sexta-feira, 27 de maio de 2011

DORIVAL CASTIGA DUDU CEARENSE


Dorival Junior preferiu manter o time do Galo do jeitinho que bateu no Atlético Paranaense, só com a volta de Léo Silva à zaga.
O grupo leva fé danada na questão psicológica, como aconteceu no primeiro clássico Atlético x Cruzeiro, este eliminado na quarta-feira anterior da Libertadores.
Torce que o Avaí, também, tenha sentido forte golpe na derrota por 2 a 0, na Ressacada, para o Vasco e que o tirou da decisão da Copa do Brasil.
O caso de Dudu Cearense me faz lembrar do falecido Jorge Mendonça, ex- Palmeiras, Guarani e Cruzeiro, na Copa de 78. O técnico Cláudio Coutinho o chamou para entrar e o botou pra aquecer. Esqueceu-se dele. Mendonça aqueceu 30m, o jogo terminou e ele não entrou. O episódio entrou para o folclore do futebol mundial.
Daniel Carvalho também segue sem ser relacionado. A principal novidade na lista é a presença de Jonatas Obina, que ainda não estreou pelo Galo. Mancini e Guilherme Santos, vetados da primeira partida do Atlético, estão entre os relacionados, mas não devem começar no time titular. Serginho, suspenso, e com o meia Renan Oliveira, que se recuperou de uma torção no joelho direito ficam na Cidade do Galo treinando. .
Vale dizer que o time será o mesmo que derrotou o Furacão(3 a 0) na estréia. Leandro e Toró estão mantidos entre os titulares. Guilherme Santos na reserva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.