sexta-feira, 29 de junho de 2012

KALIL ANUNCIA NO TWITTER: “Torcida mais chata do Brasil, se o problema era goleiro não é mais. Victor é do Galo!”


Do site do HOJE

O Atlético fechou a sua conta de contratações para a temporada de 2012 nesta sexta-feira. Às vésperas do jogo com o Grêmio, o presidente atleticano Alexandre Kalil anunciou, via Twitter, a contratação do ex-camisa 1 do Tricolor Gaúcho, Victor.
Alexandre Kalil informou em sua conta particular do Twitter, usada oficialmente para divulgar contratações e/ou outros assuntos relacionados ao Atlético.
O goleiro de 29 anos assinará um contrato de cinco anos com o Galo e chegará a Belo Horizonte na próxima segunda-feira para realizar exames médicos e oficializar o seu vínculo com o clube mineiro.
Para trazer Victor, o Atlético arrastou por 20 dias uma negociação com o Grêmio. O acordo firmado entre as partes foi o seguinte: o Galo repassou 50% dos direitos econômicos do zagueiro Werley, que já estava emprestado ao Tricolor Gaúcho desde o início do ano, e fez o compromisso de pagar mais 3 milhões de euros (cerca de R$ 7,6 milhões) ao clube gaúcho. Essa quantia será paga em parcelas divididas pelos próximos dois anos.
"Minha experiência dizia que eu não poderia fazer qualquer goleiro. Estou muito feliz, foi muito trabalho. A negociação se arrastou muito, mas quando a informação não vaza, a gente fica confiante", declarou Kalil em entrevista à Itatiaia.
O dirigente ainda declarou que esta é a última contratação do Atlético para a temporada. O clube já teria investido a cota máxima em contratações. "Este ano eu fecho o cofre, a gente não tem como investir mais em contratações, até porque temos jogadores qualificados, como é o caso do Ronaldinho. Vamos torcer para que dê certo", declarou.
Victor não entrará em campo com a camisa do Grêmio, para enfrentar o seu futuro clube. 

DEFESA DE ROTH FICA MAIS ALTA E FORTE COM RAFAEL DONATO



Chegou a vez de Rafael Donato, o zagueirão que veio do EC Bahia, estrear na defesa do Cruzeiro dentro das experiências promovidas pelo técnico Celso Roth.
Sem Mateus, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Diego Renan, voltando de Lesão, o técnico decidiu mexer pouco na equipe: Léo fica na lateral-direita e Donato entra ao lado de Victorino. Talvez pra neutralizar as bolas aéreas do São Paulo.
Rafael Donato é menos ágil que Mateus, porém tem l,93 de altura, boa impulsão além disso e força física de lutar de UFC, que nem o campeoníssimo Anderson Silva. Um verdadeiro guarda-roupa aberto.(FOTO)
Será a principal novidade entre os cruzeirenses no confronto deste sábado, no estádio Independência, às 4,20 da tarde.

O São Paulo tem falado em diversos nomes para o lugar de Emerson Leão, demitido esta semana. Entretanto, quem merece o apoio total do elenco e do capitão Luiz Fabiano é Milton Cruz, com 25 anos de casa, sete como jogador e 18 como auxiliar.
Milton Cruz faz parte da Comissão Técnica permanente que o São Paulo mantém para essas ocasiões. Será o responsável pelo time em Beagá.
Já tomou sérias providências: barrou Paulo Miranda, desgastado com a diretoria e escalou três zagueiros: João Felipe, Rhodolfo e Edson Silva.
O Fabuloso que avaliza a continuação de Milton Cruz garante que com Cruz o time irá pra Copa Libertadores. “Em 2003, junto com o Rojas, e um grupo menos qualificado, Milton levou o São Paulo a disputar a Libertadores” salientou.

Cuca deixou os setoristas do Galo com uma dúvida pra descobrir qual time será escalado contra o Grêmio, neste domingo, em Porto Alegre.
Nos treinos da semana, Cuca alternou Marcos Rocha e Serginho na lateral-direita titular, criando um esquema meio amalucado.
Pra tentar neutralizar o losango que o Grêmio utiliza no meio-campo, quando usava Serginho fazia uma trinca de volantes com ele e mais Pierre e Leandro Donizete.
E na lateral direita? Acreditem, ou não, colocava Danilinho que ele usa na imaginação fértil como volante. Serginho mesmo revelou que não atuou de lateral em nenhum treinamento.
Este filho do Sodico não crê na opção acima revelada. Cuca não joga pedra em avião, nem rasga dinheiro.
Com certeza manterá Marcos Rocha na lateral; volantes: Pierre, Serginho, Donizete e RG-49 na meia. Na frente, Jô e Bernard.

O Coelho terá outra semana de folga, pois jogará contra o Atlético-PR apenas dia sete de julho, sábado que vem, no Independência.
De olho nos resultados dos concorrentes este final de semana – América-RN contra o Guarani, em Natal; Criciúma x CRB, em Criciúma: Vitória x Avaí, em Salvador – o Coelho torce pra manter a liderança isolada.

Já o Boa Esporte perto do G-4 anunciou a contratação do goleiro Zé Carlos, Oeste. Vai disputar a vaga titular Daniel e Gabriel Leite. Este estreou na goleada sobre o Grêmio Barueri (4 a1). Zé Carlos entra no lugar de Max, ex-Botafogo, dispensado durante a semana.Imagino que o tal Max deva ser boa bisca.

A fritura de Joel Santana no Flamengo tem sido uma sacanagem brava. Ninguém, nem Zinho o diretor de futebol, tem falado com ele. A presidenta Patrícia Amorim sumiu da Gávea.
Semblante fechado, longe do seu tipo alegre e disposto, Joel apenas olhou o treino de sexta-feira. Nada falou. De longe, sentado sozinho, óculos escuros tão grandes como o do treinador, Zinho apenas acompanhou tudo. Só conversou com o lateral Léo Moura.. (FOTOS de Janir Jr/Globoesportes.com)



Na moita, a diretoria tenta contratar Dunga, que gostaria mesmo de trabalhar é no organizado São Paulo. Segundo seus amigos, Dunga até se arrepiou quando lhe falaram do Ninho do Urubu e do Flamengo.
O próximo adversário dos rubro-negros será outro rubro-negro, o Atlético Goianiense de campanha tão ruim quanto o carioca. Jogo no Engenhão, neste domingo, às seis e meia da noite.

Santos e Paulo Henrique Ganso estão longe de um acerto final Ganso é a segunda maior atração santista e ganha salários de R$ 130 mil, mais direitos de imagem totalmente dele. O Peixe ofereceu R$ 350 mil e dividir os direitos de imagem.
Ganso, sem nenhuma proposta concreta do exterior, afirma que pretende ficar por enquanto no Brasil, porque nasceu agora sua filha Maria Victória. Todavia, a diferença do que pretende e a proposta do Santos há enorme diferença.
Ainda bem que ele disse que não irá pressionar o clube pra ganhar como a estrela maior, Neymar.
Só reclama porque tem um dos salários mais baixos (sic) do time. Pelo custo benefício, penso que o salário de Ganso tá bom demais. Melhor se passar pra R$ 350 mil, claro!

Olha só como esta porcaria tá violentando a sociedade despreparada com uma violência oficial e até homenageada pela TV Globo. Esta notícia está nos principais sites.
Grandes rivais do UFC na atualidade, Anderson Silva e Chael Sonnen se transformaram em personagens dos quadrinhos.
A página oficial da organização começou a publicar uma série de tirinhas com os dois atletas para divulgar a esperada revanche entre eles, que será na luta principal da edição 148, no próximo dia 7, no MGM Grand Arena, em Las Vegas.
A série em quadrinhos é chamada de The Silver Spider vs The American Gangsta, foi lançada no último domingo na página doUFC no Facebook. A tirinha apresenta Anderson como o personagem Aranha Prateada, usando roupas com as cores da bandeira brasileira.
Já Chael Sonnen ganhou o nome de Gangster Americano – alcunha bem colocada - e aparece com as cores da bandeira norte-americana. O responsável pelos desenhos é o artista Dave Golding, de 37 anos, profissional da área desde 2006. Meu Deus!

quinta-feira, 28 de junho de 2012

DEU O QUE A HISTÓRIA SEMPRE CONTA: ITÁLIA ELIMINA ALEMANHA E É FINALISTA

A atuação espetacular de Pirlo, Buffon, De Rossis,  Cassano e Balotelli no primeiro tempo levou a Itália a um resultado consagrador na Eurocopa, porém não tão inesperado quanto afirmam alguns. Venceu a Alemanha por 2 a 1 e confirmou que os germânicos morrem de medo da famosa Azurra, pois jamais a derrotaram numa competição oficial. Bem fechada taticamente, com apenas Balotelli na frente e vários talentosos armadores e volantes no meio, os italianos deram a alegria desta quinta-feira ao meu sofrido coração luso-italiano. Entristecido pela desclassificação de Portugal pela Espanha, lavei a alma de minha descendência italiana com a classificação à final da Europa. A Fúria espanhola, melhor seleção da Europa, primeira no ranking da Fifa, atual campeã do mundo e da Euro, conhecerá o talento e a força da Azurra. No final do confronto, a Alemanha desesperada lançou-se ao ataque e a Itália que já tivera Balotelli substituído, perdeu inúmeros gols no contra-ataque. Lá atrás, Buffon fazia a diferença. O goleiro alemão Neur foi destaque nesse período. Jogou de líbero e chegou até ir ao ataque.

