quinta-feira, 28 de junho de 2012

DEU O QUE A HISTÓRIA SEMPRE CONTA: ITÁLIA ELIMINA ALEMANHA E É FINALISTA

A atuação espetacular de Pirlo, Buffon, De Rossis,  Cassano e Balotelli no primeiro tempo levou a Itália a um resultado consagrador na Eurocopa, porém não tão inesperado quanto afirmam alguns. Venceu a Alemanha por 2 a 1 e confirmou que os germânicos morrem de medo da famosa Azurra, pois jamais a derrotaram numa competição oficial. Bem fechada taticamente, com apenas Balotelli na frente e vários talentosos armadores e volantes no meio, os italianos deram a alegria desta quinta-feira ao meu sofrido coração luso-italiano. Entristecido pela desclassificação de Portugal pela Espanha, lavei a alma de minha descendência italiana com a classificação à final da Europa. A Fúria espanhola, melhor seleção da Europa, primeira no ranking da Fifa, atual campeã do mundo e da Euro, conhecerá o talento e a força da Azurra. No final do confronto, a Alemanha desesperada lançou-se ao ataque e a Itália que já tivera Balotelli substituído, perdeu inúmeros gols no contra-ataque. Lá atrás, Buffon fazia a diferença. O goleiro alemão Neur foi destaque nesse período. Jogou de líbero e chegou até ir ao ataque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.