quinta-feira, 10 de novembro de 2011

VASCO DE VIRADA CHEGA AS SEMIFINAIS DA SUL AMERICANA

Os eternos boca-azedas diriam que o Vasco superou o Universitário do Peru, ontem, em São Januário, com a ajuda do Carlos Amarilla, árbitro metido a bravo e bem caseiro. Nada disso, superou na raça, na técnica de Juninho Pernambucano e de Dedé, zagueiro artilheiro e o melhor do futebol tupiniquim. Como havia perdido por 2 a 0 a partida de ida, em Lima, o time cruzmaltino precisava da diferença boa aqui. Fez l a 0, mas levou 2 a 1. Aí a coisa complicou. Os times tiveram um jogador expulso e o Universitário no segundo tempo, aos 24m, levou a virada pra 3 a 2 e ficou com nove. Outro expulso. Dedé fez dois gols e Juninho comandou a virada final. O Vasco chegou a 5 a 2, com raça. Bom exemplo para os mineiros que não têm demonstrado a mesma gana após qualquer desacerto em campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.