quarta-feira, 15 de junho de 2011







Eu havia estabelecido que só responderia mensagens através do blog. No entanto, esta do leitor contumaz Helmar, enviada de Porto Alegre, merece espaço. Diz ele: “Depois de um bom tempo preciso escrever para você até como forma de desabafo: fico impressionado com a incapacidade dos cruzeirenses em influenciar/iniciar uma mudança em toda a nossa Diretoria, visto a blindagem imposta pelos Perrellas na administração do Cruzeiro”.
E continua: “Infelizmente não temos planejamento há anos e me parece que a série B é o objetivo deles. Me impressiona a "cara-de-pau" de todos eles diante das contratações e dispensas desde 2003. O foco é quantidade e não querem entender que precisamos de apenas 2 ou 3 jogadores qualificados. para o elenco. Será que é tão difícil assim? Anos se passam e a paixão pelo futebol... indo embora. Triste conclusão!”
Não é que concorde com tudo que o Helmar escreveu. Com grande parte sim. A questão do elenco é, por exemplo, contraditória. A diretoria trouxe nomes de peso como Victorino, Montillo, Farias, Brandão, Wallyson, Vitor, Pablo, Léo, Naldo, Gilberto, Roger, e outros que estão aí há mais tempos.
O time fez campanhas boas com Adilson Batista e Cuca, porém não ganhou títulos de expressão. Mineiro não conta mais para algumas pessoas. Jogadores de destaque em outras praças vieram e não vingaram. Não é culpa da diretoria.
Bons meninos foram dispensados e brilham lá fora: aí sim, culpa da diretoria. Só discordo da muralha que o Zezé Perrella ergueu em torno do seu trabalho, excluindo o torcedor apaixonado e a imprensa livre.
Só há lugar para os bajuladores e a imprensa submissa. Não existe nada mais transparente no Cruzeiro.

Um comentário:

  1. Caro Flávio, é impressionante como esta imprensa
    mesmo sendo desacatada pelo anão de jardim,
    ainda dão espaço para este cara falar. Quanto a
    muralha erguida em torno do clube, é para se
    esconder do MP e da Policia Federal, pois, se
    abrir o bicho pega, se ficar o bicho come. Por
    falar nisto, onde anda o Alvimar, pulou do
    barco antes dele afundar? Tá danado, a cadeira
    está balançando, não demora a cair. Quem viver,
    verá.
    Um abraço

    Luiz

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.