sábado, 14 de julho de 2012



COELHÃO FOI FEIO NUM TEMPO E BONITINHO NO SEGUNDO

Pode, um time passar o primeiro tempo todo sem chutar uma bola sequer à meta adversária, levar dois gols de um ex-jogador seu, Ramon, e querer sair com vitória ao final da partida. Foi o que aconteceu ao Coelho em Goiás. Sem repetir as boas atuações nas partidas fora de casa, o América não conseguiu encerrar a invencibilidade do Goiás no Estádio Serra Dourada: perdeu por 2 a 0.
O jogo valeu pela 10ª rodada da Série B do Brasileiro, e Coelho caiu pra  terceira colocação, sendo ultrapassado até pelo Vitória no saldo de gols.
Além do que, o América de Natal joga neste sábado contra o Ceará e se vencer  joga os mineiros mais pra baixo, ainda.
Na terça-feira próxima o time de Givanildo, que saiu do gramado p.da vida, quase tirando as calças e pisando nelas (foto de Paulo Fonseca/EM-DA Press), receberá o Guaratinguetá, no Independência, às 21h50.


MARÉ RUIM, PÃO CAI COM A MANTEIGA PRA BAIXO.

O Tupi não tem correspondido na série C como se esperava. Mas é preciso ter muita calma nessa hora e não precipitar nada. Ainda que a maré até fora de campo esteja feia. Vejam bem: o seu Centro de Treinamento,  em Santa Terezinha, foi assaltado no início da noite desta sexta-feira, 13 – chiii!.
Por volta das seis da noite, dois homens, armados com revólveres e encapuzados, renderam o gerente de futebol Pitti e levaram dinheiro que seria usado no pagamento dos salários de jogadores e funcionários.
O valor exato da perda ainda tá, ainda, na máquina de calcular.
Os ladrões levaram também a carteira e o celular do simpático Pitti. Fugiram, segundo testemunhas presentes na Rua José Eutrópio, local do CT do Galo em uma moto. A PM corre atrás dos delinquentes, sem localizar ninguém até à meia noite de ontem.
Aos atletas e funcionários coube sentarem no meio-fio e consolarem com um sorvete de jiló, com molho de boldo e enfeites de Pau Tenente. Liga não, meu pessoal; mais tem Deus pra dar que o diabo pra tomar.
 
CRUZEIRO TRAZ SEU 10º VOLANTE

Eu sabia que Celso Roth gosta de uma retranca e de um time cheio de volantes. Mas desta vez ele extremou. Pediu e o Cruzeiro trouxe por empréstimo mais um atleta seu, dos bons tempos dos churrascos nos pampas. Sandro Silva, um guarda roupa aberto, volante dos decisivos, pertence ao Málaga da Espanha e estava emprestado ao Internacional. Um desentendimento com a diretoria colorada abriu brecha pra sua contração.
Segundo os gaúchos, Sandro Silva recusou salários de R$ 250 mil no Inter.Cruzes, a folha do Cruzeiro subirá que nem foguete de vara no São João. Sandro ficará no Cruzeiro por um ano. Também Grêmio e São Paulo teriam interesse no parrudo volante.
Ele e Donato no meio da defesa, Deus salve quem puder.

                           ALÔ DOMÊNICO, AQUELE ABRAÇO!

Meu quase conterrâneo Domenico Bhering, neto da professora Nila, que ensinou as meninas bonitas de Caratinga a castigar os ouvidos dos namorados tentando tocar piano, como todos sabem é Assessor de Imprensa do Atlético. Vai que me mandou mensagem via telefone que não pude responder por lá, porque apanho do meu aparelho feito cão doido.
Disse ele: “Acompanhei o programa de hoje na TV Horizonte, depois de acompanhar os insultos à sua pessoa no twitter e, também, as suas respostas. Agora acabo de ler sua coluna, como sempre faço antes de dormir. Parabéns, não esperava outro posicionamento de sua parte. Quando não dá pra ler, acabo levando um pito –rsrsrs. Depois falamos.
Resposta: aquele dia vc me pegou com a avó atrás do toco por causa do Urso Bravo. Meu obrigado e vamos que vamos.

Um comentário:

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.