sexta-feira, 3 de junho de 2011

ACUSAÇÕES ENCHEM PÁGINAS EM VEZ DO FUTEBOL



Vou tentar fazer-me entender com relação às insinuações que pipocam no meu blog – www. flavioanselmodepeitoaberto.blogspot.com – sobre a ausência de comentários da vida empresarial do Zezé Perrela. O que me amola: em vez de falar sobre Fluminense e Cruzeiro que jogam neste sábado no Rio, ou de América x Internacional, em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, vou falar de crises.
O dono do fato é o jornal Hoje em Dia. Cabe a ele explorá-lo e produzir comentários como lhe interessar. Tenho comigo que o HD não colocaria, irresponsavelmente, nenhuma matéria que não já tivesse merecendo interesse das autoridades.
Há tempos ouço falar sobre os problemas de Zezé com a Justiça Federal.
Não tenho nada a comentar porque tenho por hábito não linchar ninguém, apenas por reportagens jornalísticas. Quando houver uma decisão final – se houver, principalmente se ele virar Senador – falarei. Mas não esperem nada emocional como os amigos e inimigos do Presidente celeste.
Não tenho nenhuma relação de amizade, ainda que formal, com Zezé presidente ou com ele como pessoa. Não voto nele,. Por enquanto guardarei minha boca pra comer minha farinha. Espero que tenham me entendido.
Outra coisa, a Nota de Esclarecimento de sua Assessoria chegou pra mim.
Não a divulgarei e nem a comentarei, porque só fala de futebol num tópico sobre uma possível transação irregular feita por Zezé nas negociações de Luizão e Ramirez.
Sem provas, não digo nada. E tentem entender: torcedor, a favor ou contra, pode falar como bem entender sem nenhum risco de pagar alta reparação por dano moral. Não estou disposto a isso.
Quanto a Nota de Esclarecimento do América aborda futebol e um assunto quente que é a burrice governamental de derrubar o Mineirão e o Independência. Leiam a nota da diretoria do Coelho:
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Em respeito a seu torcedor e ao povo mineiro, o América Futebol Clube vem a público esclarecer informações equivocadas sobre reportagem publicada na edição desta quinta-feira (02/06) do Jornal Hoje em Dia, a respeito da segunda etapa de obras de reforma do Estádio Independência.
Conforme consta no próprio texto da matéria, o Tribunal de Contas do Estado fez questionamentos em alguns itens do edital, não em seu conceito, como dá a entender a matéria.
Como a própria reportagem informa a Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), por intermédio do Departamento de Obras do Estado de Minas Gerais – Deop-MG., responsável única pelo processo licitatório, já repassou planilhas e as devidas justificativas para os itens colocados em dúvidas.
Quanto à “ambição” da diretoria americana em ter um “ótimo” estádio em “região desfavorável”, o América Futebol Clube assume ser um dos mais ambiciosos clubes do futebol brasileiro.
Sua diretoria, com visão moderna, séria e comprometida com os valores mineiros, se empenhou pela construção de uma arena que pudesse exercer adequadamente sua função de estádio alternativo ao Mineirão, a exemplo do papel exercido pelo moderno Estádio João Havelange, o “Engenhão”, no Rio de Janeiro.
Dentro das quatro linhas, movido por sua ambição de representar dignamente o futebol mineiro, o América, através de um novo e moderno conceito de gestão, tirou o time do Módulo II do Campeonato Estadual, trazendo-o de volta ao Módulo I.
Foi também com este sentimento que o clube trabalhou no resgate do time da Série C para a Série A do Campeonato Nacional, em apenas dois anos, e agora ambiciona vaga em uma competição internacional para o ano de seu centenário, em 2012.
Foi, sim, por pura ambição que a diretoria americana decidiu transformar o envelhecido estádio Independência na mais moderna arena de eventos do país. Para isso, abriu mão do uso exclusivo do estádio e firmou parceria de longo prazo com o Governo do Estado.
É importante ressaltar, ainda, que o investimento na reconstrução do Independência é o de menor valor do país em comparação a projetos similares, levando-se em conta recente levantamento feito pela revista Veja.
Uma obra que, além de eliminar todos os problemas anteriores do estádio, proporcionará lazer com conforto e segurança à população, grande valorização para o que a matéria chama de “região desfavorável”, além de significativas melhorias em segurança pública e transporte.
Um empreendimento que irá se transformar em ponto turístico e no mais novo motivo de orgulho para a Nação Americana e para o povo belo-horizontino.
Resposta: Não acusei o América de nada, sou manifesto admirador de Marcos Salum, por isso abro-lhe o espaço necessário no meu blog.
Sobre a rodada do Brasileiro no final, ajo, também, como das vezes anteriores. Uso sempre minha Trincheira aos sábados e domingos para explorar outros assuntos interessantes do futebol, afora os jogos. Quanto aos assuntos acima, considero-os esgotados.

