domingo, 22 de maio de 2011

GALO MASSACRA FURACÃO


AINDA QUE TENHA sido no seu terreiro, Arena do Jacaré, o Galo ao contrário do arquirrival mostrou espírito de competição. Superou suas limitações para fazer 3 a 0 no seu xará de Curitiba, com total autoridade. E olha que o Furacão é adversário mais credenciado que o Figueirense. Magno Alves fez dois gols de cabeça e Toró abriu o marcador. Foi o primeiro gol do Brasileiro/2011. A estréia de Guilherme foi discreta, mas suas qualidades visíveis. O grande nome da partida foi o garoto Geovani Augusto, com aplicação e ótimas assistências nos três gols. Se jogar assim mais uma três vezes, que coloquem, também, o Galo no rol dos favoritos. Por favor!
O Flamengo que é sempre favorito de qualquer Brasileiro, pois tem o maior número de títulos, goleou o mistão do Avaí por 4 a 0, em noite que até Ronaldinho Gaúcho marcou o seu.
O Vasco virou pra cima do Ceará, em Fortaleza, com dois gols de Bernardo e um de Jeferson. O placar: 3 a 1. Que dor de cotovelo Bernardo passa para Cuca e adjacências...
Reserve um espaço de favorito, também, para o Corinthians: virar em cima do Grêmio (2 a 1) no Estádio Olímpico, credencia o vencedor.
O Palmeiras, com futebol de resultado no estilo Felipão, venceu o Botafogo (1 a 0) e vem atrás de mais três pontos na Arena do Jacaré, contra o Cruzeiro, na segunda rodada. Acorda a moçada, Cuca!
Marcelo Oliveira viveu momentos de glória e ainda vive com a chance de ganhar a Copa do Brasil. Porém estreou mal no Brasileiro, na volta do Coritiba à Série A: derrotado no Couto Pereira pelo Atlético-GO por 1 a 0, com gol do atacante Marcão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.