sexta-feira, 20 de julho de 2012

QUEM ERRA DEVE PEDIR PERDÃO

São inúmeras as mensagens. Uma enxurrada de críticas, correções, xingamentos e lembranças da minha fase gagá, por causa das trocas de nomes, datas, descrições de lances, ete, etc, etc. Como não existe caridade nessa guerra desnecessária, visto ser o futebol TÃO-SOMENTE um maravilhoso e enorme parque de lazer e diversões. Lamento tudo isso e peço perdão. Os jovens não sabem que os idosos têm problemas de memória, e, no meu caso, após uma cirurgia brava de coração, infecção hospitalar, diabetes, cometo erros às pencas. Não posso pagar um revisor, como tenho para meus livros. Conto, entretanto, com a boa vontade dos amigos e parentes que me corrigem após publicadas as colunas, e dos revisores dos jornais que  cuidam mais da parte gramatical do que das informações. Os desafetos se aproveitam e deitam-me o porrete. Tem problema não, minha parte continua, como há 50 anos quando tinha a idade de todos eles. Um dia, quem sabe, terão os mesmos problemas. Espero que contem com a caridade alheia pra entender a situação. Isso não é um pedido de trégua. Quero que vcs se explodam. Dou uma satisfação aos meus leitores inteligentes, educados. São bem mais do que essa meia dúzia de imbecis. Portanto, a esses leitores conscientes, meu pedido de perdão. Reparem o erro e valorizem o comentário e a informação.

A décima rodada derrubou três treinadores; Paulo Roberto Falcão, no Bahia; Dorival Júnior, no Internacional e Argel, no Figueirense. Ou seja, esses times terão de começar tudo de novo, trocar pneus do avião em pleno voo. O Bahia se arrumou com Caio Júnior, mais experiente e andado que Falcão; o Colorado buscou solução caseira com o diretor de futebol, o ex-craque Fernandão, tendo o ex-goleiro Clemer como auxiliar. Foram dois ídolos da torcida, nem tanto quanto Falcão que andou, também, por lá, não deu certo e foi demitido. Qual a solução do Figueirense pro lugar de Argel, ainda não sei.

2 comentários:

  1. Ariel Lima Lipovetsky21 de julho de 2012 12:39

    Olá Flávio Anselmo!
    Acompanho seu trabalho desde a época do jornal O Tempo (tenho 22 anos).
    Me lembro bem, que você antecipou a candidatura de Marques a deputado quase 3 anos antes! A qualidade da sua informação é indiscutível.
    Acredito que a quem te critica por tão pouco é a geração do video game moderno, onde o futebol funciona como mágica. Quem baseia sua noção futebolística por tal meio acaba por não entender os comentários de quem acompanha o futebol de verdade desde os tempos de Tostão.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, meu bom, vc foi muito gentil. O futebol gera contradições que podem ser discutidas, com respeito. Ninguém é dono da verdade no futebol..Abs

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.