sábado, 23 de junho de 2012

CRUZEIRO VIRA LÍDER VENCENDO VASCO NO RIO

O futebol do primeiro tempo preocupou-me bastante. O Cruzeiro começou muito recuado, com apenas Wellington Paulista na frente, com Montillo bem marcado e sem espaço pra jogar e os volantes errando passes demais. A insistência de Fábio tentar ligação direta e fazer cera em excesso demonstrava claramente o interesse do time de Celso Roth em jogar apenas defensivamente. Sem dúvida, contava com algum erro do Vasco da Gama. Líder invicto, com aproveitamento 100%, o cruzdemalta levou bom público a São Januário, mas sua  maior posse de bola não redundou em nada. Se o Cruzeiro não chutou nenhuma bola ao gol até os 35m do primeiro tempo, por outro lado o Vasco não fez Fábio trabalhar tanto como o costumeiro. Antes do final da fase inicial, Walter Montillo marcou um belo gol de perna esquerda, um voleio no ângulo, sem a bola tocar no chão. Ele começou a jogada, passou a Léo - que teve uma grande atuação como lateral direito - e o cruzamento na área vascaína causou tremenda confusão. A bola sobrou pra Montillo, quase na entrada da área, e o argentino mandou ver. Golaço. 
No segundo tempo, apenas uma mudança no Vasco: Felipe foi jogar no meio e entrou Feltri, ex-Galo. Só mais tarde um pouco, Roth colocou Souza pra ajudar Montillo. Aí veio outro lindo gol, uma pintura, marcado por Wellington Paulista. Levantou os olhos e viu o goleiro vascaíno adiantado. Com calma, num lençol certeiro, marcou 2 a 0. A surpresa é que o gol do Vasco veio poucos minutos após, numa falha de Fábio, bem inseguro no jogo. O susto não fez o Cruzeiro abdicar do contra-ataque. Anselmo Ramon entrou no lugar de WP-9 e fez 3 a 1, em nova jogada de Montillo e Léo pela direita. Bela vitória e o Cruzeiro é líder do campeonato com 14 pontos; 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.