2 comentários:

  1. Bom dia!

    OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA

    Após as denúncias dirigidas ao presidente e suplente do Senador Itamar Franco, Sr. Zezé Perrella, o Jornal hoje em dia está sendo dsicriminado, conforme a matéria abaixo do próprio jornal.
    Isso simplesmente comprova a censura imposta por esse político a grande e esmagadora parte da imprensa mineira, especialmente a rádio itatiZEIRO que tem arrebentado com a Instituição Atlético a mando desse desequilibrado que controla o futebol mineiro e imprensa através de cabrestos e chicotes.

    Truculência e abuso de poder

    A propriedade foi registrada em nome da Limeira Agropecuária e Participações Ltda., que tem 95% das cotas divididas entre os filhos de Perrella

    Da Redação - 3/06/2011 - 03:43

    O jornal Hoje em Dia está sendo discriminado pelo presidente do Cruzeiro Esporte Clube, Zezé Perrella, por ter publicado duas reportagens sobre o cidadão José Perrella de Oliveira Costa, revelando que uma fazenda, no município de Morada Nova de Minas, avaliada em R$ 60 milhões, não consta da declaração de bens do então deputado do PDT entregue à Justiça Eleitoral em 2010, quando se apresentou como primeiro suplente do senador eleito Itamar Franco (PPS). A propriedade foi registrada em nome da Limeira Agropecuária e Participações Ltda., que tem 95% das cotas divididas entre os filhos de Perrella.


    A denúncia chamou a atenção do Ministério Público Estadual, que vai investigar a evolução patrimonial de Perrella. A Promotoria do Patrimônio Público quer saber como ele conseguiu adquirir uma fazenda de 3.700 hectares, avaliada em R$ 60 milhões, valor que o empresário não contesta. Ao contrário, confirma em nota enviada ontem ao e-mail da Editoria de Política deste jornal. Após dois mandatos parlamentares, um como deputado federal e outro como estadual, e de dez anos na direção do Cruzeiro, Perrella informou à Justiça Eleitoral em 2010 ter um patrimônio de apenas R$ 490 mil.


    As duas reportagens repercutiram em todo o país e foram reproduzidas pelos grandes jornais de circulação nacional, rádios, televisões, portais e na rede social da internet.
    O Hoje em Dia tem uma das melhores editorias de Esportes de Minas Gerais e tem feito, diariamente, reportagens exclusivas não só sobre o Cruzeiro, mas também do Atlético e do América.

    Agora, nossos repórteres só poderão entrar na Toca da Raposa para assistir aos treinos e às entrevistas coletivas. "Não tem mais foto, não tem entrevista exclusiva, não tem aspas, não tem nada. É simplesmente ver o treino e a coletiva", foi a resposta do diretor de Comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes, segundo ele, a mando do presidente do clube, Zezé Perrella, quando o repórter solicitou uma simples entrevista com o diretor de Futebol, Dimas Fonseca.


    O Hoje em Dia pede desculpas aos milhões de torcedores do Cruzeiro, que provisoriamente vão ficar sem as melhores informações sobre o Campeão Mineiro de 2011. Nossa equipe de Esportes vai continuar trabalhando para fazer a melhor cobertura, apesar da falta de respeito do presidente do clube, que está misturando seus problemas particulares com os do Cruzeiro. Vamos continuar ainda com a melhor cobertura esportiva do Atlético e do América, como é da tradição deste Hoje em Dia.
    O que nos causa revolta é a COVARDIA E OMISSÃO DESSA GENTE DE IMPRENSA QUE SE CURVA DE JOELHOS AOS NA SEIOS PERRELLISTAS.
    ONTEM NO PROGRAMA BASTIDORES, O ANÃO COM O APOIO DO REPÓRTER CONDUTOR DO PROGRAMA NOS FEZ DE PALHAÇO E NOS HUMILHOU AO DIZER QUE 100.000 REAIS NÃO DÁ PRA VIVER E QUE ELE NÃO É FRANCISCANO, POR ISSO TEM MUITO DINHEIRO.
    AO INVÉS DE APERTÁ-LO COM PERGUNTAS DURAS E QUESTIONÁ-LO POR ESSE DESRESPEITO AO POVO, O REPÓRTER JOÃO VITOR XAVIER ( mais um discípulo do Emanuel raposa e servo perrellista) DEU RISADAS E USOU E ABUSOU DO PODER DO MICROFONE E DA IRONIA

    ALÔ: SINDICATO DOS JORNALISTAS, CONSELHO DE ÉTICA, AMCE E MP, VOCÊS NÃO VÃO FAZER NADA?
    O POVO DE BEM DO NOSSO ESTADO SENTE-SE ENVERGONHADO DESSA OMISSÃO E DESSA DITADURA QUE NOS CAUSA NOJO E ÓDIO!
    MEU DEUS A QUE PONTO CHEGAMOS

    ResponderExcluir
  2. o HD tem meu apoio e solidariedade no absurdo caso de fechamento da Toca aos seus repórteres. Qual cerceamento ao direito dos jornalistas do HJ de exercem dignamente a missão que lhes cabe é digno, tb, de repúdio. A arrogância é a segunda veste de Zezé Perrela, surpreendentemente um homem que mudou de personalidade ao deixar sua vida simples de comerciante de linguiça para tornar-se um ditador na presidência do clube de maior torcida em Minas. Por isso, o jogo está virando contra ele, ainda que se torne Senador.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.