quinta-feira, 4 de agosto de 2011

FAZER OMELETE SEM OVOS



A MISSÃO QUE ENTREGARAM AO experiente e vencedor Joel Santana é de um milagreiro: como fazer omelete sem ovos! O Cruzeiro continua uma deplorável caminhada sem esperança, testando centroavantes incapazes, adaptando laterais e, o pior, escalado com apenas 9 jogadores. Contra o Flamengo, invicto e vice líder do campeonato, sem Ronaldinho Gaúcho exibir todas suas qualidades,em compensação Thiago Neves jogando pelos dois, Papai Joel fez de tudo. Botou e tirou Reis, sem que o atacante fosse visto em campo; trocou-o por outro invisível, Ortigoza; tirou Diego Renan da lateral direita, onde estava bem e voltou com ele pra sua antiga posição de lateral esquerdo, e o fez desaparecer, também. Ah, o craque Montillo! O que mais preocupou, o que tentou fazer de tudo, mas esbarrava na preguiça de Gilberto. Só se viu Gilberto em campo, naquele espaço de 3m por 3m que ele ocupa ao cometer três faltas desclassificantes. Naldo assustado com a briga mano a mano com R10 apanhou da bola. Ele e o Gil. Mais tranquilos, Fabrício e Paraná. No único instante em que se descuidaram de R10 e Thiago Neves os dois puxaram o contra-ataque do gol de Deivid. É bom que se alerte: o Cruzeiro não faz nenhuma jogada de fundo, exceto com Montillo ou nas tentativas poucas de Walyson. No mais, pinga as bolas na área advers´ria. Foi assim no lance: Renan Diego pingou da direita, Reis não pegou e nem conseguiu acompanhar Léo Moura na primeira arrancada. A bola chegou a Thiago Neves na ponta direita, nas costas de Everton e Gilberto que nunca estão no lugar certo, na hora certa. Thiago rolou pra Gaúcho que de corpo entortou Gil e rolou pra Deivid na cara do Fábio. Foi escolher e fazer. E pensar que nas duas derrotas em casa, se tivesse vencido uma e empatado a outra pelo menos, o ex-Trem Azul estaria perto do G-4 do Bem. Que sina!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.