terça-feira, 21 de junho de 2011

INVENTARAM ATÉ NÚMEROS CONTRA JOEL

Números contra Joel Santana começam a pipocar nos sites. Arrumaram uns números interessantes até: de todos os técnicos que já disputaram os pontos corridos da Série A do Brasileirão, Joel Santana é apenas o 23º, com 46,37%. Ele está atrás, por exemplo, de Adílson Batista, o 7º, com 51,61%; de Cuca, o 11º, 50,18%, e de Dorival Júnior, o 12º, com 49,27%.
Agora a análise: esta é a nona edição do campeonato brasileiro em pontos corridos. Joel não participou em 2006, 2008 e 2009 porque trabalhava no exterior. Pois bem. Teve nove trabalhos em cinco brasileiros, sendo que os três últimos foram os melhores.
Em 2005, Joel assumiu o Flamengo com a missão de evitar o rebaixamento nas nove rodadas finais. Ele teve êxito e conseguiu seis vitórias e três empates, com aproveitamento de 77,77%.
Já em 2007, com 26 rodadas no comando do Flamengo, Joel teve o seu melhor momento nos pontos corridos. Ele evitou novamente o rebaixamento do clube e, com uma arrancada, garantiu a classificação à Libertadores como terceiro colocado. O aproveitamento foi de 62,82%, com 15 vitórias, 4 vitórias e 7 derrotas. Foi o melhor trabalho dele em longo prazo.
Como Joel foi parar em 23º se os outros treinadores à sua frente participaram mais da competição? Tem algo errado. Não deve ser critério de aproveitamento.
Papai Joel não deverá escalar uma equipe contra o Coritiba bem diferente daquele do Cuca. De bobo ele não tem nada. A partida também será no sábado à tarde, na Arena do Jacaré. Até espera a recuperação de Fabrício e Gilberto. Na lateral direita, sem inventar, escalou Diego Renan. Caso Gilberto não jogue, coloca o Everton. Sei que, todavia, fará mudanças no futuro próximo. Arrumará uma posição pra Guerreiro, como seu homem de fé e líbero da zaga. Jogará Montillo mais à frente, ao lado de Thiago Ribeiro ou Wallyson. Não creio que Gilberto seja lateral com ele. Na recuperação de Vitor ou Pablo um deles ocupará a lateral direita e Diego Renan voltará à esquerda. Seu time terá uma linha de quatro, mais à frente outra de quatro, e dois no ataque.
Para o leitor entender bem a especulação que faço: o time futuro de Joel Santana terá Fábio – precisa urgente de uma recuperação psicológica e técnica – Vitor (Pablo), Victorino, (Léo), Gil e Diego Renan; Fabrício, Leandro Guerreiro, Henrique –outro que anda bem abalado – e Gilberto. Thiago Ribeiro (Wallyson) e Montillo. Muitos marcam e todos atacam.
Gostei, mandarei a cornetada direto pra ele. Por meio da Assessoria de Comunicação ela não chega. O Diretor de Comunicação não deixa não. Hehehehe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.