VEREADOR SUGERE INTERDIÇÃO DO INDEPENDÊNCIA



A sugestão do vereador Leonardo Quintão poderia ser a mais interessante na atual crise de organização por que passa a tal Arena Independência (sic), que, pra começar, nem é uma arena na verdadeira acepção da palavra. O vereador sugeriu que o estádio deveria ser interditado porque lhe falta melhor planejamento,
Por exemplo, lugar adequado para deficientes físicos. Isso causou a justa reclamação do cadeirante que comprou ingresso de R$ 120,00 e não pode assistir Atlético x Bahia de instalações adequadas. O deficiente foi ressarcido pela BWA, e daí? O propósito do rapaz era outro: assistir à partida. 
A tal arena é bonita? É. Está bem cuidada? Sim. Veio atender às necessidades dos times da Capital, enquanto o Mineirão não chega? Em parte, sim. Por que, então, sofre tantas críticas?
Por se tratar de uma obra política, entregue à empresa paulista, dentro da concepção administrativa do professor Anast-azia, nos passos do doutor Aécio, seu predecessor: “O que é bom para Minas tem que vir de São Paulo”.
Com certeza, em breve, teremos algum paulista no governo desta província. 

Então o que o Estádio Independência tem de interessante, afora servir aos clubes da Capital?
Tem a Nina Abreu. A grande sacada de Bruno da BWA foi contratar Nina. Um doce de criatura que o destino certo dia, por meio do meu filho Santelmo, amigo do irmão dela Renato, foi-me apresentada atrás de um estágio de jornalismo.
Claro que a levei comigo para a Superintendência de Comunicação Social da Federação Mineira de Futebol. Não sei quantos anos ficamos juntos. Quando sai ao lado do saudoso Elmer Guilherme, a encantadora Nina, já fera no assunto, ficou pra sustentar a administração do Delegado e seus incapazes. Por isso, a atual gestão da FMF tá de pé.
A BWA contratou Nina a fim de aparar as diversas arestas que criou com a sua falta de respeito à grande parte da imprensa mineira, e com seu deslavado compromisso com o cartel de informação formado pela Globo, Estado de Minas e  Itatiaia.
Para estes vale tudo, até cabine de graça. Aos demais, tudo será cobrado. Somente serão de graça a atenção e o carinho de Nina Abreu que veio do interior – Três Corações – andou dando suas pitacadas em emissoras menores, e, portanto, conhece de sobra seus problemas.
Sabe que, sem as emissoras menores, a sustentação acreditada pela BWA apenas no apoio dos três grandes de Belo Horizonte, naufragará. Ah, me esqueci de colocar a TV Alterosa no meio das três, em razão de suas ligações com o Estado de Minas.
A BWA, esquece-se, que aqui na província, como tem em SP,  existem representantes das redes Band, a Record, a RedeTV, com seus públicos no País todo, e empresas menores porém barulhentas, como o Canal 13 de Afonso Alberto,  BHNews do Lélio Metralha, os programas esportivos da TV Horizonte, o Jogada de Classe do Orlando Augusto – Flavio Carvalho e eu estamos lá, também.
Existem os jornais de maior tiragem que o EM, caso do Super; o novo Hoje, o Metro e por aí vai. Nem falo dos sites, como o do Chico Maia, e o meu, com publico leitor em todo Brasil e até no exterior.
Nina Abreu por enquanto, consegue segurar o barraco do Sr. Bruno Balsimelli, presidente da BWA com a sua simpatia, competência, trânsito entre seus amigos na Imprensa. Só não se sabe até quando. Politicamente, a BWA vai até onde não encher o saco do governador, dos deputados e vereadores.Ou da omissa Secretaria Extraordinário da Secopa.
Direis: ela tem um suporte excelente na política que é o presidente do Atlético, Alexandre Kalil. Sem dúvida! Kalil é forte, bem forte. Mas pelo que conheço do Urso Bravo se o contrato com a BWA não funcionar, fizer mal ao seu Atlético, ele não titubeará em fazer tanto barulho que a casa de Bruno cairá.

Veja bem se não é inadmissível e ditatorial a medida tomada pela BWA. Pelos seus poros, talvez atendendo exigência de algum poderoso da quarteto acima destacado, a empresa proibiu o uso de faixas e bandeiras, grandes e pequenas, no Estádio, a partir desta data.


Justifica a medida porque “visa evitar prejuízo à visibilidade, bem como possibilitar a instalação de futuros painéis publicitários.” Santo Deus, ter seis mil pontos cegos no Estádio que não deixam torcedor ver nada da partida pode. Porém, bandeiras que dificultam a visão dos espaços publicitários não entram.
Imagino que as placas de publicidade vendidas pela TV Globo à beira do gramado estão na lista. Nada de faixas que as atrapalhem. Pra dizer a verdade, nem gosto de faixa e de bandeiras exageradas, apesar de achá-las bonitas e vê-las nas arquibancadas do mundo inteiro. Não tolero é proibição. Ainda mais de paulista.
Será que algum dia a BWA irá proibir a entrada, por exemplo, de cronistas esportivos que não sejam da Globo, EM, Alterosa e Itatiaia? Impedirá que a AMCE atue com o direito que a Assembleia lhe consignou em lei?  Será que o Sr. Bruno tem feito força pra acabar com os pontos cegos no Independência?
Pergunto ao descansado Governador Anast-azia: nós pagamos a reforma do Estádio Independência, que o Senhor entregou de bandeja pra BWA de São Paulo, teremos de aguentar tanta demonstração de arrogância, com furor insano pior que as ditaduras que forjam leis sem ouvir o estado de bom-senso?
Por falar nisso, Vossa Excelência que tanto ajudou nas obras do estádio que mandou derrubar precipitadamente, poderia me responder se sobrou algum pro aumento prometido em campanha para os pobres inativos?

O empate em l a l entre Boca Juniors e Corinthians, no La Bombonera, apenas adiou a decisão da Taça Libertadores pra próxima quarta-feira. Ninguém saiu beneficiado por causa do placar. O Timão levou pequena vantagem porque não perdeu, ou não levou gols que poderiam atrapalhar sua conquista no jogo de volta.
Agora, ambos precisam vencer. Segundo o regulamento, nesta fase o gol anotado no campo do mandante nada representa. Novo empate, por qualquer placar, provoca a decisão nos penais. O Boca botou uma pressão terrível em cima dos paulistas e o time do Tite soube suportar bem, inclusive as provocações argentinas costumeiras.
Bom árbitro: não deixou que Riquelme apitasse a partida. Meteu-lhe logo um cartão amarelo pelas fuças. O bicho bravo ficou mais quieto. 

