quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

KALIL REELEITO COM 61% DOS VOTOS

O OTIMISMO do desembargador Irmar Ferreira, as bravatas arrogantes de sua assessoria, e a disposição do conselheiro Fred Couto não foram suficientes pra convencer o Conselho Deliberativo do Atlético. Conforme o esperado, Alexandre Kalil foi reeleito presidente do clube com 61,90% dos votos. Compareceram 380 conselheiros e Kalil recebeu 235 votos, contra 79 de Fred Couto e 61 do desembargador. Três votos foram anulados e houve dois votos em branco. A soma dos dois adversários não supera a votação de Alexandre Kalil
Após a contagem dos votos e a confirmação de sua reeleição, Kalil falou à Imprensa:
“Queria agradecer ao apoio maciço do Conselho Deliberativo do Atlético, um reconhecimento do trabalho que foi feito. Queria dizer que para o ano que tivemos e pelo último resultado que tivemos, o resultado é muito significativo para mim”, disse Kalil, referindo-se à campanha ruim no Campeonato Brasileiro, que terminou com a goleada por 6 a 1 para o Cruzeiro.
Em 2008, quando se elegeu pela primeira vez, para ocupar a vaga de Ziza Valadares, que renunciou, Kalil recebeu 271 votos, contra 130 para Sérgio Bias Fortes e apenas um para Itamar Vasconcellos. Houve um voto nulo. Compareceram 403 dos 474 conselheiros com direito a voto.
O Superesportes registrou que Kalil falou também que recebeu o clube desestruturado e trabalhou para reorganizar a casa. Porém, dentro das quatro linhas, o resultado não veio. A equipe conquistou um Campeonato Mineiro, em 2009, e fracassou nos demais torneios, passando sufoco em duas edições do Brasileiro para afastar o risco de rebaixamento.
”Claro que não foi feito o que deveria, como eu gostaria, mas foi feito. Fazer é muito difícil. Queria deixar meu agradecimento profundo aos funcionários do Atlético, não vou citar nomes, mas eles fizeram uma corrente muito grande de orações para minha vitória e ela chegou até mim”, disse Kalil.

O presidente do Galo deixa as comemorações de lado e já concentra as forças na execução do planejamento para 2012: “Não tem nada de grande euforia, alegria. Sabemos que vamos sentar amanhã e continuar a luta que foi sanear o maior clube de Minas Gerais, colocar no lugar dele”, ressaltou Alexandre Kalil.

3 comentários:

  1. Todos nós já sabíamos que o Kalil seria reeleito. Esperemos que agora ele faça um trabalho à altura do Clube Atlético Mineiro e evite que o mesmo fique preocupado somente em evitar o rebaixamento ou como explicar as constantes goleadas sofridas ao enfrentar a Raposa.

    ResponderExcluir
  2. Será que agora, com a reeleição do Kalil o galo vai parar de tomar goleada da Raposa?

    ResponderExcluir
  3. Gente acordem, vitoria da continuidade!! ou seja mais tres anos de vexames, tres anos de goleadas garantidas!!! Cruzeiro sempre.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.