sexta-feira, 8 de junho de 2012

PENSAMENTOS DE MILLOR FERNANDES, OBRA UNIVERSAL

Poderia afirmar que na minha biblioteca (sic) particular jamais entrou qualquer obra de Millor Fernandes. Mentiria. Tenho um livro cujo nome me esqueci e está escondido numa das várias prateleiras onde enfio meus livros sem catalogá-los. Por ali se perdem, até serem achados, num dia à-toa, quando estou atrás de outra obra. Sempre foi assim. Ganhei este Millor de presente, não o li e não sei onde o enfiei. Tinha por ele verdadeira e inexplicável ojeriza.

Talvez por alguma diferença de opinião. Millor Fernandes era assim, como qualquer gênio. Com certeza, sob o pseudônimo de Van Gôgo, ele tenha escrito algo que interpretei como forte tendência direitista, de respaldo à quartelada de 31 de março de 64, e o deletei de vez. Outro dia, porém, recebi um vídeo com pensamentos de Millor; desarmado como devem estar atualmente os mais experientes, resolvi ler e gostei. Mandei ao meu irmão, Fábio Paceli, em Brasília. E ele me mandou de volta o texto abaixo: “Várias pessoas disseram ser ele o gênio da raça. Você precisa conhecer o livro de bolso “O livro vermelho dos pensamentos de Millor - Documento que revoluciona todo o pensamento ocidental”
“Um verdadeiro orgasmo filosófico. Um dos pensamentos: -Em todos os momentos da história ficou provado que um país que precisa de um salvador não merece ser salvo. - Conversa com Milton Campos, Governador de Minas Gerais e candidato à presidência da república, 1955 -  Aí ele comete um erro: Milton Campos não foi candidato a presidente, foi candidato à vice-presidente em 1955 e em 1960. Erro minúsculo numa obra maiúscula”.

Resolvi, então, meu Bom, com a licença geral, reproduzir tais pensamentos que recebi. Colocá-los na minha rede social e nos jornais onde são publicadas minhas colunas. Vale a pena lê-los:

- O dinheiro não dá felicidade, mas paga tudo que ela gasta.
- Anatomia é uma coisa que os homens também têm, mas que nas mulheres fica muito melhor.
- Como são admiráveis as pessoas que não conhecemos bem.
- As pessoas que falam muito, mentem sempre, porque acabam esgotando seu estoque de verdades.
- Não devemos resistir às tentações: elas podem não voltar.
- Chato: individuo que tem mais interesse em nós do que nós temos dele.
- Esta é a verdade: a vida começa quando a gente sabe que ela não dura muito.
- Um homem começa a ficar velho quando já prefere andar só do que mal acompanhado.
- Erudito é um sujeito que tem mais cultura do que cabe nele.
- O homem é um macaco que não deu certo.
 - Todo homem nasce original e morre plágio.
 - A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar ao amigo de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.
 - Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim.
 - O cara só é sinceramente ateu quando está muito bem de saúde.
 - De todas as taras sexuais, não existe nenhuma mais estranha do que a abstinência.
 -Com a sabedoria, estudando muito, pensando muito, procurando compreender tudo e todos, um homem consegue depois de mais ou menos 40 anos de vida aprender a ficar calado.
 - Metade da vida é estragada pelos pais; a outra metade, pelos filhos.
 - Se todos os homens recebessem exatamente o que merecem ia sobrar muito dinheiro no mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.