quarta-feira, 27 de junho de 2012

PORTUGAL NADOU BEM E MORREU NA PRAIA DA ESPANHA

Fiquei desolado ao ver o meu Portugal desclassificado na Eurocopa pela poderosa campeã do Mundo, Espanha. Como disse um amigo meu dr. Antônio Souza, conhecido como Tonico de Ibirité: torcer pra Portugal era acender vela com defunto ruim. Nem tanto, mestre. A gente, no fundo, no fundo, levava certa esperança que os irmãos do Além-Mar surpreenderiam. Conseguiram isso com aquela marcação no campo do adversário, sem deixar os espanhóis jogarem. Nenhum dos goleiros teve trabalho no tempo normal, exceto Rui Patrício, 24 anos, autor de uma defesa espetacular num toque de Iniesta. Nos pênaltis os dois goleiros foram monstros e prevaleceu Castillas, o melhor do mundo, na atualidade. Cinco fios de cabelos na frente de Buffon. O mais temido português, Cristiano Ronaldo (foto) desta vez não brilhou e nem vibrou, completamente anulado no pelo esquema espanhol.
A vitória por 4 a 2 nos penais crucificou a luta e força de vontade dos portugueses, que, no entanto, saem da competição de cabeça erguida. Pra eles, que encaram o futebol com outras verdades, vale muito isso. Não vale pra nós, arrogantes e petulantes praticantes "do melhor futebol do mundo", como nos rotulamos. Além do que, injusto ou irreal, o resultado premiou a Seleção cuja maioridade já lhe deu o título anterior da Eurocopa, no meio o da Copa do Mundo, e,quem sabe, o bicampeonato continental agora.
Seu adversário será conhecido nesta quinta-feira. Não me chamem pra apostar, tão-somente pra torcer. Alemanha x Itália é briga de cachorro grande. Volto à minha pequena origem lá na Bota, por causa do Molinari do meu avô Juca e que não tenho no sobrenome. Como, também, não tenho o Pontes de Assis de minha avó Laura e do meu avô Juvenal, pais de Dona Geralda. Nesta quinta, meu grito é: Avante compatriotas de Giuseppe Garibaldi, herói de dois mundos.

COELHO ESTÁ IMPOSSÍVEL E RETOMA A LIDERANÇA DA SÉRIE B


O Coelho venceu a sexta partida no Brasileirão da Série B, a terceira fora de casa, e reassumiu a liderança com 19 pontos, um a mais que o Criciúma, e dois na frente do seu xará de Natal.
Estes dois perseguidores do América podem até mudar o curso atual da história, porque ainda não atuaram na oitava rodada aberta nesta terça-feira passada.
Não importa, porque ainda assim, o time de Givanildo de Oliveira (foto) permanecerá no G-4 e na cola dos primeiros colocados desde que eles vençam seus adversários. O Criciúma jogará em casa, no sábado, e o América-RN recebe o Guarani nesta sexta-feira.
Foi um jogo difícil, apesar de a posição do Grêmio Barueri, um dos últimos na zona do rebaixamento, e que vinha de uma goleada (4 a l) em Varginha, diante do Boa Esporte.
América fez 1 a 0, numa jogada bem ensaiada, com Rodriguinho cobrando falta aérea e Bryan escorou de cabeça, lá na ponta esquerda. A bola cruzou a área de novo e encontrou Thiaguinho no segundo pau, livre, livre.
Bem que o narrador do Sportv tentou de todas as formas anular o gol, alegando impedimento de Bruno Meneghel, que participou do lance num último toque. Acontece que Bruno estava dentro do gol e a bola já havia ultrapassado a linha fatal.
O cara custou a convencer-se. Me pareceu que é filho de Barueri. Paulista, eu sei que ele é. 

A derrota para o Grêmio botou o Flamengo ao pé de uma crise interna. O simpático Papai Joel balança, balança e não demora a cair. Zinho, diretor de futebol, informou que Joel ainda está treinador, mas não pode garantir até quando. Só a licenciada presidente Patrícia Amorim tem este poder.
Patrícia tirou uns dias pra cuidar de assuntos particulares e volta nesta sexta-feira. Nem deixou o vice Hélio Paulo Ferraz assumir e muito menos tomar conhecimento de sua licença. Segredo de estado!

(Patrícia Amorim pediu licença na presidência do Flamengo e pegou todo mundo de surpresa : foto de Fernando Azevedo/Flaimagen)

Não é que Obina , “o arrependimento maior” do presidente Kalil,  pode retornar ao Brasil pra vestir a camisa palmeirense a pedido de Felipão! O negócio tá preso no seguinte: o Palmeiras conseguiu investidores pra pagar ao Shandong Luneng da China. Legal!
Ocorre que os investidores não querem como garantia de volta da grana os direitos do velho Obina; pediram alguns jogadores da base com o qual o Palmeiras não concorda e categoricamente afirmou que não cede ninguém. Parabéns, Palmeiras. Valorizar a base é preciso. Tem que terminar este negócio da base ser material de troca.

Será que Obina deixará de vestir de novo o manto sagrado do Galo, por causa do verde do Palmeiras?

Não me agrada nada quando o São Paulo fica sem treinador e vem jogar contra o Cruzeiro comandado por Milton Cruz, como acontecerá neste sábado, aqui no Estádio Independência. O retrospecto atual não é nada bom para os azuis.
A última vitória sobre os bambis foi em 2004. De lá pra cá foram 15 jogos sem vitória mineira. Em 2011, derrota no Morumbi e empate na Arena do Jacaré. Por mim, e eu já afirmei isso várias vezes, esse tipo e estatística é bom pra encher jornais.

Roth também pensa assim e jogou o passado no lixo. Seu negócio é com o presente, no que está coberto de razão. O Cruzeiro vai bem e o São Paulo mal. Cabe ao time celeste tirar proveito da situação e vencer pra continuar líder.
Sem técnico, porém com Luis Fabiano de volta e encorajando os companheiros na busca de uma vitória importante contra o líder, o São Paulo não se torna menos perigoso. O Fabuloso é sinal de gol à vista.
Roth disse na entrevista coletiva que respeita bastante Luiz Fabiano, porém tem que analisar e cuidar do São Paulo como um todo. E deu a boa notícia: “por isso não devemos mudar muito as coisas que vêm dando certo”.
Ou seja, quando afirma que “não devemos mudar muito aquilo que vem dando certo”, Roth, talvez, esteja definindo a volta  Diego Renan. Necessariamente não deve representar a saída de Léo do time. Ele pode voltar à zaga, em detrimento a Victorino. .
Não concordo com a idéia da volta de Diego Renan, ainda que ele seja teoricamente o titular da posição e saiu apenas por lesão e que Léo seja uma improvisação. Mas a coisa funcionou bem. Por que então não mantê-la desta forma?

Dou total razão ao Richarlyson em negar-se a falar sobre o ocorrido na blitz que o teria pego com sintoma de embriaguez. Já falou com quem tinha de falar, as autoridades competentes. Agora é fechar a boca e cuidar de não dirigir mais quando beber e de jogar futebol pra evitar discussão com Cuca.
Sobre sua substituição aos 28m do primeiro tempo contra o Náutico afirmou que ficou chateado na hora, porém entendeu depois. E explicou: “- O Elicarlos e o Martinez jogavam pelo mesmo lado. Sobrecarregou a minha marcação. Não era isso que a gente tinha trabalhado. Como tinha o Serginho, que trabalha melhor com o pé direito, Cuca optou por ele”.
Rick aprendeu direitinho a lição que Cuca lhe ensinou depois.

Da assessoria de Imprensa do Tupi: O time está pronto para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, que deve, finalmente, começar no próximo final de semana. Nesta última terça-feira o Galo de Juiz de Fora  venceu o Fluminense, nas Laranjeiras, com diversos de titulares, como Fred e Thiago Neves por 2 a 0.
Caso se confirme o início da Série C, pondo fim ao imbróglio jurídico que paralisou a competição por mais de um mês, o Tupi enfrentará o Duque de Caxias (RJ), neste sábado, às 16h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

terça-feira, 26 de junho de 2012

CRUZEIRO NÃO QUIS CORRER RISCO E RENOVOU JÁ COM WP-9


 
O foco profissional do diretor Alexandre Mattos não permitiu demora na renovação do contrato do artilheiro Wellington Paulista (foto)– 22 gols na temporada – que venceria no próximo mês de setembro. Nem do volante Leandro Guerreiro que terminaria em dezembro. Tratou logo de prorrogar os vínculos até 2013.
Agiu com presteza e nem permitiu especulações em torno do assunto. Gol de placa dele, porque na gestão anterior o Cruzeiro marcou bobeira, nos casos de Fabrício, Henrique e Léo Silva, tomando bola nas costas.
Também Mattos acertou no alvo ao resolver as questões contratuais dos garotos Élber e Lucas Silva, duas grandes revelações, que não são aproveitadas agora, mas, um dia, quem sabe, Roth acorda, vê um treino dos meninos e os bota no time principal.  

