, apenas pra mostrar o outro lado que estava atento.
Pelo bem do Atlético, daqui pra frente penso que o pessoal lá de dentro deva colocar uma pedra em cima. Zé Luís e Ricardinho são páginas viradas e Dorival tem compromisso de tocar o barco, com reforços ou sem reforços.
MAIS PITACOS :
Reginaldo Souza Bairro Copacabana - BH
“É com dor no coração que eu tenho que dizer: foi melhor assim. Estou falando da eliminação do Galo da Copa do Brasil, porque time que depende de erro ou acerto de arbitro pra ganhar de Grêmio Prudente, que até outro dia era Barueri, pode fechar as portas e começar tudo de novo”.
“Porque se o juiz acerta aquele lance e o Galo tivesse classificado agora, imagina o tanto que "besteira" que iríamos escutar sobre esse time medíocre?”
“Os microfones da imprensa estariam babados de tanta falácia de que o time é bom, que as dispensas surtiram efeitos, que as contratações se encontraram.. blá...blá... blá...”
“ E esconderia o pior: esse time é ruim e medíocre. Agora eu te pergunto, quero sua opinião: você acha, Flávio Anselmo, que o Dorival, se não ganhar o Mineiro, resiste ao Brasileiro de 2011? Eu acho que não”.
Rubens Bagni Torres São João del Rei- MG – “ Dudu Cearense, sair para o lanterna do paulista, um time horrível ofensivamente diga-se de passagem, Daniel Carvalho que nem joga, agressão a arbitragem, time mal treinado e escalado, acho que o Dorival vai morrer abraçado com o Ricardo Bueno, diretoria que compra couve e anuncia lombo. É a "era do mico" está longe de acabar! Desta vez o texto foi pequeno”.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

DORIVAL PEDE APOIO DA MASSA PRA REFAZER TIME

Dizia meu pai, Sodico, que a maré não anda boa, o urubu de cima – pra não usar uma expressão chula – cospe no debaixo. Boa, também, a analogia de Stanislaw Ponte Preta: “o cara azarado vê seu pão cair sempre com a manteiga pra baixo”. Essa situação vive o Galo. Sair da Copa do Brasil num empate de 0 a 0 com o lanterna do Paulistão, na Arena do Jacaré, e ter duas expulsões na partida seria fácil de analisar: afinal este time não inspira nada em ninguém, mesmo contra adversário tão fraco como o Grêmio Prudente, em casa.
Porém, ter gol legítimo anulado aos 44m do segundo tempo, com nove jogadores e precisando apenas da simples vitória pelo placar mínimo dá pra se encaixar perfeitamente na maré de azar acima. Deve-se levar em conta que os erros de arbitragem são comuns em favor dos mandantes e dos times maiores. A preferência do assistente que anulou o gol de Réver contrariou todas as leis de probabilidades e determinações da Fifa.
Nas probabilidades, devia errar em favor do Galo que jogava em casa. Nas ordens da Fifa, existe uma orientação de que, na dúvida, valorize o gol, não marque impedimento. Duvido que o assistente tivesse tanta convicção na marcação do impedimento inexistente.
Tudo bem. Não vou usar tais argumentos para desviar o foco do real: Galo fez uma péssima partida, o tempo todo e não merecia, realmente, outro resultado. Impressionou-me o fato de que ninguém do time, individualmente, tenha mostrado alguma coisa boa. Do goleiro ao ataque, aos que entraram durante a partida, ninguém jogou nada.
A torcida livrou a cara de Felipe Souto. Tudo bem! Menino ainda, cheiode personalidade, canhoto, jogou mais que os velhos Serginho, Leo Silva, Rever, Magno Alves, Neto Berola, Mancine, Guilherme, etc, etc.
Léo Silva, aliás, se superou: conseguiu apanhar da bola em duas oportunidades ridículas, grotescas e caricatas. Caiu de bunda no chão e pernas para o alto.
Impossível não se dizer que este foi um jogo pra se esquecer...Alguns diriam, esquecer não mas pra se tirar lições dele. Pergunto: que lições amigos. Não sobrou nada aproveitável naquela noite fatídica na Arena do Jacaré nem pra se tirar lições. Esqueçam.

Apesar da tristeza que tem demonstrado desde o dia da dispensa dos dois jogadores, Dorival Junior abateu-se mais diante da eliminação na Copa Brasil, contudo não atingiu o estágio do desespero total: pedir seu boné, como muitos imaginavam. Pediu mais paciência ao torcedor pra remontar a equipe. Esperemos.
Na altura, os dois empatam. Na conta bancária, vence de goleada o outro. Faltam vários zeros na do meu amigo Osvaldo Reis, o Pequetito, pra pelo menos empatar com o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrela.
No talento, ambos fazem 10 a 10. No livro conta corrente das minhas boas amizades, porém, Pequetito dá de goleada. Por que este introito da implacável Trincheira?
A propósito do último programa Jogada de Classe, da TV Horizonte, que participamos. Orlando Augusto repetiu as informações dos setoristas da Toca da Raposa: WP 9 já é do Palmeiras.
Pequetito atalhou: ainda não falta a rubrica no contrato. Mais uma vez estava certo o excelente narrador da Rádio Globo. Porque Zezé Perrela que já havia anunciado o negócio com o Palmeiras, de graça, subiu nas tamancas: “se Vitor não vier, Wellington volta” ?
Como no futebol, as verdades continuam sem valer 20m, Perrela voltou atrás do atrás. O Palmeiras e o Sport, também, e Vitor vem aí.

