segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Guia contra a degola: Raposa respira, e Coelho desafia a matemática

Com a vitória sobre o Inter em Sete Lagoas, Cruzeiro deixa o Z-4, e risco de rebaixamento cai pela metade. Rodada praticamente salva o Bahia

Um golzinho sofrido, uma vitória na raça, e um novo horizonte para o Cruzeiro. A vitória por 1 a 0 sobre o Inter trouxe fôlego para o time mineiro, que viu seu risco ser rebaixado cair pela metade: de 56%, a Raposa agora tem 28% de possibilidade de disputar a Série B em 2012, na visão do matemático Tristão Garcia.

A vitória, por si só, já era positiva, mas a derrota do Ceará em casa contra o Santos foi muito benéfica para os mineiros. O Vozão voltou ao Z-4 e, de 49%, suas chances de queda saltaram para 77%.

- O Cruzeiro, ao lado do Bahia, foi o grande vencedor da rodada na parte de baixo da tabela. Foi uma vitória importante, mas o grande diferencial foi a derrota do Ceará em casa. Se conseguir manter essa vantagem, o Cruzeiro vai a Fortaleza (na 37ª rodada) jogar por um empate contra o Ceará. Bem mais fácil do que precisar vencer lá – analisou Tristão Garcia.

A grande disputa contra a degola, na opinião do matemático, continua sendo entre Cruzeiro, Ceará e Atlético-PR. Nas contas de Tristão, a chance de dois deles caírem é de 89%. Apenas um deve escapar.

Coelho contra a matemática

Apontado pelo matemático como o outro grande vencedor da rodada, o Bahia venceu o Atlético-GO fora de casa e praticamente assegurou sua participação na Série A em 2012. Ao lado do Palmeiras, tem apenas 1% de risco de cair. Desprezível, segundo Tristão.

Mas quem realmente vem surpreendendo nas últimas rodadas é o América-MG. Após vencer o líder Corinthians, foi ao Rio de Janeiro e derrotou o Fluminense, time de melhor campanha do returno. Mesmo assim, segue virtualmente rebaixado, ao lado do Avaí, com 99% de possibilidades, na opinião de Tristão.

- É questão de tempo. Estão em estado terminal. O América-MG vem fazendo de tudo para prorrogar isso. Mas, a menos que vença os quatro jogos, será rebaixado, e com antecedência.

Avaí pode cair na quarta

A situação do Avaí é a mais delicada e seu rebaixamento pode ser definido na quarta-feira. O time catarinense recebe o Cruzeiro, na Ressacada. Em caso de derrota, ficará a 11 pontos da Raposa e, a três rodadas do fim do Brasileirão, não terá mais condições de reverter a situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.