Rever e Guilherme serão reforços pra Cuca no jogo em Porto Alegre contra o Grêmio. O capitão ficou fora contra o Náutico por causa de problemas no púbis. Então, aquelas bocas azedas de sempre disseram que ele caíra fora pra não fazer seis jogos.
Duvido que Réver fosse capaz de tal bandidagem. Profissional de caráter e personalidade, lhe seria mais fácil chegar ao presidente Kalil e pedir pra não jogar, posto estar à espera de excelente proposta de outro clube.
Como não existe nada disso, Réver deve reassumir sua condição de capitão da equipe e, apesar da boa atuação de Léo Silva, mandá-lo de volta ao banco dos reservas.
A questão de Guilherme é saber se Cuca optará por ele na armação ou mais avançado como fez com Danilinho, destaque na partida contra o Náutico. Guilherme é mais técnico, porém menos veloz. Danilinho pode ser até ponta-direita. Guilherme, não.
Vou cornetar aqui
: Cuca não deve mexer na equipe, além da volta de Réver. Danilinho está bem fisicamente, fez ótima partida sábado passado. Guilherme recupera-se de lesão na panturrilha e precisaria recuperar a forma física e aprimorar a parte técnica.

Bela sugestão do armador Lincoln, ex-Galo, atualmente no Coritiba, após ver seu time sofrer com o apito amigo de Péricles Bassols Cortez em favor do Santos, na Vila Belmiro: “- Os quatro piores times não descem? Então os quatro piores árbitros, os que mais erram também deveriam descer também e ficar na segunda ou terceira”.
Não é de toda inaproveitável a sugestão do mineiro Lincoln. A questão prende-se à falta de segurança dos atletas que trabalham a semana toda e correm o risco de ver este trabalho ir pro ralo das águas sujas por causa de um soprador de apito qualquer. Caso reclamem, o atleta corre risco de suspensão brava. E o soprador de apito, leva o quê?

Não consigo entender porque certos analistas de futebol afirmam o seguinte: “Irreverente, polêmico e bom de bola. Este é Mario Balotelli”. - Melhor que ele, para este filho de dona Geralda, é Wellington Paulista. Irreverente, polêmico, artilheiro com mais gols; faz melhor o pivô, briga e reclama da arbitragem igualmente. E é bem mais simpático.

Balotelli (foto), que tem cara de “gato”, daqueles com idade diminuída uns cinco anos em algum cartório corrupto, produtor de certidões de nascimento falsas, é um poste bem definido. Não sai de onde está, nem corre com amor pela Seleção e prazer pelo futebol como faz WP-9. Aquilo tudo só tem 21 anos? Me engana que gosto.

A mesma reclamação do espanhol Del Bosque contra a UEFA fez o italiano Cesare Prandelli: teve dois dias a menos que a Alemanha pra descansar e treinar. Os germânicos venceram a Grécia na sexta-feira, pelas quartas de final da Eurocopa, enquanto a Itália tirou os ingleses no domingo. . As duas equipes se enfrentam agora pelas semifinais nesta quinta-feira.
Já o craque português Cristiano Ronaldo rebateu tudo. Disse que três dias de descanso são mais do que suficientes, em resposta aos espanhóis que comentaram sobre ter dois dias de descanso a menos seria uma desvantagem. “Como profissional, creio que não é um fato importante - declarou o jogador do Real Madrid.

Vicente Del Bosque, (foto) da Espanha uma das favoritas para título da Euro - não com a minha torcida de seu lado - afirmou que tá preocupado com Cristiano Ronaldo, nesta partida contra Portugal, pelas quartas de final da Eurocopa.
- É óbvio que Cristiano é singular, não há nenhum jogador assim (na Euro) - afirmou o treinador em entrevista à rádio espanhola Onda Cero.
- Temos que superar Ronaldo na marcação. Não deixá-lo jogar. Para isso, contamos com a  colaboração de toda o time, deixando-o sem espaço.
Ao reclamar do tempo de descanso e mostrar receio pelo futebol de Cristiano Ronaldo, a Espanha, apesar de favorita, apresenta seu ponto fraco. Um elefante com medo do ratinho. Quem sabe por aí, os irmãos de Além-Mar não seguram a vaga da final.
O grande ídolo Eusébio, em razão da crise de hipertensão sofrida na Polônia, ficará internado por mais três dias e só voltará a Portugal na próxima quinta-feira – um dia após a seleção lusa enfrentar a Espanha pelas semifinais do torneio.
Portanto, não verá a partida, nem por tevê. Proibição médica. Sacanagem com a Pantera de Moçambique, 70 anos apenas. 

sábado, 23 de junho de 2012

MONTILLO E RG-4 OS HEROIS MINEIROS DA RODADA

 Montillo( foto de Lívia Villas Boas - AGIF/ AE) no Rio, e RG-49 ( foto de Rodrigo Clemente - Espor.EM/DA Press), à noite, no Independência, foram os donos da sexta rodada do Brasileirão.


GALO GOLEIA TIMBU NO INDEPENDÊNCIA NA ESTREIA DE RG-4 EM BH

A  sexta rodada do Campeonato Brasileiro foi um espetáculo para os mineiros. Cruzeiro derrotou o Vasco (3 a l), no Estádio São Januário, sob a batuta do maestro Montillo, e assumiu a liderança da competição. No final da noite de sábado, Ronaldinho Gaúcho liderou a moçada do Galo numa goleada por 5 a l sobre o Náutico, do Recife, no Estádio Independência.
O estádio lotado e a torcida alucinado pra ver a estreia na Capital de sua principal estrela, deram suporte à atuação excelente da equipe e, principalmente, de RG-49 justificou toda aquela alucinação mostrada pela apaixonada torcida alvinegra.
Nem mesmo quando o jogo trilhou nos primeiros 29m os perigosos caminhos do desencontro total, permitindo o empate do Náutico, através de Araujo, num lance que a torcida culpou o goleiro Geovani, o Galo perdeu a fleuma. Fizera l a 0, com Bernard logo aos 2m; tomou o empate e atuava mal, com um buraco no meio-campo.
A paciência de Cuca esgotou-se e após trocar ríspidas palavras com Richarlyson, que foi à beira do gramado pedir-lhe orientação, resolveu de vez trocar o time. Tirou Rick que saiu cuspindo marimbondo e colocou Serginho. Deu certo.
Com  atuação sóbria, coletiva e marcada pela cobrança de pênalti de Ronaldinho, sofrido por Jô,  de forma que só os craques fazem, o Galo partiu pra cima dos pernambucanos no segundo tempo. Danilinho, outro destaque, marcou duas vezes e o argentino Escudero fechou o marcador. A festa deste sábado à noite teve pouco mais de 16 mil pagantes e uma renda superior a 600 mil reais.  

CRUZEIRO VIRA LÍDER VENCENDO VASCO NO RIO

O futebol do primeiro tempo preocupou-me bastante. O Cruzeiro começou muito recuado, com apenas Wellington Paulista na frente, com Montillo bem marcado e sem espaço pra jogar e os volantes errando passes demais. A insistência de Fábio tentar ligação direta e fazer cera em excesso demonstrava claramente o interesse do time de Celso Roth em jogar apenas defensivamente. Sem dúvida, contava com algum erro do Vasco da Gama. Líder invicto, com aproveitamento 100%, o cruzdemalta levou bom público a São Januário, mas sua  maior posse de bola não redundou em nada. Se o Cruzeiro não chutou nenhuma bola ao gol até os 35m do primeiro tempo, por outro lado o Vasco não fez Fábio trabalhar tanto como o costumeiro. Antes do final da fase inicial, Walter Montillo marcou um belo gol de perna esquerda, um voleio no ângulo, sem a bola tocar no chão. Ele começou a jogada, passou a Léo - que teve uma grande atuação como lateral direito - e o cruzamento na área vascaína causou tremenda confusão. A bola sobrou pra Montillo, quase na entrada da área, e o argentino mandou ver. Golaço. 
No segundo tempo, apenas uma mudança no Vasco: Felipe foi jogar no meio e entrou Feltri, ex-Galo. Só mais tarde um pouco, Roth colocou Souza pra ajudar Montillo. Aí veio outro lindo gol, uma pintura, marcado por Wellington Paulista. Levantou os olhos e viu o goleiro vascaíno adiantado. Com calma, num lençol certeiro, marcou 2 a 0. A surpresa é que o gol do Vasco veio poucos minutos após, numa falha de Fábio, bem inseguro no jogo. O susto não fez o Cruzeiro abdicar do contra-ataque. Anselmo Ramon entrou no lugar de WP-9 e fez 3 a 1, em nova jogada de Montillo e Léo pela direita. Bela vitória e o Cruzeiro é líder do campeonato com 14 pontos; 


ALEMANHA ESPERA NA SEMIFINAL O VENCEDOR DE INGLESES E ITALIANOS

Não gosto do estilo de jogo nem dos ingleses nem dos italianos. O meu DNA de maioria português já assumiu a torcida por Cristiano Ronaldo e seus companheiros, e por causa do rasgo italiano do meu avô Juca Molinari estarei ao lado da turma da Azzura no clássico deste domingo na Eurocopa e que apontará o adversário dos alemães. Caso a Itália siga em frente, como desejo, espero que atropele, também, a Alemanha.Quem desconhece o apetite italiano nessas competições? Come tudo pelas beiradas e já fez isso, em 82, em cima do Brasil. Imaginemos: Itália tira os alemães e Portugal bota a Espanha - um sonho bem difícil de acontecer, mas quem sabe?. Teremos uma final linda da Eurocopa: Portugal x Itália. Em julho, na reunião anual da Família Pontes de Assis, à qual pertenço por parte de minha saudosa mãe Geralda Assis Anselmo, erguerei um brinde aos irmãos da Terra de Cabral. Que me perdoem os Molinari da família do meu  não menos saudoso pai, Sodico. Sonhar é possível.  


