quarta-feira, 1 de agosto de 2012

ENGENHÃO DE GRAMADO RUIM FAZ CBF ADIAR FLAMENGO X ATLÉTICO


Só um cego pra não enxergar que o gramado do Engenhão está em petição de miséria. O Botafogo, administrador do estádio, pediu à CBF que não marcasse novos jogos pro Engenhão nas duas próximas semanas e foi atendido. Coisas do futebol tupiniquim. 

O diretor de competições da entidade, Virgílio Elísio, fez uma vistoria e constatou o desgaste do gramado por excesso de partidas. Não tenho a menor dúvida de que o Independência caminha pra igual situação. Então é melhor os times começarem a pensar numa volta à Arena do Jacaré.

Flamengo e Atlético, marcado pra este sábado, às seis e meia da noite, pela 14ª rodada foi adiado visto que a CBF não conseguiu outro estádio. Quando acontecerá o confronto, cercado de histórias malditas, portanto de alto risco, a CBF não informou. Primeiro quer encontrar uma praça em condições de segurança pra receber o jogo.

Um seguidor do twitter me alertou que esta última provocação de Kalil pode ser direcionada aos dirigentes do Flamengo, que andaram xeretando por aqui sobre a atual fase de RG-49, sobre sua vida caseira, sem baladas e mais alegre que pinto no nicho. Pode ser!  Kalil tem mandado recados curtos e grossos.

É uma grande besteira tal discussão sobre a cidadania honorária de RG-49. Não acrescenta nada ao futebol e nem melhora ou piora a credibilidade da Câmara Municipal tão pródiga em fornecer cidadanias honorárias a qualquer um que se instale definitivamente, ou de passagem, pela esburacada Beagá.

A decisão de Celso Roth em manter a dupla Victorino e Thiago Carvalho para o jogo de sábado contra a Ponte Preta é a mais correta. Ambos passaram por difícil teste contra o Palmeiras e se saíram bem, principalmente no quesito saída de bola, trocando passes e sem chutões das ligações diretas.

Victorino cometeu erro infantil para um zagueiro de seleção uruguaia e experiente. Correu atrás do centro-avante adversário até a intermediária. Deixou a área desguarnecida. Não pode.

Correr atrás de atacante que tenta atrair os zagueiros pra fora da área é função dos volantes de marcação. Aprendi isso desde meus 17 anos quando era decidido zagueiro do juvenil do EC Caratinga, orientado por Elói Restóris.  

“Futebol é assim, repetição” Tem razão Roth em afirmar tal máxima, desde que não cisme de colocar pra jogar algum afilhado e pra não sacá-lo depois alegue sequência de time na busca de um esquema tático perfeito. Há um pouco de balela nessa história. Tática resolve, mas é preciso de um bom jogador pra desequilibrar. Caso contrário, a tática fica bonita apenas no quadro de explanações.

Que azar, meu Bom! Fui na agradável companhia da jornalista Nina Abreu, suprema doçura enviada por Três Corações pra nossa esburacada Beagá, com o devido apoio de Godô e dona Santa, seus pais, conhecer a Arena Independência e assistir ao jogo América x Joinville. Deu o time barriga verde por 2 a 0, sem choro nem vela. Rodei o estádio todo.

Fui lá no ponto cego – que a Nina detesta que chamem o setor desta forma – visitei as cabines, não encontrei um clima bom na cabine do América, saltei logo fora. O Independência, realmente, pra quem aparece por lá de visita, como no meu caso, é de grande beleza. O mesmo que senti na Arena do Jacaré quando a visitei a convite de Ricardo Raso.

Portanto, só me resta agradecer à querida Nina pela noitada e desejar sucesso aos frequentadores da arena americana. Outro dia qualquer a gente volta, quando a parte física deste velho insistente estiver cem por cento.

Ao apito final do árbitro Luiz Flávio de Oliveira, a  Avacoelhada fez coro com o nome de Milagres, ex-goleiro e atual treinador do time júnior. Givanildo tá na frigideira?

Boa Esporte conseguiu bom resultado em Fortaleza. Empatou em l a l com o Ceará e desta forma ficou no meio da tabela, nem perto do G-4, nem do buraco negro do descenso. O Ceará arrancou na frente com belo gol de Itamar, em jogada individual. O Boa, que empatou numa falha incrível do goleiro cearense Adilson; levou a bola entre as pernas. Nesta sexta-feira, o Boa Esporte recebe o América de Natal, em Varginha, no Melão,  às oito e meia da  noite,

Numa rodada cheia de empates, o Coelho, graças a um deles entre São Caetano e Vitória (0 a 0) permaneceu no G-4 com 26 e oito vitórias contra 7 do time do ABCD paulista, que tem saldo de gols melhor. No entanto, os mineiros perderam o terceiro lugar pro América de Natal por causa de um gol no saldo. O próximo compromisso do Coelho é contra o ASA, sábado, no campo do adversário.

Em tempo: sem salvação contra o mergulho rumo à série C, o Ipatinga perdeu outra: em Maceió, de 2 a 0, para o CRB. Continua na lanterna com apenas 4 pontos em 14 rodadas.

