terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

FIFA MANDA FECHAR ATÉ FEIRA DO MINEIRINHO

Meu amigo/irmão Eduardo Lima, um dos embaixadores de Montes Claros, tem um texto e uma voz que encantam. Coisa de atrair a mulherada – o que ele faz com absoluta competência – e de encher microfone de qualquer emissora. Na sua época de Itatiaia eu era um dos ouvintes certos da oração das seis da tarde produzida com seu belo texto e seu vozeirão do Olimpo.
Tenho a honra agora, graças à gentileza de outro amigo/irmão, Almir Roberto, de ser premiado com um texto de Eduardo Lima sobre o fim da Feira do Mineirinho:
“Estive na Feira do Mineirinho e constatei, com tristeza, que ela vai mesmo ser extinta. No seu lugar deve ser erguido um monumento de multinacionais, até a Copa”.
“A Fifa comprou e está africanizando o Brasil; nomeou como "capo" destas iniciativas, a SECOPA, um paulistano chamado Sérgio Barroso, que não conhece nosso modo..., nossos defeitos, nossas carências e muito menos nossas virtudes. O Brasil foi vendido ao custo social mais elevado de todos os tempos. Vendeu-se a própria constituição”.
“No caso de BH, a Feira do Mineirinho, que hoje ocupa 4.000 famílias, será extinta porque não serve esteticamente aos turistas e é "c,d,e". como a qualificou a SECOPA; Vão expulsar os pobres da Pampulha para vender ao mundo um Brasil que não existe. Fizeram isso na África e a conta ficou para o povo pagar”.
“No Brasil estão fazendo mesma coisa nas cidades sede. Lembremos à FIFA o seguinte: Nós é pobrim,a mas é limpim. E eles, ricos, serão limpos?”
Beleza, meu bravo sertanejo. Pau neles, porque só merece isso mesmo e de todas as maneiras que possam gostar. Na frente e por trás.

ACREDITO EM KALIL. ANTES DE MAIS 90 DIAS O INDEPENDÊNCIA NÃO FICARÁ PRONTO. É o que se pode interpretar com as declarações de Alexandre Kalil depois de visitar o estádio e dizer que os guarda-corpos do anel superior, pontos cegos na nova arquitetura da arena americana ficarão prontos em 90 dias.
Ou seja, a reinauguração reanunciada pra março terá de merecer outra ocasião. Céus! Se o estádio for entregue do jeito que imaginaram e botaram no papel os “competentes” engenheiros do Dr. Anast-azia 6 mil espectadores ficariam se ver o jogo. Incrível, né? Aí vem a Secopa, secretaria da Copa, e diz a besteira: “tem problema não: são apenas 24% da lotação. Bom Jesus do Galho!
Também pode se interpretar a fala de Kalil com otimismo, visto que todos nós acreditamos que “a salvação do futebol mineiro, idealizada pra Copa de 1950” não se transformaria numa arena real nem antes da Copa de 2014.
Foi assim que Kalil disse: “O problema é lá em cima. Já conversei com a Secopa, já está sendo providenciada a troca do material. Em 90 dias vai estar tudo trocado”. Que se há de fazer além de esperar 90 dias torcedor pra que a inércia, a burocracia e os outros males do Estado não interfiram no prazo.
Aliás, parece- me que será assim, apesar do otimismo do meu amigo/irmão Urso Bravo.
A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) desmentiu a informação do mandatário atleticano.
Segundo a assessora Juliana Alvim, que esteve no estádio durante a visita de Alexandre Kalil, o que existe é um estudo que precisa ser entregue no prazo de 90 dias para avaliar a troca, a pedido do Ministério Público estadual.
O governo Anast-azia , no momento, trabalha com quatro alternativas para substituir o gradil, mas elas não foram reveladas. O fato é que os modelos de guarda-corpos atuais serão trocados. A inauguração do Independência segue prevista para o final de março, de acordo com a Secopa.
Meu comentário sobre tal resposta da Secopa: hahahahahahahahahah!
Então alguém da imprensa, na cobertura da visita do presidente do Atlético ao Independência escreveu: “Kalil não informou quem pagará as reformas”.
Ô seu trouxa, seremos nós, o povo de Deus! Não fomos nós quem bancou os 130 milhões gastos até agora na transformação do estádio em arena. Obra antes anunciada ao custo de 85 milhões que eu já entendia como absurda, apesar de não ser engenheiro. Uma coisa é certa: não será o Atlético o trem-pagador. Por questões legais!

PARECE QUE GENTE COME MOSCA NESTA HISTÓRIA DO MENINO PRODÍGIO PETY NA TOCA DA RAPOSA.- Li no site de um jornal madrilenho que o alagoano Luiz Henrique dos Santos, chamado de Pety, garoto de apenas 13 anos, realmente está bem próximo do Real Madrid. Os gringos ficaram encantados com o futebol-arte do garoto que já o apelidaram de “Messiño brasileño’.
Pra evitar que a descoberta oferecida pelos pais do menino lhe fuja por entre os dedos, a cartolagem merengue decidiu investir muito nele. A começar por levar toda a família do pequeno Pety pra Espanha. Irão a um custo alto pai, mãe, irmãos, cachorro, papagaio, ete, etc. Isso é que estaria amarrando a assinatura do compromisso.
Quem fala ao site é o pai de Pety, Amaro dos Santos. Negou que a transferência já tenha sido feita por causa de problemas legais, e que a comissão técnica do Real está encantada após os primeiros treinos do garoto-prodígio.
Quem come mosca? Não posso afirmar com total certeza, todavia acredito que alguém esteja de boca aberta à espera de uma varejeira daquelas ao anunciar que Pety estaria em breve na Toca da Raposa.

