sábado, 9 de julho de 2011

TEM JEITO NÃO: SP MANTÉM TABU E CRUZEIRO CAI NA TABELA



0 São Paulo com Rivaldo de titular e aos 40 anos com fôlego de menino de 20 manteve o tabu de não perder no Brasileiro para o Cruzeiro no Morumbi; derrubou os azuis na classificação geral e quebrou o ritmo de entusiasmo de Joel Santana pelas três vitórias seguidas. Tem nada errado, não. O problema é que Papai Joel recebeu um bagaço danado e até teve méritos em colocar a casa em ordem tão rapidamente. Contudo, a era Cuca deixou estragos que Joel precisará de tempo pra corrigir.
O Cruzeiro não resistiu ao São Paulo no Morumbi foi derrotado por 2 a 1. Caiu para o 10º lugar,por enquanto. Até o final da rodada, neste domingo, poderá ser ultrapassado por Coritiba, Ceará e Bahia e terminar em 13ª colocação, com 12 pontos.
Já o São Paulo retomou a vice-liderança do campeonato com 18 pontos. Neste domingo, o Tricolor torcerá contra o Flamengo para manter a posição.
No próximo domingo, o Cruzeiro recebe o Bahia, às 18h30, na Arena do Jacaré, mirando a quarta vitória na competição. Na mesma data e horário, o São Paulo vai a Porto Alegre enfrentar o Internacional.
Aos 20m, Rivaldo envolveu a defesa azul numa tabela com Marlos, que encontrou Dagoberto livre na pequena área para abrir o placar. Aos 39 minutos, Dagoberto penetrou na área e foi derrubado por Fábio. O time tricolor pediu o pênalti, mas o árbitro Marcelo de Lima Henrique não marcou. Curiosamente, o juiz também não aplicou cartão amarelo ao atleta por simulação. Se o tivesse feito, Dagoberto seria expulso, pois já estava amarelado.
O São Paulo começou o segundo tempo arrasador para cima do Cruzeiro. Rivaldo carregou a bola, com cinco defensores celestes e apenas um companheiro são-paulino. Mesmo assim, encontrou Marlos na entrada da área. Ele chutou no ângulo superior direito de Fábio,fazendo 2 a 0, aos 50 segundos de jogo.
Aos 11 minutos Joel Santana tirou Vitor que estava mal na partida, e colocou Roger, deslocando Marquinhos Paraná para a lateral direita. O Cruzeiro seguiu sem objetividade. Mas a alteração seguinte de Joel surtiu efeito. Ortigoza entrou no lugar de Thiago Ribeiro e em seu primeiro toque na bola deixou Wallyson na cara do gol, em cruzamento da direita. O atacante acabou com o jejum de oito jogos sem marcar. O time celeste terminou a partida com cinco jogadores amarelados. Gil levou o terceiro e não joga contra o Bahia. Problema sério.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.