ESPANHA X FRANÇA DEU SONO, MAS A FÚRIA FOI EM FRENTE

Da Fúria campeã do mundo só teve o excelente e envolvente toque de bola. A ânsia de marcar gols, no entanto, ficou no vestiário. Mais triste foi assistir à uma França caída, com problemas internos e, visivelmente, sem vontade jogar, sem perseguir a meta adversária até mesmo após levar o primeiro gol. Os espanhóis ficaram mais agressivos com as entradas de Pedro Rodrigues e Fernando Torres e ensaiaram algumas jogadas ofensivas. Numa delas, individual, Pedro foi derrubado na área e Xavi Alonso fez 2 a 0, placar final. A vitória coloca a Espanha contra Portugal, na próxima quarta-feira, como uma das semifinais da Eurocopa.


Flávio Anselmo
Email:   fanselmo@msn.com
Twitter:@fganselmo
Blog:    www.flavioanselmo.com.br

sexta-feira, 22 de junho de 2012

ALEMANHA ESCONDEU O JOGO OU OS VELHOS PERDERAM A VEZ?


Nada de titulares no ataque. Foi com uma formação sem o artilheiro Mario Gomez, Lukas Podolski e Thomas Müller que a Alemanha venceu a Grécia por 4 a 2, em Gdansk, na Polônia, e se classificou para as semifinais da Eurocopa 2012. O técnico Joachim Löw apostou nos suplentes do ataque e a estratégia surtiu efeito. Os gols do triunfo foram marcados por Lahm, Khedira, Klose e Reus. Samaras e Salpingidis, de pênalti, descontaram para os gregos. Pela primeira vez na história, a Alemanha venceu quatro jogos consecutivos na Eurocopa. O time germânico agora vai esperar o vencedor do confronto entre Inglaterra e Itália, que se enfrentam no próximo domingo, em Kiev, na Ucrânia.

ALEMANHA GOLEIA GRÉCIA E É GRANDE FAVORITA NA EUROCOPA

Bem que os gregos tentaram na base da força e dos contra-ataques, mas o poderoso e jovem time da Alemanha após levar o gol de empate em l a l soltou suas feras e goleou a Grécia por 4 a 2. O último gol foi de presente: pênalti mal marcado pelo juiz e a Grécia anotou o seu segundo gol. Ritmo controlado, bola de pé em pé, com o capitão Lahan aparecendo com um belo chute de fora da área, no ângulo e coordenando as ações do meio, os alemães mostraram porque têm campanha com 100% de aproveitamento. Ninguém discute mais: entre eles e os espanhóis está o Campeão da Europa.



ÁRBITRO HÚNGARO PEDE PERDÃO PELO ERRO CONTRA UCRÂNIA



 O mico que paga atualmente por não ter validado o gol do ucraniano Devic contra a Inglaterra e que o colocará nas futuras páginas da história da Eurocopa, levou o árbitro húngaro Viktor Kassai a pedir desculpas publicamente à Federação de Futebol da Ucrânia. E mais: defendeu o uso de um chip na bola já na Copa das Confederações do ano que vem.
Tá bom! Porém como fica o prejuízo dos ucranianos eliminados da fase seguinte da competição? Kassai informou que assistiu junto com seus auxiliares o vídeo do jogo e quase morreu de arrependimento e vergonha.
Contudo, não condenou a omissão de seu auxiliar, atrás da meta, colocado ali exatamente pra impedir tais besteiras. Confessou, também, que se sente, desde já, afastado da arbitragem da Copa do Mundo/2014, o principal objetivo da sua carreira. Azar dele: errou tem que pagar!

O meu atento leitor Reginaldo Souza, do Bairro Copacabana, BH, me manda email: “amigo Flávio Anselmo, parabéns pela nova netinha. Jesus Cristo abençoe a todos. Ainda não entendi porque defendem tanto o Bernard, pois o garoto tá mal e não será surpresa se for pra o banco”.
“O Galo não pode ficar a mercê de jogador nenhum... tá mal, vai pro banco. Se fosse jogador de fora, a
imprensa já tava caindo de pau pedindo a cabeça. Titularidade é pra quem merece e não para prata da casa ou de fora...”
“Por causa da insistência e burrice do Dorival Junior com Renan Oliveira, o Galo perdeu Diego Souza. Vamos perder quem agora por causa de jogador que tá mal? Se render joga,
se não render, tá fora, a vida é assim”.
Resposta: alguém precisa defender a prata-da-casa, né Reginaldo? Porém, certas colocações suas correspondem à verdade. Uma delas: “titularidade é pra quem merece e não para prata da casa ou de fora...”
Do professor Haydn Pimenta, que me honra com o seu prestígio, veio a mensagem: “Parabéns, Flávio, sua crônica de hoje( 19/6/12 Justo ou Injusto estamos no G-4...)  foi concisa, objetiva, constituindo-se em excelente análise dos fatos, em relação aos quais meias palavras bastam a bom entendedor!”
Resposta: obrigado, professor.
Para João Batista, diretor comercial da TV Horizonte, e colaborador assíduo da Trincheira, “ 1) Roger pode ser bom jogador, fará certa falta como peça de reposição de nível no elenco do Cruzeiro. Porém, contaminado pela exposição midiática da mulher DÉBORA Seco, deseja também, ter a mesma exposição e sonha em ser comentarista de futebol em TV”.
Ele é craque, mas é um cara meio falso, que mente e de caráter duvidoso e que na hora de decidir em servir o seu ego e a equipe prefere o primeiro.  Pois o observei em todos os embates que atuou oficialmente pelo Cruzeiro e quando o time mais precisou dele e ele falhou”.
“Posso concluir que é uma estrela decadente.  Não tem mais brilho e o físico já não obedece mais a inteligência e sua visão de jogo.  È claro que o Roth não iria mantê-lo no elenco, pois sabedor que é, que ele, Roger, é desagregador e quer os holofotes da liderança do time. Coisa que já passou e causou danos no Cruzeiro.  Vítima maior, Adilson e Gilberto. Chega”. 
“2) Mais uma vez os ingleses sendo beneficiados pelo apito amigo ou cegueira mesmo de árbitros de futebol de futebol. A Copa de 66 e agora, este absurdo: o juiz que fica atrás do gol, não observar que aquela bola entrou e foi gol da Ucrânia”.
“Acho um absurdo também a FIFA não utilizar os recursos eletrônicos disponíveis atualmente, para impedir que esses equívocos ocorram e prejudiquem todo um trabalho e recursos de uma seleção numa competição dessa grandeza.  Que pensem nisso para Copa do Mundo de 2014”.
Resposta: respeito alguns conceitos e discordo de outros no caso Roger.

