terça-feira, 10 de maio de 2011

PERGUNTAS, PERGUNTAS, PERGUNTAS - ll

Lá vai este filho de dona Geralda, ladeira abaixo, na rua Abre Campo, comendo suas goiabinhas vermelhinhas, quando passou então pela 13ª e decisiva pergunta:
Se perder o título mineiro,o Cuca sai?
Resposta: neste momento, recorro à excelente pesquisa feita pelo jornalista Gilmar Langnier/EM/Superesportes.
Segundo seu levantamento, desde 1991 treinadores de Atlético e Cruzeiro que perdem o Campeonato Mineiro não permanecem nos seus clubes até o final da temporada. E olha que a competição já era achincalhada e chamada de Campeonato Rural por Zezé Perrela.
Agora, sua submissão à Rede Globo não lhe permite mais rotular de Rural a competição que ela promove e paga caro pelos direitos.
Em 1991, o técnico do Cruzeiro era o saudoso Ênio de Andrade. O Galo foi campeão, porém Ênio permaneceu até dezembro.
Apenas pra comprovar o risco que Cuca corre de perder o emprego, caso não seja campeão mineiro, aproveito a ordem decrescente da pesquisa de Gilmar Langnier:
Em 2010, o Atlético foi campeão, e o treinador do Cruzeiro Adilson Batista, saiu para a entrada de Cuca. Em 2009. Emerson Leão, técnico do Atlético, foi defenestrado com o Cruzeiro campeão. Veio Celso Roth.
Em 2008, Cruzeiro campeão e Atlético dispensou Geninho. Trouxe Alexandre Gallo. Em 2007, Paulo Autuori, cheio de banca, perdeu o emprego após ver o Galo campeão. Entrou Dorival Júnior.
Em 2006, o técnico do Galo era Lori Sandri que caiu com o Cruzeiro campeão e chegou Levir Culpi.
Fato interessante em 2005: o Ipatinga campeão mineiro e com isso Atlético e Cruzeiro dispensaram seus técnicos: Procópio Cardoso no Galo para a entrada de Tite e Levir Culpi no Cruzeiro substituído por PC Gusmão.
Em 2004, o Cruzeiro ganhou o título e o técnico do Atlético, Paulo Bonamigo perdeu o emprego para Jair Picerni. Em 2003, Cruzeiro campeão e Celso Roth sem emprego, com a chegada de Marcelo Oliveira.
Em 2002, Cruzeiro campeão e o Galo dispensou Levir Culpi e trouxe Geninho. Em 2001, o Coelho venceu o campeonato. Abel Braga caiu no Galo, trocado por Levir Culpi; e Luiz Felipe Scolari saiu da Toca substituído por Paulo César Carpegianni.
Em 2000, o Galo foi campeão e Paulo Autuori, de novo, foi dispensado trocado por Marco Aurélio. – Atlético campeão. Em 1999, com o Atlético campeão, Levir Culpi foi embora e seu lugar foi ocupado por Paulo Autuori.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.