quinta-feira, 14 de junho de 2012

COELHO BUSCA A LIDERANÇA ISOLADA EM FLORIPA CONTRA AVAÍ

Como estarei de viagem no final de semana, o meu blog será adiantado na minha coluna.


Nesta sexta-feira, o Coelho tem compromisso pra lá de sério contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis. No mesmo horário, outro América, o de Natal, também joga sob pressão contra o São Caetano, no ABC paulista.
Tudo isso porque o Vitória ganhou do Guarani por l a 0, na última terça-feira e assumiu, ao lado dos Américas a liderança da Série B. Ocupa o terceiro lugar face ao melhor saldo de gols dos outros.
Porém, na previsão do pior, caso um vença e o outro perca, um dos Américas assumirá a liderança isolada. Que seja, então, o América Mineiro.
Se acontecer vitórias de ambos, com certeza a liderança poderá mudar dependendo do saldo de gols. A diferença entre eles é de apenas dois gols, 9 a 7, pró Coelho.
Givanildo de Oliveira ficou mais tranquilo após saber que o “anjo” Gabriel (foto) tá bom que nem coco.
Sendo assim, não terá problema pra escalar a equipe cuja campanha é excepcional, principalmente fora de casa.
Jair Albano Félix, gerente de futebol, apresentou oficialmente mais um reforço do time: o beque Vinícius, 26 anos, emprestado pelo Santos.
Sua documentação está registrada e Vinícius, se o técnico quiser, pode estrear já contra o Avaí.

As críticas que fiz ao Cuca, do Atlético, eu faço ao Celso Roth, do Cruzeiro. Empatou dois jogos, ganhou dois, e já se acha dono da cocada.
Segundo ele, os resultados positivos no princípio do Brasileirão têm sido reflexo da “entrega” dos jogadores em campo.
Ótimo, ressalva, mas quer mais contratações pra que o Cruzeiro torne-se “competitivo no momento em que apenas o empenho da equipe não seja suficiente”.
Então eu pergunto ao Sr. Roth: Você sabe se algum desses reforços está na divisão de base do próprio clube?
Você conhece o potencial de Elber, Gabriel Araujo, Uchoa, Eber e outros meninos revelados na Toca da Raposa I?
Se afirmar que sim, é mentira;  penso que Roth nem sabe onde fica a Toca I.
Por isso que o futebol mineiro se transforma num asilo de ex-jogadores em atividade e falido porque quase não tem craque jovem na prateleira de bons negócios.
O BMG de Ricardo Guimarães e o ZZ Senador rasparam tudo, são donos de todo estoque.
Bom, direi que no caso do Galo existe Bernard e Felipe Soutto. Se o BMG não for o dono.  
Tanto Cuca quanto Roth são treinadores de vedetes decadentes, gostam das ações entre amigos, arrumar emprego pra turma velha de guarda.

Nesta temporada o Cruzeiro contratou uma leva de cabeças de bagre. Não vou citar nomes, porque a torcida conhece todos.
Agora fala no lateral direito Ceará, 32 anos, vindo de temporadas no futebol francês.
Não sei se é amigo de Roth. Possivelmente. Ceará rodou meio-mundo. Outro velhinho pra ocupar uma das vagas do asilo azul.
O presidente chegou a desmentir as tratativas de manhã, porém à tarde alguém falou com ele e Gilvan confirmou a possibilidade de negócio.
Quem foi esse alguém? Ou o gerente Alexandre Mattos ou Celso Roth. Pergunto: num caso assim não é melhor apostar no jovem da casa? Se der certo, é retorno.
Quem me garante que Ceará dará certo? E ainda que dê qual será o lucro que o Cruzeiro terá com ele ao fim do contrato? O mesmo que teve com Bobô e Walter.

Mais uma vez a BWA de Bruno Balsimelli levou chega-pra-lá do secretário extraordinário. A negativa pro Cruzeiro treinar no Estádio Independência e a cobrança de R$ 100 mil em caso de desobediência foram os motivos.
Gilvan Tavares já sabe o caminho das pedras. Em caso de retaliação da BWA, ou de falta de diálogo do Atlético, recorre à Secretaria Extraordinária.
Após novo puxão de orelhas, a BWA explicou à imprensa que em comum acordo com os outros órgãos decidiu-se que não haverá mais cobrança de multa.
E que o time de Celso Roth poderá fazer treino de reconhecimento do gramado pro jogo contra o Figueirense, neste domingo.

Antes até de saber o resultado do julgamento no STJD, onde André seria julgado por “assumir conduta contrária à disciplina”, a discussão na Cidade do Galo entre os setoristas: com quem Cuca ficaria no time titular?
Jô é a bola da vez, com dois gols decisivos nas últimas partidas. André foi absolvido e agora se espera a decisão do treinador sobre o centroavante do jogo contra o São Paulo.
Também discordo da possibilidade de jogarem juntos, em prejuízo de Danilinho, ou Bernard. Nem pensar.
Com dois centroavantes das mesmas características tirar um meia atacante é suicídio. Danilinho anda bem encaixado e Bernard é a jóia da equipe.
Do jeito que anda escalado, o Galo está no caminho certo. Carlos César aparece na lateral direita porque Marcos Rocha está suspenso e não enfrenta o São Paulo.
Nas demais posições, Geovani, Carlos César, Réver, Rafael Marques e Junior César; Pierre, Richarlyson, Danilo e RG-49; Bernard e Jô. E um banco forte, a ser escolhido. 

3 comentários:

  1. O cruzeiro irá treinar à noite no Independência, com refletores acesos. Quem paga a conta? Secopa/Governo/cruzeiro? Nada disso. BWA/Galo. Isso não está certo. E a manutenção do gramado, quem paga? Mais uma vez BWA/Galo. Isso não tá certo.
    Secopa faz política com dinheiro dos outros. Assim, até eu juvenal. Isso não está correto.

    ResponderExcluir
  2. No Cruzeiro é assim: preferem desperdiçar dinheiro contratando "bondes" de fora a aproveitar os jovens da base. O atacante Thiaguinho, por exemplo, você ouviu falar nele mais alguma vez depois que ele foi campeão e artilheiro do Brasileiro sub-20 em 2010? Simplesmente sumiu. E poderia muito bem ser a solução em meio a uns WP-9 e Anselmos Ramons da vida.

    No Mais, gosto muito de seu blog. Parabéns e continue assim.

    ResponderExcluir
  3. Concordo. A diretoria fica trazendo jogadores em final de carreira como Tinga, Souza e por ai vai, e não dá chances para os garotos das divisões de base. Na própria escolinha do clube , sede campestre tem vários garotos entre 12, 13 14 anos que são bons de bola e a maioria de BH e não tem se quer uma chance.Tem uma dupla de atacantes : Fábio Augusto, um garoto de grande porte e Robert, um velocista. Mas parece que lá não tem olheiros. O objetivo dessa gente é de arrancar dinheiro dos pais dos garotos.
    Já foi o tempo em que tinha Linconn do Cruzeiro e Zé das camisas do galo, que davam chances aos gaorotos, ex: Cruzeiro(Tostão, Natal, Zé carlos, Piazza, Roberto batata, Palhinha etc.) No Galo: Reinaldo, Marcelo, Paulo Isidoro, Cerezo, Danival, Getúlio etc.)

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.