DESCULPEM-ME O ATRASO NO REGISTRO DESTAS MENSAGENS:
Varela – BH – “Dividir receitas e despesas não é administrar. É o que ocorre, por exemplo, com um acionista de uma SA. Ele sofre todas as consequencias da boa ou má administração da empresa, mas quem administra é a diretoria. Algumas ações podem até ter poder de decisão sobre alguns temas, mas administrar não administram. Não contratam, não pagam fornecedores, não dão quitação, não decidem investimentos. Só recebem os dividendos, aumento ou perda de valor de suas ações, conforme a empresa é bem ou mal administrada. A única administração que existe na sociedade é a da própria sociedade, não do estádio: uma prestação de contas, que é o que se dá quando uma pessoa administra um negócio no qual outra investiu e espera obter lucros.
Me espanta que se questione esse negócio, onde o atlético paga a metade das despesas, recebe a metade dos lucros e, ainda, se obriga a jogar todas suas partidas no Independência, quando o América obteve uma reforma de 120 milhões em um estádio que lhe custou 500 mil, em troca da cessão 10 anos de sua gestão, mais 5% do faturamento bruto. Veja bem: bolada do América são 120 milhões, envolvendo dinheiro público, mais 5% do faturamento anual, por 10 anos de cessão. Isso para um time do tamanho do América e para um estádio como o Independência era, antes da reforma. Esses valores todo mundo parece achar normal...”

Godofredo – Vila Paris – BH – “Jornalista Flávio Anselmo. Eu também conheci o Aranha, aí pelos lados da Vila Paris e Luxemburgo. Moro na Vila Paris e faço minhas caminhadas domingueiras naquela rua de lazer, conseguida pelo nosso amigo Gegê, pessoa fantástica e que me ajudou muito quando precisei dos Juizados de Conciliação.
Ele é dez. E vejo nos seus comentários que de vez em quando você cita ele. Gente boa é assim mesmo, se aproximam, simbiose natural”.
“Só para perder a caminhada, pau no Cruzeiro, antro de mercenários, a Segundona os espera”.

CAIU ÁVILA ASSUME ÃNGELO NA FILIAL CELESTE: Emerson Ávila volta pra casa de novo. Como funcionário do Cruzeiro terá de se reapresentar ao clube e cuidar da base, na Toquinha, pois não resistiu, também, aos maus resultados do Nacional de Nova Serrana no Mineirão. Foi dispensado. Pra seu lugar foi chamado o canastrão José Ângelo que se julga um dos melhores treinadores do País. Meu Deus!



4 comentários:

  1. Tambem deixo os parabéns ao Eduardo Lima pelos comentários sobre a Feira do Mineirinho.Porem como frequentador assíduo( não sou expositor) faço uma emenda ;A feira do Mineirinho é hoje um espaço extremamente democrático , sendo frequentada pela classe "c,d,e" e também pela a e b , porem entendo que a feira deva passar por reformas,com melhoramentos na infra-estrutura , principalmente dos banheiros,na questão de higiene na preparação e consumo dos alimentos, na super lotação de mesas na praça de alimentação .Como isto a feira teria uma grande melhoria de qualidade , passando a atender esteticamente aos turistas. Acho ainda que a feira deve ser mantida , pós copa, em espaço definitivo junto ao Mineirinho , otimizando os investimentos do povo em prol do povo , evitando-se novos elefantes brancos.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem, Freitas. Estamos à vontade pra discutir o assunto. Abs e grato

    ResponderExcluir
  3. Gosto de Futebol. Sou feirante no Mineirinho a cinco anos no setor do vestuario. Essa é uma feira que tinha tudo pra ser muito melhor do que a feira da Afonso Pena, é coberta, tem estacionamento, é bem policiada, quase não há roubos tem uma praça de alimentação que é uma das melhores de BH com música ao vivo e comida de primeira mas a diretoria deixa muito a desejar.são muito organisados no recebimento do aluguel qoe diga-se passagem não seria caro se as vendas fossem boas como eram no começo. Mas falta divulgação e êles não querem nem saber, opinamos sempre sobre isso mas não estão nem aí pros expositores e quando indagamos sobre o futuro da feira dizem que não sabem e pedem pra esperar. Acho que somos muito bonzinhos mas quando começarmos a agir conforme é preciso, vão falar que somos ruins. Esperamos um mínimo de consideração e mantenham-nos pelo menos bem informados. Até a próxima.

    ResponderExcluir
  4. Problemas há em qualquer setor, o jeito é resolver um a um todos os problemas de FEIRA DO MINEIRINHO, e se a diretoria não é boa, juntam as cabeças e arranjem um nova direção !!! A vida de 4.000 famílias é coisa séria, a vida de cada uma não é descartável nunca !!!

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.