terça-feira, 23 de agosto de 2011

BOTA NÃO PARA DE VENCER O GALO, PÔ!

O gol dos cariocas foi de pênalti. Outra vez pênalti duvidoso. Foi falta de Léo Silva? Foi dentro ou fora da área? Tais dúvidas não existem nas cabeças racionais: não houve a falta de Léo e foi fora da área. Contudo, como a fase é daquelas, na dúvida: apita contra o Galo, juiz!
É o que manda a lei das entrelinhas na CBF. Ou de quem, realmente, comanda o futebol tupiniquim. Na verdade, o jogo do Engenhão, o segundo entre Atlético x Botafogo pela Copa Sul Americana, era o tipo de morte anunciada. O Fogão havia feito 2 a l, em Ipatinga, na ida. O Galo virou freguês dele. Então, a vitória agora por l a 0, gol de Herrera na cobrança do pênalti duvidoso foi mais que justa. Fim de papo.

Falamos ao telefone; Ney Franco, campeão do mundo sub-20, o melhor treinador da jovem geração brasileira, e este filho do Sodico. Nós deixamos combinado possível encontro em Vargem Alegre, dia 11 de setembro, por ocasião do batizado de sua filhinha Isabela, de um ano. Como existe ali por perto um feriado dia 7, quem sabe faço aquela parada em Caratinga, eu revejo as netinhas Luana e Sophia e minha querida Juliana.
E por falar em Ney Franco penso em Dudu personagem de dois fatos esses dias. O sequestro de sua filha de quatro meses, em Goiânia, que melou meia hora depois, com os bandidos abandonando a criancinha atrás de uma igreja; e a declaração marota do técnico Joel Santana.

Após declarar amor eterno ao Gilberto, o que ratifica a previsão da Trincheira de que Papai Joel acabará por morrer abraçado ao mau humorado amigo, o técnico saiu com essa pérola:
"O Dudu é uma pedra preciosa, um jogador que, a cada dia que passa, está crescendo, e faz parte do nosso grupo É um jogador que, quando saiu daqui, entrou bem em alguns jogo da Seleção, contribuiu até para alguns resultados. É um jogador que despontou bem na Seleção Brasileira, é um jovem promissor que, claro, faz parte do nosso grupo".
Ou seja, Dudu no entendimento de Joel será bom reserva. Todo treinador que renega trabalhar com atleta da base sempre possui uma desculpa na ponta da língua pra não deixar os repórteres sem resposta. Uns dizem que não gostam de queimar etapas; outros que é preciso muito cuidado pra não prejudicar o jovem talento.
Chiiii, vem confusão por aí! O paulista Sálvio Spinola Fagundes Filho apita Atlético x Cruzeiro, domingo, às 18h, na Arena do Jacaré, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ele será auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Helbert Costa Andrade, ambos das Geraes do doutor Tonico Anast-azia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.