No meu passeio pela Internet, penso que a provocação de Alexandre Kalil – me permita meu Bom voltar ao assunto - realmente tem a direção da Gávea. O vice-presidente rubro-negro Paulo César Coutinho disse numa coletiva esta semana que, ao completar dois meses sem Ronaldinho Gaúcho, o ambiente no Ninho do Urubu mudou completamente:

-Ficaram no passado os olhos no relógio, o alerta ligado para saber as condições em que chegaria o jogador e a impressão de manusear uma bomba-relógio que acabou por explodir na Justiça no dia 31 de maio”.

- Mudou da água para o vinho. O Ronaldo influenciava alguns jogadores, principalmente os mais jovens. Chegava atrasado, muitas vezes não treinava, era visto em boates. Com isso, alguns atletas podiam pensar em fazer o mesmo” afirmou o cartola.

Todavia, essa constante preocupação da diretoria do Flamengo em execrar publicamente RG-49 e até contar os meses de seu afastamento do clube conta algo diferente: o rubro-negro tem é dor de cotovelo ao ver o sucesso dele em Beagá. Sem noitadas, sem boates, sem influência negativa e rolando uma bola da melhor qualidade. Chora Urubu!

Enquanto isso, a presidente Patrícia Amorim está em Londres acompanhando as Olimpíadas e nem sabe que os telefones da Gávea foram cortados por falta de pagamento. Apenas recebem ligações, mas se alguém quiser falar pra fora tem que usar os próprios celulares. Que desagradável, diria o excelente narrador João Guilherme da FoxEsportes.



4 comentários:

  1. LUIZ FLAVIO SILVEIRA1 de agosto de 2012 18:25

    Essa do historia do Engenhão, posso te afirmar q o Botafogo solicitou a CBF há mais de 30 dias q fossem remanejados jogos, de Flu e de Fla, nesse estadio devido ao estado do gramado, aliviando assim a carga de jogos e não foi atendido.Deu no q deu.Sei disso , pois como botafoguense, acompanho de perto o clube carioca.O erro disso tudo é q a CBF , q deveria preservar pela lisura do campeonato e tem um passado de favorecimento aos clubes cariocas, dá margem mais uma vez a desconfiança, ao rasgar, mais uma vez o estatuto do torcedor adiando a partida há menos de 10 dias do confronto, num momento ruim do Fla, q poderia ser atropelado sabado pelo Galo.Por outro lado,já pensou se um Ronaldinho , ganhando 700 mil, por mês, se machuca nesse gramdao, como fica o Galo?.O estado do gramado é lastimavel, o Botafogo trouxe até equipamento de fora, mas com jogos quarta , quinta, sabado e domingo, não há gramado q aguente.

    ResponderExcluir
  2. A arrogancia rubro negra não tem tamanho.Vc mesmo disse, um dia desses no jogada de classe, q desde q vc era menino pequeno aqui em caratinga , o Flamengo já dava calote em funcioanrios, jogadores, nunca gostou de pagar ninguém.Há 2 dias , disseram q o estadio não era do Botafogo e sim , da prefeitura, q jogariam lá até quando quisessem.Deu no q deu.Fizeram uma palhaçada com o Ronaldinho( q também errou no relacionamento com o clube, mas tem a seu favor, q ninguém é obrigado a trabalhar de graça), assessorada por esse monstro de nome Globo, q correu para corrigir o erro, ao entrevistar a advogada do jogador no dia seguinte da exibição das imagens do hotel , q foram mostradas no jornal nacional.Como Kalil disse, até o fim do ano, a gente fica sabendo quem é o mentiroso ou a mentirosa.É bom lembrar q a presidenta do clube está em Londres, com despesas pagas pelo Flamengo, com a desculpa q foi acompanhar os atletas rubro negros na Olimpiada.Pagar com o q a gente não sabe.A verdade é q os clubes brasileiros eram reféns dos maus dirigentes, agora continuam reféns dos maus dirigentes q usam os clubes para suas ambições politicas.Eurico foi deputado, Roberto é deputado,Patricia é vereadora, Perrela se elegeu senador, o presidente do Botafogo se filiou ao PMDB e se o alvinegro reagir no campeonato, ele poderá ser candidato a vereador.A promiscuidade nessas relações, é a pá de cal nem cima dos nossos clubes.

    ResponderExcluir
  3. Que absurdo o que a CBF está querendo fazer para prejudicar o GALO, mudar a data de um jogo tão importante e deixar o GALO sem jogar. Brincadeira. Mas este ano não vai adiantar em nada, pois o GALO DOÍDO vai superar tudo e todos para ser o campeão. VAI PRA CIMA DELES GALO!!!

    ResponderExcluir
  4. Luiz Flávio, concordo em gênero número e grau. Enquanto política se meter no futebol a coisa será tocada desta forma. Grato, use e abuse da Trincheira.

    Alexandre Palhares - Grato e sua opinião ilustrou bem nossa Trincheira

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.