segunda-feira, 16 de julho de 2012

COELHO PEGA GUARÁ

O América mal teve tempo de lamentar a perda da liderança da Série B
do Campeonato Brasileiro, após a derrota para o Goiás, na última
sexta-feira, e já tem compromisso nesta terça-feira. O Coelho encara o
Guaratinguetá e tem a obrigação de vencer em casa. Para isso, o
atacante Alessandro quer uma postura bem diferente da apresentada em
Goiânia.
- Primeiramente, a postura. Nós tivemos uma postura muito abaixo na
última partida. O time entrou apático, desconcentrado e tomou dois
gols. A primeira coisa que tem que mudar é a atitude. O time tem
qualidade, padrão de jogo, o que tem que mudar é a atitude.
O América venceu todas as quatro partidas que fez no Independência. O
duelo contra o Guaratinguetá abrirá uma sequência de quatro jogos em
Minas Gerais. De olho na ponta da tabela, mas com a meta de estar
sempre entre os quatro primeiros, o
Quem for conferir o treino do Boa Esporte vai encontrar os portões
fechados. Vindo de duas derrotas seguidas pela Série B do Campeonato
Brasileiro, o clube decidiu se fechar e nenhuma imagem de treino ou
entrevista com jogador será permitida até o jogo contra o América
daqui a duas rodadas, segundo a assessoria do Boa Esporte.
A equipe de Varginha não faz as pazes com a vitória desde a goleada
por 4 a 1 no Barueri, no Estádio Melão, pela 7ª rodada. Desde então,
foi um empate sem gols contra o Joinville em Varginha e duas derrotas
fora, uma para o Paraná por 2 a 0 e outra para o Criciúma por 4 a 3 –
conquistando apenas um ponto em três rodadas.
A "má fase" fez o Boa Esporte cair para a 13º posição da tabela, com
12 pontos ganhos. O próximo desafio da equipe boveta é contra o CRB-AL
às 19h30 desta terça-feira (17), pela 11ª rodada da Série B. A equipe
alagoana ocupa a 11ª posição, com 13 pontos ganhos.
Em vez de blindar os treinos do Boa, a diretoria deveria procurar
junto à imprensa evitar o apelido BOVETA – rima rica. E feia.
Antigamente, os locutores gostavam disso: o Valério era o time do
minério; o Democrata era o time lacustre, porque estava perto das
lagoas. Que bobagem!
O técnico Flávio Lopes comandou, na manhã deste domingo, a primeira
atividade no Ipatinga. Após se apresentar ao clube, o novo comandante
conversou por cerca de 30 minutos com o elenco e, logo depois, já
promoveu um coletivo. A atividade com bola durou 40 minutos e Flávio Lopes conheceu um pouco mais de cada jogador do Tigre. - Chego ao clube ciente da situação em que ele se encontra. Vi bons
jogos do Ipatinga e acredito que, com muito trabalho, sairemos da parte de baixo da tabela, disse o treinador ao site oficial do clube.
Para a partida diante do Joinville, nesta terça-feira, às 19h30m (de Brasília), o treinador não poderá contar com o volante e capitão Leanderson, suspenso. Em contrapartida, o lateral-esquerdo João Victor deixou o departamento médico, treinou normalmente e está relacionado
para o jogo. (Flávio Lopes, novo técnico do Ipatinga na fotode Marcelo Seabra / O Liberal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.