quarta-feira, 17 de agosto de 2011

OLHAÍ QUE NOTÍCIA PRA LÁ DE BOA

Tupi é um dos quatro invictos do CampeonatoTerminado o primeiro turno da Série D do Campeonato Brasileiro, apenas quatro (dos 40) times permanecem invictos. E o Tupi é uma dessas equipes que ainda não perdeu. As outras são Santa Cruz-PE (grupo 3), Villa Nova –MG (6) e Cianorte-PR (chave 8). Em número de pontos conquistados, o Galo, com oito (duas vitórias e dois empates) é o oitavo mais eficiente, ao lado do Santa Cruz e atrás de Villa Nova (12 pontos – única equipe 100%), Cianorte (10) e Cuiabá-MT (grupo 1), Sampaio Corrêa-MA (chave 2), Treze-PB (grupo 4), Coruripe-AL (também do 4) e Juventude (chave 8) – todos com nove pontos conquistados.
O ataque do Sampaio Corrêa marcou doze gols e é o melhor do campeonato. Nesse quesito, o Tupi, com sete, ocupa a nona posição geral. Já a defesa do Galo, que só levou três gols, é a quinta mais eficiente da Série D – as menos vazadas são as do Guarani-CE (grupo 3), Formosa e Volta Redonda (ambos, chave 6), que só levaram um gol; e Villa Nova, dois tentos sofridos.
O artilheiro desse primeiro turno da Série D é Marcinho Beija-Flor, do Oeste, que já balançou as redes adversárias sete vezes. Pelo Galo marcaram Luciano Ratinho (2), Cassiano, Augusto, Vitinho, Ademilson e Dennis.
Nos 80 jogos da Série D foram marcados 196 gols, uma média de 2,45 por partida. Já a média de público é de 2.572 pessoas por jogo. O Tupi levou aos estádios, até agora, 15.402 torcedores – porém, nos jogos em Juiz de Fora (contra Tocantinópolis e Anapolina) foram apenas 2.506.bEM PEQUENA, O PESSOAL DE JUIZ DE FORA PRECISA PRESTIGIAR MAIS O GALINHO DE RICARDO DRUBSKY.

A NOITE DE ONTEM, contudo, não foi das melhores para o Boa, em Varginha. Empatou com a Ponte Preta, vice-líder da Segunda Divisão,a um ponto atrás da Lusa, por 1 a 1. Venceu ate aos 39m do segundo tempo quando levou o empate. O Boa está numa situação intermediária na classificação geral.

4 comentários:

  1. LEONARDO BONISSON RIBEIRO17 de agosto de 2011 09:57

    Acho que agora começam a perceber que a cabeça do Dorival não era sacrifício bastante para resolver a crise do Galo. Resultado: Foi-se um dos melhores técnicos do Brasil e agora falam em faxina...
    O problema do futebol é que não existe coordenação.
    Os presidentes que mandam nos clubes são pressionados pelas torcidas que são manipuladas pela imprensa - que fica de longe só na boa.
    Critica os jogadores, os treinadores, os diretores e os torcedores.
    Alguns que outro dia chamavam Joel de "Papai Joel" já falam em queda... ops! Ganhou do Avai... Ah! tudo bem é o "Papai Joel" de novo... Até quando?
    A massa tem razão de cobrar... O Kalil contratou e até um pouco antes da crise tinha contratado muito bem. Até quando?
    Leonardo

    ResponderExcluir
  2. aCREDITO QUE O DESAFOGO COMECE HOJE Á NOITE CONTRA O CORINTHIANS. VAMOS TORCER!!!

    ResponderExcluir
  3. TENHO PENA DE VCS DA IMPRENSA DE BH QUE LUTAM PARA MANTER O BALÃO DE OXIGENIO NESSE ARREMEDO DE TIME, É REALMENTE DEPRIMENTE OUVIR CADA ASNEIRA TENTANDO LIMPAR A BARRA !!!
    VCS SÓ NÃO PERCEBEM QUE SEU ATRETICO JÁ FALECEU HA MUITOS ANOS ...
    E ALÉM DO MAIS VC TAMBEM PARECE SER MEIO ABAITOLADO, BASEANDO NO TEOR DE SUA RESPOSTA...

    Gutemberg

    ResponderExcluir
  4. Tenho 67 anos e 10 meses,bem vividos, 50 de Imprensa esportiva, que me permitiram conhecer boa parte do mundo; sou aposentado, safenado,diabético e vou à tv e escrevo aqui porque gosto. Torço que vc consiga viver tão bem e tanto tempo quanto eu, apesar de duvidar: vc é um tremendo "mala". Gente assim vive pouco.Tem raiva da vida; deprimida; isso faz mal à saúde. Boa sorte e vê se sai do meu pé.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.