sábado, 21 de maio de 2011



O Cruzeiro apresentou o meia-atacante Bruninho
Ele tem 21 anos e foi recebido com o 11º reforço na temporada. Destaque do Bahia de Feira na conquista do Estadual. Teve 50% dos direitos adquiridos por valor não revelado. O clube baiano continua com 40% e empresários, com 10%.
Cheio de confiança, Bruninho participou do coletivo tático na equipe reserva. No fim do treino, ele cobrou faltas. E afirmou: “Foi bom, o professor Cuca me deu orientação, falou que marcar é muito importante. Ele mandou bater uma faltas, graças a Deus bati bem e espero continuar assim". Coitado do jovem! Não sabe de nada. Se um dia chegar a jogar no time principal será o quinto jogador na fila de cobradores de falta, a não ser que se torne uma estrela antes disso. Coisa, também, complicada, porque "o professor" Cuca, bom de serviço, bom treinador,tem birra de trabalhar com gente nova. Me conta aí o nome de alguém jovem que tenha lançado na Toca da Raposa. Dudu não vale. Foi lançado antes e rejeitado por Adilson Batista, outro que se arrepia ao falarem com ele em renovação. O menino Bruninho disse mais: "Me falaram que baianos se dão bem com a rapaziada mineira, espero fazer um bom campeonato aqui, levar a equipe do Cruzeiro a ser campeão brasileiro”. Lembro-me de nomes da Bahia que foram astros fugazes na Toca da Raposa. (Foto EM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.