quarta-feira, 15 de agosto de 2012

GALO NO CERRADO E CRUZEIRO NO HORTO: HOJE O CALDEIRÃO FERVE

Enquanto Ronaldinho Gaúcho e Bernard estiverem comandando o talento do Atlético contra o seu xará de Goiânia, lá no Serra Dourada, em busca dos pontos necessários pra se manter na liderança isolada do Campeonato Brasileiro esta noite, quase que simultaneamente, questão de meia hora de diferença, o Cruzeiro receberá o forte time do Fluminense, um dos candidatos ao título deste ano. Olho em Fred (foto) e Wagner, ex-cruzeirenses, que prometeram não comemorar gols se marcarem. Mau sinal! Pretendem fazê-los. O time do Cruzeiro vai mais leve, com vários desfalques, mas com Fabinho e Wellington Paulista no ataque. Lucas Silva no meio, como suporte de Montillo. Thiago Carvalho na zaga ao lado de Léo. Dúvida na lateral entre Everton e Diego Renan. Não devia existir: Diego vem atuando há mais tempo.


No Serra Dourada o duelo entre o líder e o lanterna do campeoanto, separados por 27 pontos, dá o Galo o direito de reivindicar um possível favoritismo. Mas Cuca não faz isso e a preocupação é evitar o relaxamento em razão de tal diferença. O duelo é do líder do Campeonato Brasileiro contra o lanterna. Atlético e Atlético-GO estão separados na tabela por 27 pontos.

                                        (foto Bruni Cantini/Em)
Cuca estudou bem o Atlético Goianiense pra não ser surpreendido. Segundo ele, o adversário tem velocidade nos contra-ataques e excelente bola        parada, e como referência o volante Jairo que foi seu jogador no Gama. O Galo terá Rafael Marques na zaga no lugar de Leonardo Silva, lesionado, e Guilherme mantido na vaga de Danilinho, ainda entregue ao Departamento Médico. Faz diferença? Que nada.
Diferença terá o Atlético local que não contará com Wesley e Eron, pertencentes ao Atlético, e mais Ricardo Bueno, Marcos, Rafael Cruz e Brida, lesionados.

AMERICA VOLTA A VENCER

O Coelho subiu apenas uma posição na classificação geral da Série B, mas conseguiu bom resultado ao derrotar o ABC em Natal por 2 a 0. Quem se deu mal foi o Boa Esporte, derrotado em Varginha, pelo São Caetano por 3 a 1 e com 19 pontos está ameaçado pelo descenso. Quem diria, hein? O Ipatinga está mesmo crescendo com a direção de Eugênio: conseguiu sua segunda vitória seguida. Ganhou do Paraná por 2 a 0, no Vale do Aço. E o Paraná não é um time qualquer. Luta pra voltar à Série A. 

DESPEDIDA DE MANO?

Dizem que sim. O amistoso entre Brasil x Suécia hoje no Estádio de Rasunda onde aconteceu a final de 1958 virou palco de festa. Alguns dos campeões mundiais da época, em condições de saúde, estão e serão homenageados. Festa para os outros e de despedida para Mano Meneses. Falam em Murici Ramalho. 
                                            (Foto Rafael Maranhão/globoesporte.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.