domingo, 8 de julho de 2012

TUDO PERFEITO NO FINAL DE SEMANA DO GALO, INCLUSIVE A LIDERANÇA MANTIDA.


Foi um final perfeito para os torcedores do Atlético: no sábado, o arquirrival perdeu em Porto Alegre (2 a 1) para o Internacional e deixou o G-4 e caiu pra sexto lugar. Em campo, o Galo com futebol consciente ganhou por 2 a 0, gols de Marco Rocha ( a quem vaiavam antes) e Léo Silva, impedido, assim mesmo teve seu lance validado, coisa rara de acontecer em favor do Atlético.
Imediatamente após o primeiro gol, os torcedores assistiram o estreante Victor praticar uma defesa sensacional e evitar o empate da Lusa.( Foto de Alexandre Guzanshe/DA Press-Superesportes).
Acabou por aí? Que nada. O gol impedido de Léo Silva nasceu de uma cobrança de falta de RG-49. Nada especial, não fosse a falha do ex-cruzeirense Dida, 38 anos, que em vez de abraçar a bola, deu-lhe um tapa desnecessária nos pés de Léo Silva.
Aliás, no lance do gol de Marcos Rocha, o goleirão da Lusa falhou, também. Vibração em dobro.
No meio da partida, puderam vibrar com o lençol de RG-49 num zagueiro da Lusa e o lançamento atravessado pra Bernard. O menino driblou 2 adversários e chutou à esquerda de Dida. Quase!
A festa explodiu no apito final de André Luís de Freitas Castro, garantindo a liderança isolada com 19 pontos, um a mais que o Fluminense, vice. Em terceiro, Vasco, 17 e em quarto agora, o São Paulo com 15. O Galo tem no momento 4 pontos a mais que o Cruzeiro, 14.
Realmente, a espinha dorsal do Atlético está formada e bem formada. Bom goleiro (Victor); bons zagueiros ( Rever, Léo Silva e Rafael Marques), bom volante ( Pierre); bom armador ( RG-49) e bom centro-avante (Jô).
E tem peças complementares competentes (Bernard e Danilinho) que tornam a equipe um coletivo bem forte. Eu pergunto, então: ainda existe alguma dúvida quanto a possibilidade de o Atlético disputar o título brasileiro?
Antes da montagem desse elenco, ninguém, mas ninguém mesmo, de sã consciência falava em Galo campeão. Quando muito fora da disputa do descenso e com uma vaga na Libertadores se os deuses do futebol ajudassem.
Alexandre Kalil surpreendeu os céticos: trouxe no arranque final: Júnior César, do Fluminense; RG-49 do Flamengo e o goleiro Victor, do Grêmio. Passou a chave no cofre e o time chega à nona rodada com 19 pontos e a liderança.
Surpreendente? Não. O Galo está preparado pra subidas maiores, mesmo com os absurdos e erros cometidos por Cuca e sua turma.

Ouçam a voz da sabedoria e da consciência.  O experiente craque Walter Montillo, cujo talento tem sido colocado em dúvida, no momento, por alguns céticos, sugeriu que a palavra merecimento seja abolida no clube.
Ele concorda que o Cruzeiro fez jogos dignos contra o São Paulo e Internacional e merecia melhores resultados que as derrotas. –“Porém, é preciso confirmar a superioridade com gols e vitórias. No caso do Inter o time deles foi mais eficiente e venceu por 2 a 1.
Algo mais ou menos parecido com o que esta intrépida Trincheira tem dito há anos. Posse de bola maior, mais chances desperdiçadas e domínio de jogo só valem se gols forem marcados em maior número que os adversários. Óbvio, não?
Contra o São Paulo, o Cruzeiro chutou a gol o triplo. Os paulistas foram quatro vezes ao ataque e fizeram três gols. Os azuis só fizeram dois. Pronto: 3 a 2 pra eles! No Sul, o fato se repetiu: Cruzeiro teve maior posse de bola, chutou bem mais a gol e o Inter ganhou de 2 a 1. Sempre digo que futebol não é boxe onde se ganha por pontos ou murros dados.
Disse Montillo: ”O Cruzeiro criou, jogou melhor, eu acho, mas por merecimento ninguém ganha. Foi outro golpe para o Cruzeiro, mas temos uma semana pela frente pra aprender de novo que o campeonato é longo, mas, com os erros que cometemos, fica difícil. Temos que corrigir isso”.
Ao contrário do que pensa o técnico Celso Roth, os tropeços contra São Paulo e Internacional aumentaram sim e em muito graus a pressão na busca de uma vitória contra o Grêmio, no próximo domingo, no Independência. E outra: o time de Vanderlei Luxemburgo, também, foi derrotado nos últimos dois jogos. Um deles pro Galo, em Porto Alegre.
Quem treina Fábio? Se o ataque errou gols incríveis, o meio-campo errou passes, o ídolo e goleiro Fábio falhou nos dois gols. Caiu atrasado nos dois chutes. O momento não é de Fábio  cobrar os créditos que tem. O Cruzeiro precisa cada vez mais de seus “milagres”.

