quinta-feira, 31 de maio de 2012

JÁ CANTAM TABU DO GALO: NOVE MESES SEM PERDER EM CASA!


Falei sobre isso outro dia aqui. Tabu é bom pra vender jornal, encher tempo nas rádios criar imagens para os programas de tevê. E na maioria das vezes cria falsas expectativas nas torcidas. Há nove meses que o Atlético não é derrotado como mandante. Nenhum time no Brasileiro tem sequência igual. A marca era do Coritiba, que a perdeu ao ser derrotado pelo Botafogo (3 a 2) no Couto Pereira, depois de 10 meses, enquanto o Galo batia no Timão ( l a 0) no Independência.

Os números são fornecidos pela equipe de pesquisa do Superesportes. Ilustram bem a matéria sobre o Galo que só volta a jogar na outra quarta-feira, contra o Bahia, lá, também, no Gigante do Horto, como dizia meu saudoso mestre Jairo Anatólio Lima e seus seguidores numerosos.

A última derrota atleticana como mandante foi em 28 de agosto do ano passado: Cruzeiro venceu por 2 a 1. Desde então, foram 18 jogos, venceu 15 e empatou três.

Período em que o futebol mineiro usou bastante Arena do Jacaré, que está lá, arrumadinha e pintadinha pelo grande presidente da Ademg Ricardo Raso, à espera da volta dos bons tempos, em Sete Lagoas. Será?

A baboseira plantada no twitter carece de tudo, principalmente de verdade. Sabe quando Fábio deixará o Cruzeiro pra jogar no Galo? Somente a partir do instante em que este galo criar dentes. Ou a sua galinha ciscar pra frente. Ou o sol tremer de frio. Ou o sargento Garcia prender o Zorro. Ou o Batman juntar os panos com Robin.

O Cruzeiro desmentiu, o Atlético desmentiu, até aí tudo dentro do planejado. Mas o empresário de Fábio mostrou números que tornam inviável a transferência. O primeiro deles: a multa contratual de R$ 100 milhões. Fábio completa 32 anos em setembro e tem contrato até 2016. A manobra apresentada para possibilitar a troca é digna de um conto policialesco: Fábio seria negociado com um clube da Europa e um ano depois viria para o Galo. Não conhecem o caráter do craque celeste!

Como os desmentidos são vários, até do próprio Fábio e do empresário Eduardo Kuperman, resta-me a desconfiança, novamente reforçada nesta Trincheira implacável, que se trata de notícia plantada atrás de aumento de salários para o goleiro. Não por parte de Fábio. Mas de gente envolvida no negócio, como procurador ou empresário, ou sócio. Né João Sérgio?

DIVÓRCIO NA GÁVEA SAIU: RG-10 DEIXA O FLAMENGO

O divórcio tão esperado aconteceu: Ronaldinho Gaúcho que há meses não transava com o Flamengo, por causa da falta de interesse do Rubro Negro em saldar suas dívidas com o jogador decidiu se mandar. O procurador Assis, guloso e só no negócio, entrou na Justiça Trabalhista, conseguiu uma liminar, e cobra uma dívida de mais de 40 milhões.

A torcida flamenguista fez festa com o desfecho, outras correram para os pés dos santos de sua devoção pra evitar que o entusiasmo de cartolas contrate o ex-craque da Seleção e que um dia foi o melhor do mundo. Céus!

FORLAN NÃO VEM MESMO
É, pra quem sonhou com a vinda de Forlan, o melhor jogador da última Copa do Mundo, na África, a decepção foi enorme. Porém, não foi por falta de aviso: o presidente Alexandre Kalil, inclusive, me disse ao telefone que parte da imprensa esportiva fazia uma tremenda sacanagem com a torcida.

Até porque Kalil não anunciou nada com relação a Diego Forlan. Alguém pegou a notícia no site da Internazionale que o Atlético havia feito uma proposta por atacante e mandou pro ar.

Desde o princípio, o presidente tem dito que as chances eram as menores possíveis por causa dos atravessadores. A pedida do clube italiano e do pai do atleta, o ex-lateral do Cruzeiro, Pablo Forlan, subiu bastante. Fora da realidade.

                                             Forlan foi apenas um sonho. Dos melhores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.