terça-feira, 4 de outubro de 2011

CAPITÃO FÁBIO NÃO PARA DE PAGAR BRONCA GERAL

Enquanto dentro da sede, numa eleição de araque, 60% do Conselho Deliberativo diziam “amém” ao padrinho Senador e elegia o seu indicado, Gilvan Tavares, como novo presidente, fora os verdadeiros interessados no destino do clube faziam manifestação contra a página mais negra na história vitoriosa do Cruzeiro.
Até sob o domínio deste grupo mantido, o time que praticamente conquistou tudo que disputou, exceto a liberdade de pular fora do condomínio associado dos Perrelas.
Como dizem os atuais dirigentes do Coritiba: “tivemos que viver bom tempo na Segunda Divisão para aprender que a arrogância só faz mal no futebol”.
Faixas registradas nos vários protestos de torcedores fora da sede:
“Exigimos transparência, honestidade e renovação. Um Cruzeiro menos vendedor e mais vencedor”
“Abaixo a política de vendas. Cruzeiro não é trampolim para a Europa”.
“Dimas pipoqueiro, você está fora do orçamento do Cruzeiro”.
“Ê ê ê, estou com medo do Perrella me vender”, gritavam outros cruzeirenses.
Esta manifestação e os gritos não são ouvidos pelos velhos e novos dirigentes. Não interferiram na eleição. Como justificou Gilvan Tavares: “O torcedor tem direito de reclamar, gritar, pedir explicações, porque o time não vence. Porém, quando as vitórias vierem ainda neste returno e a situação mudar, estarão do nosso lado”.
O pior é que é verdade!
Fábio saiu do silêncio e da simplória posição de bom-moço, capitão do time, moderado e educado, pra jogar pesado com o grupo. E demonstra que merece muito respeito de todos, pois ninguém ousa respondê-lo de público. E quem o fez, ainda que discretamente, como foi o caso de Gilberto, acabou recebendo seu boné e deixando a Toca da Raposa.
A piorada na situação, após a derrota para o Grêmio e a possibilidade de novo tropeço nesta quarta-feira, diante do São Paulo, terceiro colocado e atrás da reabilitação – perdeu o último confronto para o Flamengo (2 a 1), no Morumbi – colocou o capitão Fábio, de novo, na linha de frente.
Afinal o Cruzeiro não vence há oito jogos e no final da rodada pode até estar dentro da zona do rebaixamento. Fábio não poupou crítica ao time nos últimos jogos:
“A gente ainda não definiu se terá marcação forte até o final, ou se cria, ou se vai todo mundo para o ataque. Então está sem rumo na hora que pisa em campo. Fora, a gente conversa, treina. Mas, dentro de campo, não está tendo a concentração devida, aí sim a gente sai sempre derrotado”.
Fábio diz que o Cruzeiro se omite em campo. “Perder faz parte do jogo, mas se a equipe for melhor que a gente. Não por omissão ou falta de concentração, que é o que está acontecendo”.
Para Fábio, seus companheiros podem não ter assimilado a gravidade da situação na tabela: apenas 8% de aproveitamento no returno:
“Eles estão vivendo outra competição, porque a gente vem sem vencer há oito rodadas. Nem ao menos um empate. A gente está em situação difícil, não encontramos parâmetro para ter postura defensiva e para criação de jogadas. A gente não consegue criar e, assim, finalizar. A gente está tendo dificuldade e temos de ter ciência que não está pior ainda porque as outras equipes não estão conseguindo pontuar. Temos de nos impor dentro dessa dificuldade”..
O jogo contra o São Paulo foi antecipado da 28ª rodada a pedido da TV Globo. Fábio gostou: “Estamos dois pontos acima da zona de rebaixamento.Temos oportunidade de jogar antes e colocar pressão nas outras equipes. Temos de vencer. Não sei de que forma vai ser, mas temos de vencer”.
Mas lembrou: “Agora só vence dentro de campo, se empenhando, se concentrando, não achando que as coisas vão acontecer naturalmente, porque elas não acontecem se você não se impuser. Temos oportunidade de jogar antes e fazer a diferença. Temos de fazer nosso trabalho, independente se é o São Paulo ou a Seleção Brasileira. Temos que vencer”.

Também penso assim. Só que não é assim. Time por time, sãopaulinos e cruzeirenses são iguais. O Flamengo mostrou isso no domingo. Comprometido com a vitória encarou o São Paulo e o venceu lá no Morumbi. É o negócio que Fábio chama de viver a competição, comprometer-se com ela. Daí a infelicidade dos conceitos precipitados dos cartolas perrelistas. A culminar com aquela frase estúpida: “mudo de nome se o Cruzeiro cair”.
Aí os jogadores já predispostos ao chinelo, ao come-quieto, degustam tal frase e botam- na cabeça; o presidente falou é porque tem um ás na manga. Eles volta às baladas confiantes de que irá acontecer ao time, que passará a vencer no momento certo com apoio do apito amigo. E não é assim.

5 comentários:

  1. O vagabundo anão ganhou mais uma vez e vai continuar com suas falcatruas por baixo dos panos!!!!

    Ontem joao vitor xavier perguntou ao Gilvan ao vivo se ele iria acabar com o inchasso e com os apadrinhamentos que sugam recursos do Cruzeiro! Joao Vitor falou ainda que o cruzeiro tem mais de 600 apadrinhados na folha de pagamento!!
    Flavio voce como conselheiro do Cruzeiro podia colocar a boca no mundo ou vc concorda com as coisas que tem acontecido no Cruzeiro?

    ResponderExcluir
  2. meu caro amigo flavio nao confunde arrogancia de um com inveja do outro.vou de dar um exemplo.cirano e rico tem carrao,mansao e muitas outras coisas,ja fulano n ao tem nada disso e vive falando que cicrano e arrogante,sendo que isso e por inveja de fulano.entendeu?e cm os atleticanos andam chamando os cruzeirenses.apesar de terem cem anos nao tem os titulos que o cruzeiro tem.ai eles falam que os cruzeirense sao arrogantes,pura inveja meu caro.vc ja sao paulino,flamenguista chamarem os cruzeirenses de arrogantes?claro que nao,pq eles tem mais que o cruzeiro.um abraco

    ResponderExcluir
  3. a eleicao do dr gilvan foi benefica p o cruzeiro.vejam o exemplo do outro lado da lagoa.la tem um presidente(kalil)um torcedor apaixonado pelo o time mas nao tem esperiencia nenhunma e so fez e continua fazendo cagada.o time ta assim por unica e exclusiva culpa do sr kalilo dr gilvan tb e inesperiente mas vai ter os perrelas ensinando.

    ResponderExcluir
  4. Almir,

    Você vive no mundo da fantasia mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Vamos com calma, gente!

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.