Melhor jogador do mundo, Lionel Messi  não quis comentar as declarações de Cristiano Ronaldo sobre seu fracasso com a Argentina na Copa América do ano passado. Messi está na Colômbia onde foi disputar um jogo beneficente e com um simples “não quero falar sobre o assunto”, encerrou a conversa com os jornalistas.
Todavia, o presidente do Barcelona, Sandro Rosell, botou lenha na fogueira ao declarar que não vê CR-7 na disputa da Bola de Ouro: “Existem outros 10 jogadores na frente dele na disputa”. E na sua comparação com Lionel Messi, o cartola catalão disse que “Cristiano Ronaldo não é o segundo melhor jogador do mundo. É o 12º. Aqui no Barcelona temos 11 melhores que ele”. Céus!
Quem diz o que não deve, ouve o que não quer. Rosell pode esperar que uma resposta de Cristiano Ronaldo, no momento o melhor jogador da Eurocopa, virá forte por aí, também. As provocações do marrento CR-7 contra Messi não têm sentido.
O argentino é genial e tem temperamento dócil. Não gosta de holofotes e nem provoca confusões.
Aqui no Brasil existe uma corrente amplamente favorável a Lionel Messi. O atacante do Real Madrid nem entra numa exagerada disputa com Neymar. Incrível, né? A personalidade forte de CR-7, amante dos holofotes, da publicidade, modelo de sucesso, bonito e rico – como ele próprio diz – não agrada aos severos críticos tupiniquins.

Enquanto Celso Roth faz mudanças, insatisfeito com as atuações do time, apesar de o Cruzeiro ser vice-líder do Brasileirão, no Atlético, Cuca, com a poderosa arma que tem agora nas mãos, as cobranças de falta de RG-49, treina, treina e treina tal fundamento. É interessante isso: Roth tenta encaixar Leandro Guerreiro, Victorino e William Magrão no seu esquema contra o Vasco, no Rio.
Cuca estudou a fragilidade do Náutico nas bolas áreas e botou Ronaldinho Gaúcho pra trabalhar mais. Até porque sabe do talento dele nas cobranças diretas ou nas bolas certeiras lançadas sobre a área. Também Réver e Rafael Marques, homens altos do Galo, vão trabalhar bastante na área adversária.
Ensaio interessante o de Celso Roth durante a semana: três zagueiros – Léo, Victorino e Mateus – e três volantes – Magrão, Guerreiro e Everton. Na armação, Souza de um lado e Montillo, chegando mais à frente, do outro. Fabinho e WP-9 no ataque.
Muita gente na defesa, no meio-campo e no ataque. Pode parecer esquisito, mas os espaços todos estarão fechados. Na teoria, claro.
Cruzeiro no Rio, Galo no Independência e no meio as duas torcidas com radinhos no ouvido. Gritaria geral. Fogo cruzado como nos velhos tempos neste sábado.

COPA DO BRASIL JÁ TEM SEUS FINALISTAS

O Coritiba depois de vencer o São Paulo, no Estádio Couto Pereira, por 2 a 0 e classificar-se pela segunda vez seguida pra final da Copa do Brasil ficou à espera de adversario. Saiu noite passada, debaixo de muita chuva e muita violência. O trio mineiro de Ricardo Ribeiro, Márcio Santiago e Guilherme Camilo aprontou uma confusão daquelas no jogo Palmeiras x Grêmio, em Barueri.
O Grêmio fez l a 0 com Fernando e o Verdão empatou com Valdívia, tudo no segundo tempo: aos 21 e 27 minutos. Pouco depois começava a confusão com três expulsões, dois gremistas e um palmeirense. Pela primeira vez o Palmeiras chega às finais de uma Copa do Brasil.
Também na Copa Libertadores das Américas, semifinais,. foram conhecidos os  finalistas. O Corintians que eliminou o Santos num empate de l a l, após l a 0 no primeiro jogo, na Vila Belmiro, vai enfrentar o Boca Juniors, rei da competição. O sorteio das datas será semana que vem.

Na Eurocopa, com Cristiano Ronaldo novamente o melhor em campo e marcando um belo gol - o da vitória - Portugal eliminou a República Tcheca por l a 0 e vai para as quartas de final. Seu adversario será conhecido no sabado quando jogam França e Espanha. Amanhã, sexta-feira, tem Alemanha e Grécia, jogo dos mais esperados. A Grécia, de novo, tem sido a zebrona da Eurocopa.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

GERALDÃO, LEMBRAM-SE DELE?, FALA SOBRE O QATAR. CLIQUE NO VÍDEO E VEJAM QUE BACANA

NARIZES CRESCERAM TODOS E A TOCA ENCHEU-SE DE PINÓQUIOS


Na última segunda-feira, no rastro de uma informação privilegiada de certo colunista do Estado de Minas, sobre a rescisão de contrato de Roger com o Cruzeiro,meus companheiros resolveram do programa Jogada de Classe, da TV Horizonte, checar a notícia.
Flávio Carvalho ligou pro presidente Gilvan do Pinho Tavares e ouviu dele, às 12h15m: “Ainda não. Teremos uma reunião às 15h pra discutir o assunto”.
Orlando Augusto ligou pro diretor de futebol Alexandre Mattos e ouviu: “Não sei nada desta reunião. Quem a marcou?”. Claro que não foi Orlando Augusto, certo?
Em outra tentativa de esclarecer a situação, ele ligou pro Diretor de Comunicação do clube. Ouviu dele: “Esta informação ainda não chegou pra mim”.
Os narizes cresciam. Na hora estabelecida da reunião, lá estavam todos eles, inclusive o supervisor ad perpetuam Benecy Queirós, homem sombra das 50 últimas administrações, fossem elas do mesmo grupo político ou não.
Os narizes cresceram mais ainda após a entrevista coletiva do técnico Celso Roth ressalvando que a saída de Roger estava decidida antes de sua contratação. Ou seja, não tinha nada com a saída de Roger.
Então, outro nariz cresceu: a Toca da Raposa II virou a Toca dos Pinóquios.
Como se não bastasse a censura às informações de lesões por parte do Departamento Médico do clube, em conluio com a diretoria de imprensa, agora o Cruzeiro resolveu esconder tudo.
Até as informações que não trarão nenhum prejuízo financeiro ou à credibilidade do clube estão escondidas, dissimuladas, descaradamente.

Nasceu a quinta netinha, Maria Tereza, filha de Flávio Jr e Fabiana. Vejam em WWW.flavioanselmo.com.br  a foto desta princesinha que ao lado de Vitória, Luana, Ana Flávia – irmãzinha de Maria Tereza – e Sophia, irmão de Luana, encherá de luzes e cores a vida deste velho blogueiro.

Grande vitória, de incrível superação, conseguiu o Coritiba de Marcelo Oliveira diante do São Paulo. Duvidava dela, visto que os leoninos do Morumbi tinham vencido o primeiro confronto e levavam boa vantagem do empate para o estádio Couto Pereira.
Num mata-mata esta vantagem aperta. Com calma, perseverança, os rapazes de Marcelo Pacote fizeram 2 a 0 e eliminaram a vantagem. O SP havia feito apenas l a 0 no Morumbi. É a segunda vez que Marcelo chega à uma final da Copa do Brasil. Espero que a abiscoite agora.

Campeão continental, o Santos de Neymar bem esforçado, mas sem inspiração, jogou o que pode diante do Corinthians na tentativa de ir à nova final da Copa Libertadores das Américas. Ficou só na vontade.
A tentativa de diminuir as qualidades do Timão e de seu treinador Tite tem servido pra abrir frente a diversas conquistas deles.
Por mais que tratem o Corinthians como exemplo do futebol conservador, antiquado, pragmático, e Tite de treinador de time pequeno, não conseguem tirá-lo das ponteiras dos campeonatos importantes.  
Esse time pragmático que foi eliminado da Libertadores ano passado, porém manteve o técnico Tite,  chega à sua primeira decisão na competição continental.
O empate em l a l com o Santos, no Pacaembu, ressaltou de novo a incapacidade santista de agregar o talento de Neymar e Ganso, quixotescamente, num time de jogadores comuns.
Enquanto a diretoria santista acreditar que Neymar e Ganso podem sozinhos levar o Santos às fronteiras da consagração, ela passará por desaponto.  

Só o Botafogo sabe que namora Seedorf. O veterano craque holandês, liberado pelo Milan após 10 anos, não sabe do namoro e nem se virar morar com a namorada carioca. Disse à imprensa italiana que, no momento, desconhece o seu destino e o seu futuro. Seedorf tem propostas da China e dos Emirados Árabes.