Nesta quarta de futebol em todas as bandas, algumas surpresas aconteceram. Outras tiveram perto. Em Montevidéu, por exemplo, o Nacional bateu no Fluminense (2 a 0), campeão brasileiro, e, praticamente, o mandou embora da Libertadores.
O Santos continua vivo na competição, mas quase foi também. Fez 3 a 0 de início no Colo Colo, depois teve jogadores expulsos, e sofreu dois gols. Os chilenos mantiveram o segundo lugar no grupo e o Peixe, em terceiro, terá que brigar muito por uma vaga.
O Internacional, bem na fita, perdeu no México ( 0 a l) para o Jaguares. Com 10 pontos é, ainda, o primeiro do grupo.
Na Copa do Brasil, o Vasco passou por maus momentos mas conseguiu virar em cima do ABC ( 2 a 1) e garantir a vaga pra outra fase.
O Botafogo, também, com a vitória (3 a 0) sobre o Paraná classificou-se. O São Paulo suou, porém fez o dever de casa e tirou o Santa Cruz (2 a 0).
A Copa do Brasil se afunila e o sonho do Galo de ganhar a competição pela primeira vez entra pela 22ª chance para o ralo.

terça-feira, 5 de abril de 2011

NOVO GALO JOGA PRA ESPANTAR A CRISE

o PRESIDENTE ALEXANDRE KALIL afirmou na coletiva que usou pra justificar as dispensas de Ricardinho e Zé Luis que não existe crise no Atlético. Não deve existir mesmo. Seria absurda a ideia de estender sem limite um ato administrativo comum: a dispensa de dois funcionários. O Galo tem pressa porque precisa salvar seu primeiro semestre. E dentro deste projeto está a Copa do Brasil da qual poderá cair fora se não vencer o Grêmio Prudente nesta quarta-feira, na Arena do Jacaré. Derrotado no jogo de ida, em Prudente, por 3 a 2, o Galo com uma simples vitória de l a 0 mantém-se vivo na competição. O empate é dos paulistas. O Grêmio que vem de campanha fraca no Paulistão, após a contratação do técnico Márcio Goiano cresceu. Outro cuidado que Dorival Junior precisa ter, além de sacar do espírito da equipe qualquer baixo astral que a dispensa dos atletas possa ter deixado.

Vida que segue. Torço pra que siga bem pelos lados de WP 9 que conheci pessoalmente num dos programas Jogada de Classe, da TV Horizonte. Passou-me a impressão de gente boa.
Nos gramados, eu o acompanho desde os tempos de Botafogo. Seu estilo sempre me agradou, porque conheci bem do ofício. Não é paraquedista. A ingratidão do futebol faz WP 9 ausentar-se de Beagá até o fim do ano pra jogar em SP, no Palmeiras. Fará dupla com Kleber Gladiador, a mesma que barbarizou por uns tempos aqui no Cruzeiro. São amigos e bem entrosados.
Talvez essa saída, quem sabe, faça bem a Wellington Paulista. No entanto, duvido que volte se acertar as redes adversárias com a camisa do Verdão. Na realidade, é isso que Zezé Perrela quer que aconteça. Para ele e alguns cruzeirenses, o ciclo de WP 9 encerrou-se na Toca da Raposa.
Agora chegou a vez de Farias – em breve é outro que cairá fora, aguardem – Reis, André e Brandão, sem falar os que estão entre os titulares, Thiago Ribeiro e Wallyson. Este Brandão vem em quais condições?
Penso que se trata tão-somente de um exílio provisório até que a poeira se assente no problema sério que arrumou na França pra ele. Lá, ao contrário do Brasil, diga-se, a poeira não se assenta com facilidade. Não há jeitinho. Então, pode ser que Brandão volte no final do ano, mas pode ser também que fique pra fugir das garras da Justiça francesa.
Não gostaria de enganar-me quanto à saída de WP 9. Porém, minha intuição costuma não falhar. Sob o comando de Felipão e ao lado do Gladiador, Paulista tem grandes possibilidades de reencontrar seu norte. Dentro da área. Fora dela, como era usado aqui no Cruzeiro, saindo para os lados, abrindo espaços pra Roger e Montillo, ele ficou longe das redes e longe do prestígio que adquiriu entre os azuis das arquibancadas.
Os torcedores – aqueles poucos que pressionaram a cartolagem e vaiaram WP 9 após algumas partidas sem marcar – haverão de sentir sua falta. Nenhum outro mostra tanta entrega com a camisa celeste; pode haver igual, mais do que ele não.
Também são reais e honestas suas declarações de que não queria ir embora. Gosta de Belo Horizonte, sua família adaptou-se aqui, e tava bom demais. Torço que tenha sucesso lá.
Não faço parte da turma do ” BH que eu amo”. E não é por causa de Caratinga, minha terra natal. Beagá da qual eu gostava ficou na tela dos documentários, que nem Caratinga. Não sei se terminarei meus dias aqui, mas garanto que não será, também, em Caratinga. Vou escolher meu canto. Quem sabe em Lagoa Santa, lá no Condados? Sei lá. Tá cedo pra se pensar nisso.
Na verdade, o que eu gostaria mesmo de dizer é que o prefeito Márcio Lacerda, do qual tenho lembranças como estudante numa república de inhapienses na Rua Gonçalves Dias, me surpreendeu. Não votei nele, por causa das companhias. Contudo, sua face de empresário tocador de obras surge forte e resoluta. Tá que vira Beagá de ponta a cabeça. Parabéns.
Os adjetivos que Ricardinho usou pra se defender e autopromover-se dispensam qualquer justificativa de Dorival Júnior sobre a atitude que tomou. Ricardinho rotulou-se um “líder, atleta diferenciado, inteligente, capaz tornar-se referência em qualquer grupo”. Cruzes! Diziam que Emerson Leão era assim também, quando jogava.