Neste domingo, na Vila Belmiro, o Grêmio tomou de 4 a 2 do Santos de Neymar em noite inspirada. Contudo, o lance de destaque da partida aquele da bola cruzada sobre a área santista, cabeceada pro gol e que um zagueiro do Peixe tirou lá dentro.
O árbitro não deu e o assistente atrás do gol estava encostado numa placa de futebol e não viu nada. Que porcaria esse esquema de cinco juízes, com os dois mal colocados atrás das metas.
Atenção, senhores Cuca e Celso Roth aprenderam a lição de Murici Ramalho na goleada do Santos em cima do Grêmio acreditando em Felipe Anderson, de 19 anos, e Vitor Andrade, com 16? Ou então confessem que aqui só tem Bernard, no Atlético. E nada mais.  
  
Detesto esta violência do UFC que a Globo resolveu divulgar com a sua força de mídia e tornar um esporte brasileiro. Não é à-toa, contudo, porque os tupiniquins são bons de briga. Como por exemplo, desconhecer o talento de Anderson Silva que tem batido pra nós nos gringos norte-americanos.
Na madrugada de domingo, Spider calou o falastrão Chael Sonnen e mostrou pra ele que é preciso muito mais que palavras e provocações para se tornar campeão do UFC.
O Spider ( apelido americano de Anderson, nas histórias em tirinhas) manteve o cinturão da categoria peso-médio com uma vitória fulminante no segundo round, por nocaute técnico, a 1m55, depois de passar susto no primeiro assalto, na luta principal da edição 148, no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas.





8 comentários:

  1. Flávio Anselmo,
    sua postura jornalística, a exemplo de Milton Neves, de emitir opiniões sob a ótica de um torceder(atleticano) é inadmissível para um jornalismo esportivo sério. Vc acaba agradando demais os seus companheiros atleticanos e desagrandando nós Cruzeirenses. Daí a necessidade de uma análise o mais isenta possível. A má vontade da sua análise de tudo q se relacionada com o Cruzeirense é inquestionável, ao contrário de tudo relacionado ao atlético. O Cruzeiro perdeu apenas por diferença de um gol para dois dos melhores times do Brasil.Também é cedo para fazer essa festa todo para o Atlético. Muita água ainda vai rolar por debaixo dessa ponte.
    Respeitosamente,
    Amaury Alkimim - Montes Claros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Álisson - Janaúba9 de julho de 2012 14:37

      E o chororô é livre!
      Na verdade, Sr. Flávio Anselmo, no fundo...no fundo, a vontade de todo cruzeirense é defender a gestão do Sen. ZZ. Mas a "terra tá arrazada demais".
      O time do cruzeiro é muito fraco. Acho que não cai, pelo contrário, conseguirá com folgas uma classificação para sul-americana 2013, desde que o goleiro Fábio volte a operar milagres semanais.
      Enfim, o chororô é livre.

      Excluir
    2. Álisson, vc pode falar tudo isso, pois ama o atlético como um verdadeiro torcedor e NÃO É JORNALISTA; NÃO FORMA OPINIÃO E NÃO TEM O DEVER DE DAR A NOTÍCIA DE MANEIRA IMPARCIAL.Além do mais, o momento do atlético realmente é muito bom.Vcs têm mais é q curtir. Mesmo pq, historicamente essa alegria tem durado pouco. Não q eu esteja desejando isso.Longe de mim!...
      Amaury

      Excluir
  2. e assim o velho, viracasacas, continua tomando sua dose(s) de cachaça e fazendo estragos pela internet

    ResponderExcluir
  3. SEU ATLETICANO VAGABUNDO!!!
    VAI PLANTAR NOTICIAS RUINS SOBRE O CRUZEIRO NA CASA DO CARALHO!!!
    SE ANDAR EM BH SOZINHO VAI LEVAR PIPOCO
    AINDA AMEAÇOU O ALEXANDRE MATTOS
    É UM BOSTA

    ResponderExcluir
  4. Álisson (Janaúba)10 de julho de 2012 17:12

    Sr. Flávio Anselmo,

    O máximo que essas marias podem fazer contra a sua integridade física é atacar com beijos e gritinhos.

    Cuidado com o voraz Sílvio, essa menina pode te pegar.

    ResponderExcluir
  5. O Patético MG sempre foi um lixo, esempre será, assim como sua diminuta torcidinha. Nunca fpram, enunca serão nada no futebol.

    ResponderExcluir
  6. Calma... o galinho velho e decadente, como você ainda vai cair muito na tabela... velho casaca do diabos...

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.