Não tenho como provar se as pressões feitas sobre Bernard partem da própria torcida atleticana ou de outras a fim de desestabilizar o jovem craque.
Deixem o moço em paz, meus Bons! Bernard é patrimônio do futebol mineiro.
Seu sucesso no Atlético está interligado ao sucesso de outros esquecidos da base nos times da Capital. Bernard foi o único garoto que Cuca decidiu manter.
Debaixo de pressão é bem capaz de o técnico dar a ele o destino de Felipe Soutto, a reserva.
Não creio que o fato de perder dois gols feitos, em partidas diferentes, tenha feito Bernard virar alvo de torcedores conscientes, apenas das bocas azedas.
Trata-se de um garoto de 19 anos que terá de aprender muito ainda. Bernard foi artilheiro na sua passagem pelo Democrata Jacaré, do júnior e do juvenil. Não desaprendeu.
Tem a cabeça tão boa que esclareceu a situação assim: “Não mudou muita coisa, só que a bola não tem entrado”.
Diz ele que não se intimida com as cobranças. Tomara. Gostei de ouvir Bernard afirmar, também, que tem corrido, marcado e criado jogadas; que quer sempre a bola pra ajudar ao time e não se omitir. É isso aí, meu Bom. Os cães ladram e a caravana segue em frente.

Falando nas bocas azedas, aposto que criticarão a decisão do Presidente Alexandre Kalil de pagar premiação pela conquista do Campeonato Mineiro a todos os funcionários do clube. Ou alguém imagina que eles também não trabalharam de alguma fora pela conquista?
Pela primeira vez na história do clube, até os funcionários da sede administrativa receberão, também, o prêmio, que entrará na folha deste mês. A premiação já foi paga aos jogadores e comissão técnica, e aos empregados do centro de treinamentos.

Já tentei entender os contratos envolvendo o Estádio Independências e os clubes da Capital. Cara, o negócio é mais enrolado do que bobina de máquina.
O site Superesportes trouxe uma matéria do repórter Luiz Martini que esclarece bem o assunto e avisa: “a medida não é irregular, mas os rivais mineiros pagam valores diferentes.” Martini usou os Borderôs da CBF que mostram diferenças nos acordos de Atlético e Cruzeiro com a BWA. Acessem lá e fiquem por dentro. 

terça-feira, 19 de junho de 2012

ROGER RESCINDE COM CRUZEIRO E DEIXARÁ SAUDADE NO BRASILEIRÃO



Tenho lá minhas dúvidas se a mesma parte da torcida celeste que aplaudiu a decisão do Presidente Gilvan Tavares em manter Walter Montillo no elenco esteja aplaudindo a rescisão do contrato de Roger seis meses antes de vencer.
Também não aceito nenhum argumento de que o atleta pediu pra sair, porque não se sentia bem no clube, Não aceitou ficar porque a diretoria precipitou-se em comunicar-lhe que, ao final do contrato, não haveria renovação.
A personalidade forte de Roger (foto) não aceitaria tal situação, razão pela qual solicitou a rescisão agora. Aos 34 anos, Roger tem bala na agulha pra qualquer grande clube e evidentemente não iria se exilar no Sport do Recife, longe da mídia do eixo e longe do trabalho da amada.
Cobre-me daqui uns dias: Roger, com seu talento, sua liderança e até com suas vicissitudes, fará falta ao elenco do Cruzeiro, pobre de meias canhotos. Debitem essa saída ao treinador Celso Roth. A saída do gordo artilheiro Walter, debitem ao supervisor Benecy Queiroz, que se desentendeu com o centroavante e deixou o ambiente quente na Toca da Raposa.
Pela minha cabeça passa o seguinte: quem sabe jogar, quem não é brucutu, ou quem vem da base do clube, não tem ambiente pra ficar na Toca. Roth despreza gente assim.
No conceito do técnico cruzeirense, Roger é um grande jogador e marcou época no Cruzeiro. Dispensa comentários na parte técnica e na tática precisa de um esquema para ele. Mentira.
Roth garantiu que ao ser convidado pra treinar os azuis já sabia que Roger não ficaria. Eu sabia que Adilson Batista impôs a saída de Roger pra voltar à Toca. Quanto a Roth, nada foi dito, no entanto.
Como a fase é de diminuir a folha, com a dispensa das estrelas, Wellington Paulista tirou o cavalinho da chuva e já iniciou as tratativas pra ficar na Toca.
Informou que conversou com Alexandre Mattos, o dono do facão afiado dos cortes, e perguntou: “o que vocês querem pra eu ficar?” Coisa nobre, nos tempos de agora.
Mattos nada respondeu: vai consultar suas bases, ou seja, Roth e o presidente.
A favor de WP9 está a sua humildade e disponibilidade. Nunca pretendeu deixar o Cruzeiro. Disputou 138 jogos e marcou 68 gols. É o artilheiro da temporada com 21 gols.
Walter, no entanto, não faz parte mais do elenco, está liberado pra procurar clube e teve a rescisão comunicada ao Porto, dono de seus direitos. Só sai quando o clube português disser ok.
A estreia de Ronaldinho Gaúcho no Estádio Independência com a camisa do Atlético, no confronto com o Náutico, sábado, servirá pra uma análise maior sobre a capacidade da arena. Os entendidos falam em 23 mil lugares, na prática nada disso ocorre.
Na volta do Cruzeiro à Capital, contra o Figueirense, anunciou-se lotação esgotada. O público oficial não passou de 18 mil. Em outros jogos do Galo, foi detectado problema igual. Afinal, o estádio do doutor Anast-azia tem 23 mil lugares ou não?
RG-49 fez duas partidas na capital paulista e por lá estreou como craque do Galo. O retorno do time à Beagá e sua conseqüente estreia aqui tem promovido filas e mais filas nos postos de venda. A partida contra o Timbu será no sábado  e garanto que antes disso os ingressos terminarão.
A expectativa é de que não sobrará nada, mesmo que os cambistas comprem a metade dos ingressos. A maior presença em jogos do Galo foi contra o Goiás, na Copa do Brasil, 18.628.  Por causa dos sumiços dos ingressos, eu chego a apostar num público igual ou inferior sábado.


Meu ex-companheiro da Rádio Capital, excelente narrador José Calazans, da Rádio Brasil Central de Goiânia, entra no foro da Trincheira com um assunto importante: Diz ele: “Flávio, tenho comentado com alguns colegas a situação das Séries C e D do Campeonato Brasileiro com ações impetradas fora dos tribunais esportivos”
“Gostaria de saber a sua opinião sobre o mal que podem causar ao futebol brasileiro estas paralisações. Muita gente diz que as Séries A, B, C e D são distintas.
Não entendo como, pois os rebaixados da A, por exemplo, são substituídos no mesmo número pelos primeiros da B e assim por diante”.
“Caso os times na C e D não entrem em campo em 2012 os quatro últimos da Série B não usariam também, a Justiça Comum alegando que não houve acesso na C e teriam direito assegurado em permanecer na 2ª Divisão Brasileira?”
“E o Brasil de Pelotas insiste em brigar com a CBF e o STJD para ter um direito adquirido fora de campo”. Resposta: você está coberto de razão, Calazans. O acesso e o descenso são critérios técnicos que unem as séries do Brasileiro. Já que existem legalmente têm de ser respeitadas nos seus objetivos. Tanto que a OAB-CE entrou com ação na Justiça Comum pra paralisar as séries A e B. Grande abraço de saudade, amigo.
Registro, também, com grande prazer a mensagem do meu mestre jornalista Alcindo Ribeiro: “Flávio Anselmo, amigo velho. Parabéns pela coluna de 14/6. Dois parabéns pela revolta com a sujeira na cidade, principalmente, com os vândalos pichadores. Falta de educação, meu caro, é a questão, não  é?  Igualmente, fico triste e  revoltado, como vc. Outra coisa: Também sou velho, mas,agora, somos idosos, viu?”

O procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, denunciará Luis Fabiano, do São Paulo, em dois artigos do CBJD o que poderá lhe custar até 12 jogos de suspensão (?), além de multa, pelas ofensas dirigidas ao árbitro na partida contra o Atlético-MG.
O juiz Elmo Alves Resende Cunha colocou na súmula do jogo que Luís Fabiano disse as seguintes palavras ao receber cartão amarelo: "P..., marca só uma, seu m...! Tá inventando desde o início é muito fraco".
A EUROCOPA sepultará com certeza essa história de cinco árbitros depois que aquele “banana” colocado atrás do gol da Inglaterra não viu a bola chutada pelo atacante da Ucrânia atravessar a linha por cima. O gol seria de empate em l a l. e não foi validado.
Com isso, a Inglaterra seguiu (l a 0) em frente na competição como primeira do grupo. O gol foi de Rooney, em seu primeiro jogo no torneio. Em segundo, classificou-se a França, apesar de a derrota diante da Suécia por 2 a 0. O primeiro gol, marcado por Ibra foi algo de cinema

Meu bom, que aperto passou o América diante do Bragantino no Estádio Independência! O jogo estava em 2 a 2 e Bruno Meneguel marcou o gol definitivo: 3 a 2. Baixou aquele desespero nos dois times. O Coelho se defendendo e o Braga pingando bola na área.
Neneca que havia falhado num dos gols eles, passou a pular que nem jogador de vôlei e distribuindo socos à vontade.
O Bragantino reclama pênalti no finalzinho num toque de Werton. Nada marcado. Marcaram Rodriguinho, Boiadeiro e Bruno Meneguel. Os gols dos visitantes foram de Léo Jaime. O Coelho tá com a mesma pontuação – 16 pontos - do seu xará de Natal e perde a liderança no saldo de gols.   


segunda-feira, 18 de junho de 2012

JUSTO OU INJUSTO ESTAMOS NO G-4. ATÉ QUANDO SÓ DEUS SABE



O Atlético perdeu sua invencibilidade numa partida que não merecia perder contra o São Paulo (0 a 1), segundo os analistas. Já o Cruzeiro, conforme os mesmos analistas, venceu o Figueirense ( 1 a 0) sem nenhum merecimento.

Ora, meus bons: vocês não consideram nem a beleza do gol marcado pelo WP-9? Nem a jogada de Souza que entrou no segundo tempo pra botar ordem numa casa desorganizada pela estranha escalação da equipe no início do jogo?

Justiça no futebol só existe pra quem bota a bola mais vezes nas redes. Eu próprio tenho usado este lugar comum no futebol: “venceu sem convencer”.

Conversa fiada minha e de quem pensa assim. Também é retórica nula treinador que diz: “importa jogar feio e ganhar, ou jogar bonito e perder?”

É preciso que o time encontre equilíbrio e respeitabilidade. Caso chegue nesse eixo, as vitórias virão, com dificuldades, às vezes, na maioria das partidas eles estarão ao lado dos que são respeitados pelo equilíbrio tático e o espírito vencedor.

Time que entra em campo, ainda, que bem escalado, porém entregue, sem ânimo dos vencedores, não ganha. Time que entra em campo, ainda que mal escalado, com espírito altivo, coração na boca, sangue nos olhos, não será derrotado.

Defeitos de escalação corrigem-se no intervalo ou durante as partidas. Cuca nada viu nem antes, nem durante, e levou o time à derrota.

No Morumbi, sãopaulinos e atleticanos fizeram um jogo fraco. A vitória poderia sair pra qualquer dos lados. O Galo teve a chance dele com Bernard e não fez. O São Paulo teve sua chance no talento de seu goleador Luiz Fabiano e fez.

Garanto que o gol de Bernard ou de qualquer outro atleticano acontecesse ficaria nisso. Como ficou em favor do SP. Nem deles mostrou capacidade virar um placar adverso.

Ronaldinho Gaúcho experimentou o gosto amargo de uma derrota no Atlético sem que pudesse agir individualmente. Tem o brilho de uma grande estrela, capaz de iluminar o mundo do marketing do clube.

No time, entretanto, poderá até irradiar esperança aos companheiros amarrados pelo adversário. Fica nisso. Sozinho nada resolverá.

No Cruzeiro, o fato é contado diferente. O time entrou mal escalado, com três atacantes, e o Figueirense esteve perto de arrancar na frente.

Um homem no ataque não funcionava – Wallyson – e um também não correspondia no meio-campo, Amaral. Porém, lá atrás um resolvia tudo: o goleiro Fábio.

Agarrava como sempre e parou o ataque catarinense. Quando passou por ele, achou a trave. Celso Roth viu o erro cometido na formação individual e mexeu no time.

Primeiro tirou Amaral, no intervalo. Leandro Guerreiro entrou bem. Pouco depois colocou Souza no lugar de Wallyson. Aí virou tudo e o Cruzeiro fez l a 0.

Resultados justos ou não, mas o certo é que os dois times mineiros estão por enquanto no G-4: Cruzeiro em segundo com ll e o Galo em terceiro com 10.

Tá cedo? Tá. Mas quem não acreditava em nada disso e apenas em Galo e Raposa despencando ladeira abaixo já é um alívio. Uma luz no final do túnel.

Coritiba x São Paulo nesta quarta-feira à noite, no Estádio Couto Pereira, na busca dos times por uma vaga na final da Copa do Brasil cheira a carbureto

A vitória apertada do São Paulo no Morumbi ( 1 a 0) não lhe garante nada. A não ser que consiga um empate ou nova vitória diante do bem armado time de Marcelo Oliveira.

Cheira jogo feio com a equipe de Emerson Leão tentando segurar o empate. Se o Coxa fizer l a 0, pênaltis. A noite fria da bela Curitiba será esquentada de emoções.

Quem parece ter vida mais doce é o Palmeiras que fez 2 a 0 no Grêmio em Porto Alegre. O time de Felipão é baba, fez a zebra do Olímpico.  

Até  mesmo contra o Palmeiras do Felipão não é mole tirar uma diferença de 2 a 0 no mata-mata.  O jogo será nesta quinta-feira,  na Arena de Barueri.

Fiquem de olho, também, na Copa Libertadores nesta quarta-feira à noite: tem Corinthians e Santos, no Pacaembu. O Timão tem bela vantagem de l a 0.

Bom, para os apaixonados pelo talento de Neymar essa vantagem não representa nada. Só que foi conseguida lá na Vila Belmiro, com a Jóia em campo.

Murici garante que será outro jogo. Neymar descansado do passeio com a Seleção fará a diferença. Sei lá. A defesa do Timão, armada por Tite, é muito boa.

Ai, meu Bom Jesus do Galho. A outra semifinal está nas mãos e nos pés do Boca Juniors, que venceu La Universidad do Chile na primeira partida por 2 a 0. Foi em Buenos Aires e a volta será nesta quinta em Santiago do Chile.

No São Paulo x Galo o que mais me machucou foi a nova contusão de Fabrício. Eu o conheci pessoalmente no Jogada de Classe. Gente boa. Não merece o que tem passado.

Essa partida era apenas a quarta de Fabrício com a camisa são-paulina. Em três delas ele precisou ser substituído com menos de 25m de jogo por causa de suas lesões.

Fabrício atuou por apenas 22m contra o Mogi Mirim; por 14m contra o Bragantino. Somente contra o Ituano jogou até o fim.

O São Paulo confirmou que Fabrício será submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo. No Cruzeiro ele andou, também, perseguido por lesões sérias.

Aqui a turma boca azeda pegava no pé de Fabrício e o apelidava de “Chinelinho”, jogador que não sai da enfermaria.

Mancini conversou com Paulo Roberto Falcão e não resistiu a lábia do elegante treinador do Bahia. Liberado por Kalil, o atacante vai jogar no time da Boa Terra se passar nos exames médicos.

Ótimo palco pra Mancini, que tem feito mais careta e poses para as câmeras do que jogado futebol no Atletico. Cuca demorou demais em dar-lhe bilhete azul.

Outro tem demorado a pegar o boné é Dudu Cearense(foto). O problema é que tem contrato até 2014. Se for dispensado de vez, o Galo morre numa multa legal.

Como Cuca não quer nem vê-lo pintado de ouro, Kalil autorizou o empresário do atleta a procurar outro clube. No exterior. Kalil sonha com alguns dólares.




quinta-feira, 14 de junho de 2012

ESPANHA MOSTRA SUA FORÇA COM TORRES

Autor de dois gols na goleada por 4 a 0 aplicada pela Fúria sobre a Irlanda hoje os espanhóis mostraram suas armas na Eurocopa. A decepção do empate com a Itália(1 a1), a Espanha irritou os torcedores em campo e os amantes do futebol qualificado na frente da TV com sua maneira despreocupada de jogar. Toca, toca, toca a bola e na hora de chutar, definir, faz novo passe e começa tudo de novo. Gostam disso. Como o Barcelona adora. Hoje fez 4 a 0 e poderia ter feito o dobro. Alegria pra recuperação de Fernando Torres, encontrando-se com o gol.
No primeiro jogo, Itália e Croácia empataram em l a l. Melhor para os croatas que chegaram a 4 pontos. Os italianos fazem tudo bem planejado. Não se arriscam à toa. Com o empate fizeram 2 pontos em dois empates. Correm risco? Que nada! O último jogo é contra a Irlanda e com a vitória quase certa chega a 5 pontos e a uma das vagas do grupo